Nada a Perder quer alcançar 22 milhões de espectadores

Membros da Igreja Universal serão mobilizados assistir filme sobre a vida de Edir Macedo
O primeiro filme que contará parte da história de vida do líder da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), Edir Macedo, tem data de lançamento prevista para março de 2018. No entanto, as ações para sua promoção já começam em setembro.

Clodomir Santos, um dos líderes da igreja, esteve em reunião com demais nomes da Universal, e definiu que a obra alcance 22 milhões de espectadores. O número corresponde ao dobro da bilheteria que Os Dez Mandamentos fez em 2016.

Os programas e famosos da Record TV estarão convocados para a promoção de Nada a Perder. Mas, além disso, a Universal também mobilizará pastores, obreiros e membros para financiar ingressos com o objetivo de oferecer a pessoas que não possuem condições de frequentar as telonas.

De acordo com informações divulgadas pelo Notícias da TV, a ideia é semelhante a estratégia feita com Os Dez Mandamentos, que foi considerado o filme nacional com a maior bilheteria no país. No caso, ingressos foram comprados antecipadamente, mas as sessões estavam repletas de cadeiras vazias.

A principal meta em torno do filme é afastar as polêmicas que envolveram a história de Edir, como sua prisão, declarações polêmicas e, talvez, até sua antiga relação com R. R. Soares, ex-líder da Universal e atualmente responsável pela Igreja Internacional da Graça de Deus (Iigd).

Assim, o marketing em torno da obra será mais focado em vender Nada a Perder como uma obra de superação. A justificativa é que o líder veio da pobreza, hoje é milionário, e utilizou seu sucesso para propagar a fé cristã.

Na semana de lançamento da produção audiovisual, os templos da Universal terão uma programação inédita: Cultos serão realizados todos os dias, e terá mobilização entre os diferentes cargos para fazer do filme um sucesso nacional.

A meta de espectadores é acima de qualquer filme produzido em Hollywood, incluindo obras da Marvel, como Capitão América: Guerra Civil, lançado em 2016 e que teve mais de 2,5 milhões em quatro dias.

GospelPrime

Traficante se converte em boca de fumo após ser evangelizado por colega


O pastor Alexandre Cardoso foi um dos pioneiros no tráfico de drogas da Zona Leste de Manaus. (Foto: Euzivaldo Queiroz)



Alexandre começou a frequentar a igreja após ser evangelizado por um amigo ex-traficante
No passado, Alexandre Cardoso foi um dos pioneiros no tráfico de drogas da Zona Leste de Manaus, no Amazonas. Hoje, aos 36 anos, ele só entra nas bocas de fumo para levar a Palavra de Deus e resgatar vidas.

“Conheci as drogas com 14 anos. Depois de um ano consumindo maconha, pasta e cocaína, fui convidado para vender as substâncias”, disse ele ao site A Crítica, lembrando que fazia parte do grupo “Patinadores do São José”, bairro onde iniciou o tráfico de drogas.

Foram quase dez anos envolvido com o tráfico, embora naquela época o crime não houvesse relação com homicídios. “Quando alguém estava devendo a boca, o máximo que a gente fazia era dar uns tapas. Não existia esse negócio de sair matando. A gente nem mesmo tinha armas”, comentou.

Alexandre foi impactado pelo Evangelho através de um amigo traficante, que era considerado perigoso na região. “Ele entrou na boca onde eu vendia e começou a dar o testemunho dele, leu a palavra para mim e nesse momento percebi que poderia ter uma vida diferente”, contou.

O pastor Alexandre Cardoso já resgatou pessoas do tráfico de drogas em Manaus. (Foto: Euzivaldo Queiroz)

“Comecei a frequentar a igreja e consegui deixar o mundo do crime. Desde lá dedico minha vida em estudar a palavra do Senhor e pregar em locais de tráfico e prostituição”, acrescentou.

Deste então, Alexandre viu muitos amigos, conhecidos e até familiares perderem a vida para o tráfico de drogas. Por outro lado, o ex-traficante, que hoje é pastor, já conseguiu salvar três pessoas que atuam em sua igreja.

Vilmar Pedrosa, de 24 anos, hoje faz parte da igreja de Alexandre, mas sua história com o tráfico de drogas começou aos 13 anos. “Eu era o traficante de frente da rua. Escapei de morrer várias vezes por ter dívidas com os traficantes maiores”, ele lembra.

Guiame

Policial sobrevive a tiros após receber oração: “Em nome de Jesus, você viverá”


O policial recebeu quatro tiros durante uma ação contra um roubo. (Foto: Reprodução)



O policial recebeu quatro tiros durante uma ação contra um roubo, nos Estados Unidos.
Um policial sobreviveu a tiros durante seu serviço após receber orações de sua família, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

Quincy Smith estava atendendo a denúncia de assalto a um supermercado na cidade de Estill, quando abordou o criminoso Malcolm Orr, de 29 anos.

Um vídeo registrado por câmeras de segurança mostra o ladrão com uma mão no bolso enquanto fala no celular. “Venha aqui por um segundo. É melhor parar, senão...", avisou o policial.

Em vez de se render, Malcolm baleou Smith com quatro tiros no pescoço, quadril e braço. O policial teve dois ossos do braço quebrados, uma veia do pescoço cortada e o alto do tronco atingido pela bala.

Com os ferimentos, Smith caiu no chão imediatamente, mas conseguiu rastejar até o carro da patrulha. “Diga a minha família que eu os amo”, disse ele por rádio.

Instantes depois, um homem chamado John Tompkins, que estava completando os trabalhos de construção na loja de conveniência onde ocorreu o crime, foi ajudar o policial.

“Ele veio me ajudou e ficou lá comigo. Eu pensei que fosse morrer naquele dia por causa dos ferimentos graves que eu tive, principalmente no pescoço. Mas ele ficou lá, me confortou e me deu um pouco de esperança”, lembra o oficial.

Duas pessoas da família de Smith chegaram no local um pouco antes da ambulância e clamaram a Deus. “Em nome de Jesus, você ficará vivo”, declarou a mulher, que pôde ser ouvida enquanto gritava em oração pelo policial.

O procurador Duffie Stone anunciou na semana passada que Malcolm foi considerado pelo júri culpado de tentativa de assassinato e posse ilegal de armas. O criminoso foi condenado a 35 anos de prisão.

“Pela graça de Deus e alguns médicos muito bons, esse não foi um caso de assassinato, mas de pena de morte”, disse Stone em um comunicado.

Enquanto isso, Smith se recupera bem do incidente. “Estou muito melhor. Ainda estou sem trabalhar devido a licença médica. Ainda estou fazendo terapia, recuperando meus ossos e músculos para o trabalho”.

Guiame

ONG doa US$ 1 milhão para escolas ensinarem sobre a Bíblia às crianças


A organização "Bíblia nas Escolas" busca incentivar instituições de ensino a estabelecerem um programa optativo de ensino das Escrituras. (Foto: Bible in the Schools)



A doação foi feita por uma organização cristã para incentivar escolas a desenvolverem suas aulas optativas sobre a Bíblia.
A organização cristã local sem fins lucrativos "Bíblia nas Escolas" ("Bible in the Schools"), entregou ao Distrito Escolar do Condado de Hamilton um cheque de mais de US$ 1 milhão de dólares na última segunda-feira (14). A doação foi feita sob uma condição específica: continuar a desenvolver a ministração de aulas eletivas sobre a Bíblia para as crianças nas instituições de ensino.

Por mais de 90 anos, a ONG cristã contribuiu para o desenvolvimento do sistema educacional. Esta última doação reembolsa 100 por cento dos custos das aulas já ministradas sobre a Bíblia em todo o ano letivo passado nas Escolas do Condado de Hamilton. O curso de História da Bíblia sempre teve um caráter eletivo - aula optativa - porém tem tido grande adesão, com mais de 3.700 alunos de 6 a 12 anos participando no ano passado, de acordo com os dados de inscrição.

A doação cobre os salários dos professores, benefícios, impostos, formação profissional de professores, materiais de sala de aula e livros didáticos - a Bíblia - para todas as escolas participantes, de acordo com um comunicado de imprensa da ONG "Bíblia nas Escolas".

Bryan Johnson, superintendente das Escolas do Condado de Hamilton, disse que ele é grato por aqueles da comunidade que que investem no financiamento das aulas eletivas sobre a Bíblia e agora, especificamente, agradece à doação da ONG cristã.

"Este presente nos permite [Departamento de Educação do Condado de Hamilton] contratar 18 professores qualificados e certificados da História da Bíblia no ano letivo 2016-2017. Este enriquecimento de 20 escolas médias e secundárias com mentores-chave e modelos para estudantes, aumentou o proporção entre alunos e professores, e expandiu as ofertas de cursos acadêmicos - tudo o que continua a aumentar a qualidade da educação pública no condado de Hamilton", disse Johnson em um comunicado.

Cathy Scott, presidente da "Bíblia nas Escolas", disse que a doação representa milhares de indivíduos e grupos que entendem o valor das aulas sobre a Bíblia.

"Os benefícios de estudar a História da Bíblia vão além de simplesmente melhorar a compreensão da leitura, aumentar o vocabulário e aumentar a alfabetização cultural, muitas vezes promove decisões mais saudáveis, especificamente relacionadas à conduta e relacionamentos dos alunos", disse Scott em um comunicado. "Além disso, a História da Bíblia incentiva o pensamento divergente e crítico à medida que os alunos lutam com questões essenciais".

Este ano letivo, as aulas eletivas de História da Bíblia serão oferecidas em 23 escolas, o que significa que quase 80% dos estudantes do Ensino Fundamental e Médio do Condado de Hamilton terão acesso ao curso.

Os módulos disponíveis nessas aulas são: Gênesis, Êxodo, A Vida de Jesus, Inquérito do Antigo Testamento e Inquérito do Novo Testamento.

Guiame

Ex-funcionário do Facebook prevê “apocalipse digital”

Antônio se refugiou em uma ilha afastada para se proteger
Antonio García Martínez trabalhou por dois anos como gerente de produto do Facebook. Atualmente, decidiu deixar a vida tecnológica, foi para uma ilha no norte dos Estados Unidos e constrói um abrigo para se defender de um ‘apocalipse tecnológico’ que acredita estar vindo.

Ele morava na cidade de San Francisco, um dos polos da indústria tecnológica nos Estados Unidos, mas por acreditar que existirá uma catástrofe social daqui a alguns anos, decidiu mudar de vida.

Antonio afirma que o principal problema será a falta de empregos pela automação de atividades, o que ocasionará conflitos sociais. Martínez, então, não vê o futuro com bons olhos.

“Dentro de 30 anos, metade da humanidade não terá trabalho. E a coisa pode ficar feia, pode haver uma revolução. É por isso que estou aqui. Em San Francisco, eu vi como o mundo será daqui cinco a dez anos”, afirmou ele.

“Você pode não acreditar que está vindo, mas está – e tem a forma de um caminhão sem motorista prestes a te atropelar”, acrescentou Antonio García Martínez em entrevista a BBC.

O ex-executivo escolheu sua residência em um barco que se localiza na ilha de Orcas, no estado de Washington, perto da fronteira com o Canadá. Também possui terras na ilha e, atualmente, está a construir um abrigo caso haja necessidades futuramente.

Além da segurança estrutural, Martínez está armado com um fuzil AR-15 e diz que toda essa infraestrutura lhe garantiria uma segurança durante um tempo do caos. Ainda, escolheu o local por causa da posição remota e do fator estratégico de se posicionar perto da fronteira.

“Ninguém me conhece aqui. E dá para ir nadando ou de caiaque até o Canadá se a situação exigir”, contou. Também destacou, como vantagens, o clima e a fertilidade da terra.

Além de ter trabalhado no Facebook com marketing digital, Antonio desenvolveu uma start-up de anúncios digitais que, mais tarde, foi vendida para o Twitter. Martínez é doutor em Física pela Universidade da Califórnia.

Autor da obra Chaos Monkeys: Obscene Fortune and Random Failure in Silicon Valley, Antonio falou da sua experiência ao trabalhar no Facebook e suas outras atividades de investimento de start-ups.

GospelPrime

Filme sobre Edir Macedo será lançado em março de 2018

Nada a Perder será exibido em 80 países, marca inédita no cinema nacional
O filme que dará início a biografia do líder Edir Macedo nas telas de cinema tem lançamento marcado para o dia 1 de março de 2018. A obra, que já possui continuação confirmada, se baseará nos três livros da série Nada a Perder, best-sellers de Edir escritos por Douglas Tavolaro.

Ao contrário dos três livros, a abrangência dos filmes é mais modesta e as obras serão condensadas em duas produções audiovisuais, sob direção de vídeo de Alexandre Avancini e produção executiva de Tavolaro, que é vice-presidente de Jornalismo da TV Record e trabalhou em Os Dez Mandamentos.

De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, em sua coluna no UOL, cada filme possui um orçamento que está entre R$ 10 e R$ 15 milhões, mais de sete mil figurantes e atores de notoriedade nacional nos papéis mais relevantes.

Petrônio Gontijo, que também participou em Os Dez Mandamentos, interpreta Edir Macedo em idade adulta e será, assim, o protagonista da trama do líder da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd). A versão mirim será de responsabilidade do ator Enzo Barone.

Além de Petrônio, o elenco envolve nomes como Dalton Vigh (Pérola Negra, O Clone), André Gonçalves (Alma Gêmea, Caminho das Índias), Eduardo Galvão (Malhação, Paraíso Tropical), Beth Goulart (Vidas em Jogo, A Terra Prometida), além de mais 130 atores.

A produção é uma parceria entre a Record e a Paris Filmes e conta com um recorde histórico no cinema nacional antes mesmo de sua estreia. Cerca de 80 países, até o momento, fecharam acordo de exibição e distribuição.

Embora os dois filmes estejam sendo produzidos conjuntamente em locações distribuídas em cerca de cinco países, não há data de lançamento anunciada para a segunda obra.

Entre os locais os quais a produção está a ser gravada, estão cidades como Rio de Janeiro – onde Macedo iniciou seus trabalhos como pastor, juntamente ao então cunhado R. R. Soares – São Paulo e Johannesburgo, capital da África do Sul.

GospelPrime

Imigração de judeus brasileiros para Israel bate recordes históricos

Crise financeira é apenas um dos motivos
Um número cada vez maior de judeus brasileiros decidiu fazer a imigração para Israel. Entre os motivos estão as crises financeira e política, bem como o aumento da criminalidade das grandes cidades do Brasil.

Nos primeiros 4 meses deste ano, cerca de 300 brasileiros foram registrados pelo governo em Israel. Trata-se de um aumento de 40% em comparação com o mesmo período de 2016.

Estima-se que até o final do ano, serão cerca de 1.000 brasileiros. Trata-se do maior número desde a criação do Israel moderno, em 1948.

O cenário é um pouco diferente de 2016, que estabeleceu o recorde anterior, com 760 imigrantes registrados. Na verdade, a média anual de judeus brasileiros “voltando para casa” era de cerca de 150, até sete anos atrás.

O ritmo só aumenta nos últimos anos, a exemplo do que acontece em vários países como França e Ucrânia.

Atualmente, o Brasil ocupa o quinto lugar entre 85 países em número de imigrantes que fazem a aliá, termo hebraico que significa subida, procedimento que tem apoio do governo de Israel e garante a cidadania imediata. As maiores populações judaicas ainda saem de países como Rússia (7 mil imigrantes), Ucrânia (6 mil), França (4.700) e Estados Unidos (3 mil).

Os imigrantes, recebem apoio do governo israelense, incluindo aulas de hebraico, ajuda financeira, descontos na compra de carros e imóveis e um tipo de seguro desemprego.

A decisão é muito mais que a busca por uma “vida melhor”. Revital Poleg, representante da Agência Judaica no Brasil, explicou anteriormente que, entre os principais fatores estão a questão religiosa e o desejo de oferecer uma vida mais tranquila para suas famílias.

“Acho que muitos tinham essa ideia e a situação econômica apenas os empurrou a tomar essa decisão”, acredita Poleg. Contudo, muitos compreendem que existe uma motivação espiritual para que os judeus voltem para sua terra, relatadas nas profecias de Isaías (11:11-12) e Ezequiel (11:17)

Apesar da fama de Israel como país que enfrenta guerras e terrorismo, a violência urbana é mínima. Assaltos, roubos, sequestros ou casos de bala perdida são raros.

O número cada vez maior de brasileiros no país estimulou a criação da OlimMe Brasil, uma ONG de judeus brasileiros que já moram em Israel há alguns anos e que visa ajudar os recém-chegados na adaptação ao novo país.

A previsão da ONG é que o número de brasileiros fazendo a aliá cresça ainda mais nos próximos anos. No Brasil existem cerca de 120 mil judeus, a segunda maior comunidade da América Latina, logo atrás da Argentina. 

Com informações de RFI

Marcelo Rezende aparece mais magro em vídeo: ‘Altos e baixos’


O apresentador Marcelo Rezende (Reprodução/Instagram)
Afastado da televisão para tratar um câncer no pâncreas e no fígado, Marcelo Rezende apareceu mais magro em um vídeo que publicou em sua conta no Instagram, nesta terça-feira. 

“Cada momento que estou vivendo é um desafio. Tem horas que estou bem, tem horas que estou mal”, disse o apresentador do Cidade Alerta, da Record, em recado aos fãs.

“Quando estou mal, eu coloco minha cabeça em Deus”, ele continuou. “E eu tenho um objetivo. Na hora que eu superar, com a ajuda de Deus, tudo o que estou passando, eu sei o que vou fazer da minha vida, é ajudar cada vez mais aqueles que precisam, aqueles que não têm esperança, aqueles que buscam a cura e mostrar que o Espírito Santo está sempre presente na nossa vida.”




Veja

Pastor alerta cristãos sobre Game of Thrones: "Está repleto de sexo explícito"


O pastor é autor de livros como "Brecha em Nossa Santidade". (Foto: Reprodução).



O pastor Kevin DeYoung está preocupado com a reação de muitos cristãos sobre um seriado que é febre no mundo todo, Game of Thrones. Em um artigo publicado no site The Gospel Coalition, ele ressalta a importância de filtrar o que se vê e já inicia afirmando que tal problema não deveria parecer complicado, deixando claro que sua visão sobre a produção da HBO é clara.

“Eu não entendo cristãos que assistem Game of Thrones. Sempre que há um novo episódio, meu feed do Twitter transborda de pessoas falando sobre a série. Primeiro, eu fico espantado ao ver que muitas pessoas têm HBO. Mas em segundo lugar, e muito mais importante, fico espantado com o número de pessoas que respeito, pessoas inteligentes, cristãos sérios, bons pensadores conservadores, que estão assistindo a série”, iniciou.

“É verdade, eu não cheguei a assistir. Nenhum episódio. Nemuma cena. Não sei nada sobre essa série. Mas, eu sei que muitas pessoas consideram absolutamente fascinante, cheio de personagens convincentes, uma história cativante e excelentes atuações, escrita e estética”, ressaltou.

“Mas não é também cheia de sexo? Com muito, muito sexo incrivelmente explícito? Eu fiz uma pesquisa no Google por "Game of Thrones Sexo" e encontrei notícias (evitei as imagens, apenas li as manchetes) sobre cenas de sexo que você não pode deixar de ver e as melhores cenas de sexo da série. E é por isso que Game of Thrones é tão comentada, por explicitar sexo (às vezes até violento) com nudez”, pontuou.

Sensualidade
Kevin faz um alerta sobre a questão do que se vê. “Se não me engano, a série não deu uma guinada nos últimos meses. Percebo que a sensualidade - de natureza muito novelística - é uma parte importante da série. E ainda, um bom número de cristãos conservadores tratam ela como se fosse algo que realmente precisasse assistir. Eu não entendo”, colocou o pastor.

“Não vou repetir o que John Piper já escreveu. Suas ‘12 perguntas’ já valem a pena”, disse ele se referindo ao artigo “12 perguntas a se fazer antes de assistir Game of Thrones”, publicado em 2014, afirmando que os questionamentos respondidos por Piper valem não apenas para a série da HBO, mas para todas as opções de entretenimento.

“Eu só quero perguntar uma outra pergunta: O que alguém realmente acha quando Jesus advertiu sobre olhar para uma mulher com intenção impura, ou quando Paulo nos disse para evitar toda menção de imoralidade sexual? O mundo faz as coisas em segredo (Ef. 4: 3-12). Se isso não significa para você de alguma forma, vá em frente e assista homens e mulheres nus fingindo ter sexo”.

O seriado da HBO está em sua sétima temporada. (Foto: Reprodução).

Arte?
“Sei que algumas pessoas vão dizer que isso não é preocupante para sua consciência ou que é arte. Eles podem ver sem participar. Mas isso não muda o que a Bíblia diz sobre a importância da pureza e o poder do que se vê. O fato é que a nossa consciência deve ser destruída. Cenas de sexo picantes não são o tipo de arte para a qual podemos dar graças. É difícil imaginar Paul sendo legal com os crentes em Éfeso assistindo sexo”, colocou.

“Eu não espero que aqueles que são estranhos para a luz passe a se incomodar estando na escuridão. Mas para os cristãos conservadores que se preocupam com a imoralidade, casamento, decência em tantas outras áreas, é desconcertante que Game of Thrones receba um passe livre. ‘Então olhe com cuidado como você anda’, é a Palavra de Deus para todos nós. ‘Não como néscios, mas como sábios, fazendo o melhor uso do tempo, porque os dias são maus’ (Ef. 5: 15-16)”, finalizou.

Guiame

“Se preparem para a vinda de Jesus Cristo”, anuncia ex-presidente da Nigéria


Olusegun Obasanjo foi presidente da Nigéria entre 1999 e 2007. (Foto: Reprodução)



O ex-presidente da Nigéria, Olusegun Obasanjo, alertou sobre a segunda vinda de Jesus Cristo durante um discurso realizado em uma igreja no último sábado (12).

“Vocês precisam estar completamente preparados para a segunda vinda do nosso Senhor, não há acordo”, disse Obasanjo na Igreja Fé Apostólica Choir no estado de Ogun, na Nigéria.

Obasanjo, que foi presidente do país entre 1999 e 2007, aproveitou o momento de louvor para dizer que a adoração é uma indicação do que será o céu.

“Jesus Cristo veio ao mundo para nos mostrar o caminho para a salvação e para a vida eterna. Temos uma boa herança e temos tudo para nos orgulhar", disse ele, segundo a Agência de Notícias da Nigéria.

O político falou ainda sobre a situação do país africano e sua mudança diante da fé. “A Nigéria pode ser consertada por Deus, mas devemos convidá-Lo para as nossas vidas. O que temos que fazer com este país está em nossas mãos. A graça de Deus é abundante quando não abusamos dela”, afirmou.

A Nigéria tem sido marcada nos últimos anos por uma crise econômica provocada pelos conflitos contra o grupo terrorista Boko Haram, que tem assassinado tanto cristãos como muçulmanos.

Embora o governo tenha dito que o grupo extremista islâmico foi coagido no ano passado, o líder do grupo, Abubakar Shekau, ressurgiu para declarar que não há espaço para que os cristãos convivam com muçulmanos no país.

A imprensa nigeriana estima que a guerra contra o Boko Haram já resultou em pelo menos 20 mil vítimas desde seu início em 2009, tendo cristãos como principal alvo do grupo.

Adebayo Adeniran, superintendente distrital da Igreja Fé Apostólica na África Ocidental, aproveitou a reunião do último sábado para convocar os cidadãos a promover a convivência pacífica, independentemente das diferenças religiosas e políticas.

“Os ombros do nosso país serão elevados entre a cortesia das nações. Todos os nigerianos, independentemente da religião, devem orar pela ressurreição daquilo que a nossa nação perdeu”, declarou Adeniran.

“Os nigerianos devem permanecer pacientes diante da intolerância política e religiosa, da insegurança e das dificuldades econômicas. Deus nos fará triunfar sobre tudo isso”, disse ele.

Guiame

Policial recusa usar arma em serviço: “Deus dará o livramento”

Caso gerou processo administrativo no Espírito Santo
Um soldado da Polícia Militar que atua em Vila Velha, na Região Metropolitana de Vitória (ES), está sendo alvo de um processo administrativo interno ao se recusar a usar armas de fogo em qualquer situação.

Segundo ele, que disse expressamente sua recusa, é que com a sua fé cristã, “Deus o dará o livramento de situações extremas que o obriguem a tirar a vida ou agredir alguém”.

De acordo com A Gazeta, o caso virou um processo administrativo pelo fato do soldado ter sido questionado, em sindicância, caso estivesse numa situação interna ou interna que demandasse uso de arma de fogo. Sua resposta foi indecisa.

“Respondeu que não saberia dizer como iria reagir […] além de outras alegações causadoras de impedimento de empenho militar em atividades operacionais”, contém um trecho da sindicância, cuja reprodução foi publicada no Boletim Geral da PM número 37, na última sexta-feira (11), uma publicação interna.

O local de atuação do policial é na 5ª Companhia do 4º Batalhão da PM, que se localiza no bairro Aribiri, Vila Velha. O policiamento executado pelo batalhão compreende uma larga região da cidade que enfrenta tráfico de drogas e violência.

Com a sindicância que foi aberta em maio, foi transformado num Procedimento Administrativo Disciplinar de Rito Ordinário (PAD-RO). A ação pode gerar o afastamento do policial de suas atividades. Segundo o jornal, tudo começou com relatos de colegas sobre a recusa do policial em usar armas de fogo.

Por meio de uma nota da Polícia Militar, foi garantido que, no processo administrativo, o policial terá direito de defesa, tendo resguardadas todos os ritos legais e a ética profissional. Mesmo assim, a atitude do policial gera controvérsias.

O sargento Renato Martins Conceição, presidente da Associação dos Cabos e Soldados, discordou da ação do policial processado. “Claro que a arma é o último recurso, mas tem hora que ela não defende só a própria vida, mas também do companheiro de trabalho e do cidadão”.

“Não dá para consentir que o policial trabalhe no serviço operacional desarmado. Não dá para aceitar isso. Se ele for associado, ele vai ter a assessoria, mesmo para dizer que o que ele quer é indefensável”, acrescentou.

O sargento Conceição também disse que o uso da arma é previsto desde o momento em que o policial faz o concurso público. “É a primeira vez que vejo isso. Só ouvi isso no passado, história de policiais que usavam a arma sem munição. Mas era lenda urbana. A arma de fogo é necessária”.

GospelPrime

10 Dicas das celebridades para ter um cabelo perfeito

A nossa intenção é mostrar como ter o cabelo perfeito. Se todos pudessem der sempre ao seu dispor um cabeleireiro renomado como as celebridades para manter o cabelo impecável.

Para nossa surpresa o efeito do salão não é duradouro, por isso devemos manter cuidados diários se quisermos manter um cabelo sedoso, esse é o segredo das celebridades.

Aqui estão 10 dicas das celebridades Gisele Bündchen, Anitta, Adriana Lima, Megan Fox, Scarlett Johansson, Selena Gomes e Kim Kardashia de cuidados com o cabelo.

1 – Manter os cabelos penteados
Você quer que o cabelo cresça rápido? Então deve manter o seu cabelo sempre bem penteado, sem nós. Um truque muito simples, e que realmente não custa nada para ter o cabelo saudável e bonito.

Mantenha penteado ou escovado pelo menos 3 vezes por dia, sempre antes de dormir você deve pentear. Isso estimula a circulação sanguínea no couro cabeludo, permitindo que o cabelo cresça mais forte e saudável.

2 - Lavar com água fria e mineral
Não esqueça: o cabelo deve ser lavado com água fria moderada ou, na melhor das hipóteses, morna e prefira agua filtrada ou mineral na ultima lavagem. Não estou dizendo para tomar um banho na água fria, mas somente enxaguar o cabelo. Isso manterá o seu cabelo mais hidratado e fará com que cresça com mais facilidade. A água fria, sela as cutículas do cabelo, o que deixa o cabelo com brilho e
hidratação profunda. Sem falar que também controla a queda.

3 - Use primeiro condicionador
Outro truque para dar brilho ao cabelo? Inverter a ordem na lavagem; primeiro aplique o condicionador e depois o shampoo. Parece loucura, mas funciona. Isso permite que o cabelo fique mais hidratado e melhora as cutículas do cabelo, mantendo-as fechadas. O resultado? Brilho e suavidade. No enxugamento final você pode colocar algumas gotas de limão, para ter um brilho ainda mais perceptível.

4 - Não exagerem no uso de chapinha e secador
A exposição constante ao calor no couro cabeludo deixa o cabelo seco, que a curto ou longo prazo deixa-o com uma aparência opaca e sem vida. Por isso, é importante não se tornar viciado no secador.
Quando usar, use com vapor frio, para que não prejudique muito os cabelos. Quer um conselho? Tente usar secadores iônicos, que são inofensivos. O mesmo vale para chapinhas: não use todos os dias e tente ser não usar muito quente, enquanto você usa, ele literalmente queima os fios de cabelo.
Idealmente aplicar soro ou creme de cabelo de proteção antes de expor ao calor.

5 - Não lavar o cabelo todos os dias
O debate sobre quantas vezes você deve lavar o cabelo permanecerá levantada para todo o sempre.
No entanto, exceto que você tenha cabelo muito oleoso, não deve lavar todos os dias.
Se você tem cabelos secos, lavar todos os dias aumenta a secura, e se você tem oleosidade, ele vai se tornar mais dependente de lavagem para parecer limpo.

6 - Remover nós
Como são irritantes esses nós nos cabelos! O cabelo cheio de nós não tem aparência de um cabelo bonito e também torna impossível fazer qualquer penteado. Um truque para remover os nós de cabelo facilmente? Você deve colocar um pouco de óleo de azeite, óleo de jojoba ou de coco em suas mãos e molhar para cobrir completamente. Espere 20 minutos e você vai conseguir desembaraçar com os dedos, sem causar ruptura.

7 - Aplique uma máscara
Existem milhares de máscaras capilares caseiras que proporcionam excelentes resultados, com a vantagem de que estamos cuidando de nosso cabelo com produtos naturais e econômicos.
Um dos que recomendo é a máscara com mel, ovos e azeite: Misture o ovo com um pouco de mel. Adicione a mistura a um recipiente com azeite. Depois de lavar o cabelo com shampoo e enxaguar com água, como você sempre faz, aplique a máscara. Massageie generosamente o couro cabeludo por alguns minutos e deixe a máscara por meia hora para entrar em vigor. Depois lave bem com água fria. Aplique essa máscara uma vez a cada duas semanas, e desfrute de um cabelo mais hidratado, macio e brilhante.

8 - Corte as pontas
Cortes de cabelos não faz com que eles cresçam mais rápido, mas mantém um cabelo com uma boa aparência. De qualquer forma, isso é necessário para que o cabelo cresça de forma saudável, e também tem uma aparência mais bonita e cuidada.

9 - Cuidado com tinturas no cabelo
Não abuse de tinturas, ou tratamento com produtos químicos. Eles são um agente estranho no cabelo, não natural para o cabelo e pode danificá-lo. Certifique-se de que os produtos que você usa são de boa qualidade. E também proteja o seu cabelo do cloro da piscina, banhos de sol na praia com
um chapéu cobrindo-o.

10 - Siga uma dieta equilibrada
Para terminar esta lista, separamos uma dica que não é muito citada nos cuidados cosméticos para o cabelo. Mas não deixa de ser uma dica importante ou até mesmo a mais importante.

Meninas, para ter o cabelo perfeito, temos de começar com o básico: uma dieta saudável. Devemos comer muitos vegetais, frutas, peixes, nozes, produtos lácteos e beber bastante de água. Uma dieta saudável nos dá todos os nutrientes que precisamos para nos manter saudável, da cabeça aos pés.
E quando estamos saudáveis por dentro ​​nosso corpo e cabelo mostram isso por fora.

Para conseguir a receita caseira passo a passo grátis, entre no seu navegador e digite beleza.blog.br está na matéria: remédio natural para queda de cabelo são 7 receitas caseiras grátis.

Veja no vídeo super remédio caseiro para queda de cabelo (grátis):



Por Rosi Feliciano

O Dilúvio e a Arca de Noé podem ser comprovados, segundo cientista brasileiro


Everton Alves durante o Encontro Nacional de Universitários. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)



Embora a existência do Dilúvio e da Arca de Noé sejam contestadas por estudiosos adeptos ao evolucionismo, um cientista brasileiro ressaltou que é possível comprovar os relatos bíblicos com evidências científicas.

O mestre em ciências Everton Alves, membro da Sociedade Brasileira do Design Inteligente e da Sociedade Criacionista Brasileira, explica o Dilúvio com base na Teoria das Hidroplacas, proposta pelo engenheiro norte-americano Walter Brown, em 1980.

Os eventos que descrevem a teoria das hidroplacas são divididos em quatro etapas: fase de ruptura, fase de inundação, fase da deriva continental e fase de acomodação.

De maneira geral, Alves explicou que a água que existia na zona de transição da Terra estava submetida a muita pressão e provocou a movimentação das placas tectônicas. A partir do Dilúvio, as placas foram remodeladas e houve o surgimento da Pangeia.

Everton lembra que, segundo uma pesquisa publicada pela Revista Science em 2016, o planeta Terra tem uma reserva subterrânea de água três vezes maior que os oceanos. “Foi encontrada água quente e salgada no poço mais profundo da Terra”, disse ele durante o Encontro Nacional de Universitários.

Onde foi parar toda a água do Dilúvio? Everton explica que, antes do dilúvio, a superfície do planeta Terra era relativamente plana. “Antes do Dilúvio, as montanhas não eram tão altas como hoje e os mares também não eram tão profundos”, esclarece.

Diante desta constatação científica, ele esclarece que a água do Dilúvio foi espalhada pelos mares que hoje vemos na superfície da Terra. “A maior parte recuou para as zonas mais profundas das trincheiras oceânicas e vales, como a Fossa das Marianas, no Oceano Pacífico”, explica.

Construção da Arca de Noé
O cientista observa que Deus deu instruções de engenharia naval a Noé, conforme descrito em Gênesis 6. “Muitas construções do passado não se podem reproduzir com a tecnologia de hoje, como os zigurates e as pirâmides”, disse ele, fazendo relação com a Arca.

Everton Alves durante o Encontro Nacional de Universitários. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

Everton lembra que cientistas da Universidade de Leicester calcularam dimensões descritas na Bíblia para a construção da Arca de Noé e descobriram que ela não poderia navegar, mas sim flutuar com segurança devido sua forma retangular, que tinha capacidade para acomodar perfeitamente todas as espécies.

“O que está relatado na Bíblia definitivamente funciona", concluiu o pesquisador Thomas Morris.

Além disso, Everton afirma que algumas mudanças ocorreram na Terra após o Dilúvio. “Antes havia uniformidade de temperatura; todo o planeta era uma grande estufa. Cientistas encontraram evidências que provam que a Antártida, por exemplo, já foi um paraíso tropical”, explica.

O cientista ainda comenta que antes do Dilúvio, havia mais oxigênio que hoje. “Cientistas comprovaram que há supostos 67 milhões de anos, a atmosfera da Terra continha 50% a mais de oxigênio”, aponta.

Além disso, o ser humano era maior em estatura e mais longevo. “Isso deixou de acontecer devido a vários fatores como concentração de oxigênio, aumento da radiação solar e radioatividade”.

Guiame

"Estamos vendo profecias da Bíblia se cumprirem", diz arqueóloga de Israel


Anarina Heymann atua como coordenadora de divulgação da "Cidade de Davi". (Imagem: CBN News)



Quando as pessoas visitam a Cidade Velha de Jerusalém, elas podem acreditar que é o mesmo lugar que o rei Davi estabeleceu como sua capital há mais de 3.000 anos. Mas esse não é exatamente o caso. Arqueólogos estão descobrindo o local que seria originalmente a "Cidade de Davi" e contando aos outros sua incrível história.

Anarina Heymann é arqueóloga atua como coordenadora de divulgação da "Cidade de Davi".

"Bem-vindos à Cidade de Davi", disse Heymann à equipe da CBN News. "É o lar da antiga Jerusalém bíblica e até 150 anos atrás, todos pensaram que a antiga Jerusalém bíblica estava dentro dos limites da Cidade Velha, logo atrás de vocês, dentro destes muros. Então a questão é: "O que aconteceu 150 Anos atrás e onde está a antiga Jerusalém bíblica?".

Ela então ajudou a responder a essa pergunta, explicando como a cidade de Davi ficou escondida por quase 2.000 anos até que um arqueólogo britânico começou a escavar e suas descobertas continuam até hoje.

"Estamos em um lugar mágico agora", continuou Heymann. "Este é o lugar ao qual Charles Warren chegou através dos resquícios que ele encontrou. Ele viu alguma coisa. E quando Charles Warren viu isso, ele percebeu que estava redescobrindo a antiga Jerusalém bíblica".

Questionada se o trabalho de Warren teria sido o início da inauguração da Cidade de Davi nos tempos modernos, ela respondeu: "Exatamente porque estamos falando de um período de 2.000 anos, no qual ninguém sabia onde era a cidade antiga. A maioria dos visitantes pensavam que o que eles viam na Cidade Velha, era a antiga Jerusalém bíblica. Mas só quando Warren fez suas descobertas, comprovou que a antiga Jerusalém está fora do que hoje chamamos de Cidade Velha".

A descoberta do sistema de túnel conhecido como "Eixo de Warren" conta visualmente como o rei David capturou a cidade e ilustra relatos bíblicos.

"Quando vimos isso, de repente percebemos exatamente como a imagem se montava", continuou Heymann. "E muitas vezes, quando fazemos escavações, também não sabemos o que estamos procurando e então temos de ir à Bíblia e é ela mesma quem começa a nos explicar. Então, a Bíblia vem primeiro e depois as escavações. Quando juntamos os dois fatores, isso nos dá a imagem completa sobre a antiga Jerusalém".

Anunciando Reis de Israel
Se aprofundando em suas pesquisas, os arqueólogos descobriram mais detalhes sobre como os homens se tornavam reis em Israel.

"A maioria dos reis de Israel foram ungidos exatamente onde estamos de pé agora. Estamos de pé no lugar da unção. E Isaías diz que você irá tirar água com alegria das origens da salvação", disse ela.

Na verdade, a Cidade de Davi ecoa com toda a mensagem e o povo da Bíblia.

"Abraão, quando conheceu Melquisedeque e depois chegamos a Davi, a Salomão, chegamos a Isaías quando ele estava dando suas profecias esses muros aqui", disse ela. "Jeremias, quando posteriormente teve que falar sobre a destruição que se aproximava de Jerusalém ... todas essas coisas aconteceram exatamente onde estamos de pé agora".

Há mais de 10 anos, os arqueólogos descobriram outro local de importância bíblica, o Tanque de Siloé, que foi alimentado pela Fonte de Giom. O tanque foi o lugar onde Jesus curou o cego e também onde o povo judeu se reuniu para as Festas do Senhor.

"Três vezes por ano, todos os homens tiveram que vir ao mikvah (banho ritual) neste tanque e de lá se preparavam para ir ao Monte do Templo. Esta é a caminhada, a ascensão final, que todos os peregrinos podem fazer novamente quando visitam Jerusalém", explicou.

Heymann vê essa ascensão final como uma fusão entre a arqueologia e a as próprias profecias bíblicas.

"Algo incrível está acontecendo, porque você vê que agora estamos escavando esta estrada e a profecia novamente está sendo cumprida. Em Isaías diz 'Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplanai, aplanai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai a bandeira aos povos", lembrou a arqueóloga.

Uma escavação em curso é o túnel que leva do Tanque de Siloé ao Monte do Templo. Heymann diz que isso revela o passado e abre uma porta para o futuro.

Um dos projetos mais ambiciosos da cidade de Davi é uma escavação chamada Givati, onde toda a história de Jerusalém está sendo revelada como se as rochas estivessem gritando.

"Você pode ver exatamente como ela (Jerusalém) desapareceu lentamente da civilização, justamente porque uma cidade foi construída sobre a outra, e você podia ver como provavelmente a cidade poderia ter perdido a esperança, pensando: 'quem vai me descobrir de novo?'. Mas isso é até que Deus diga: 'Mas em um momento de favor, nada pode detê-lo' e é isso que vemos em Giviti. Jerusalém está sendo revelada lentamente ", disse ela.

A pesquisadora não tem dúvida de que está vendo as profecias - sobretudo esta de Isaías - se cumprindo.

"Estamos começando a ver na última década, o modelo. Ela está começando a compartilhar novamente como era sua apaerência. Então, você pode ver como o cumprimento da profecia está acelerando enquanto nós avançamos aqui. É dito que [em hebraico] 'Levante-se, sacode sua poeira, tome o seu lugar legítimo, Jerusalém'. Se você vê as escavações aqui diariamente, você pode ver o pó desta terra literalmente voando. A cidade está sacudindo a poeira".

Heymann se considera uma privilegiada em poder trabalhar na "Cidade de Davi".

"Eu digo que sou a pessoa mais feliz do mundo, porque tenho a oportunidade de mostrar o que vemos aqui e contar às pessoas sobre a Cidade de Davi, sobre a antiga Jerusalém e sobre todas as pessoas apaixonadas por Jerusalém, além das diversas provas sobre a profecia bíblica que se cumpre", disse ela.

Guiame

Em meio à crise, cristãos clamam a Deus nas ruas da Venezuela; assista

Um vídeo mostra cristãos venezuelanos clamando nas ruas e afirmando que só Deus tem poder para agir em meio à forte crise do país.


A avanço da crise política e econômica na Venezuela está sendo noticiada com cada vez mais frequência em toda a mídia internacional, enquanto o presidente Nicolás Maduro usa de todos os artifícios para se manter no poder e consolidar o regime que se transforma a cada dia mais em uma verdadeira ditadura.

Porém os cristãos venezuelanos estão reconhecendo o poder de Deus e clamando a Ele para agir neste contexto tão difícil.

Recentemente, uma página cristã venezuelana ('Un Chico Cristiano') divulgou um vídeo que mostra diversos cristãos ajoelhados e clamando em uma das ruas do país. Apesar da publicação não conter informações precisas sobre a data e o local exatos em que as imagens foram registradas, a oração de um policial cristão mostra bem o contexto desse clamor.

"Em Sua presença, aqui, Senhor, nos humilhamos, para que Tu sejas entronizado, para que seja o Senhor aquele que recebe toda honra, toda glória. Porque Tu dizes: 'Se o meu povo se humilhar e clamar pelo pelo meu nome, eu sararei sua terra'. Amado Jesus, a Ti seja a honra e a glória. Sabemos que Tu vais à frente de todos nós como um poderoso gigante", declarou um policial cristão, liderando o clamor com um microfone.

Cenário caótico
Nos últimos quatro meses, a crise venezuelana causou a morte de pelo menos 125 pessoas e quatro mil feridas em conflitos. ALém disso, cerca de cinco mil pessoas foram presas de forma arbitrária.

Sob fortes suspeitas de fraudes, uma nova assembleia constituinte destituiu a procuradora-geral e a prisão de prefeitos opositores continua a aumentar a quantidade de presos políticos no país.

Com uma das maiores inflações do mundo — cerca de 700% ao ano — e com 81% da famílias em uma real situação de pobreza, os venezuelanos estão fugindo do país. Estima-se que mais de 12 mil tenham chegado ao Brasil, desde 2014.

Guiame

Modelo internacional abandona carreira para servir a Deus: "Tinha tudo, mas não era feliz"


Luca Mendes já trabalhou com os maiores fotógrafos do mundo e morava em Nova York. (Foto: Reprodução).



Luca Mendes tinha tudo o que queria, mas se deparou com um vazio que só foi preenchido por Deus.
O sonho de muitos é atingir o sucesso profissional, a fama, ter muito dinheiro, carreira no exterior, viagens. Luca Mendes teve tudo isso aos 24 anos. Ele era um verdadeiro sucesso como modelo internacional e morava em Nova York, tornando-se o 8º modelo de mais sucesso no mundo. Mas, apesar de tudo isso, ele sentia que alguma coisa estava errada e que ele não era feliz, mesmo tendo recebido o convite para participar do seriado americano Lost.

Luca não sabia lidar com o vazio que o devorava por dentro. Mas um dia, ele teve um encontro com Deus. “Eu nasci em um lar espírita e católico. Os meus pais iam na igreja católica e também iam em centros de espiritismo, mas o meu pai teve um problema com a minha irmã, ela não ia nascer perfeitamente e eles foram fazer um trabalho espírita. Mas deu um problema e eles acabaram conhecendo um rapaz da Igreja Batista e foi esse irmão que nos chamou e nos introduziu na igreja”, comentou.

“A partir daí a gente começou a passar de igrejas e igrejas, até que encontramos a igreja adventista, mas eu ainda não estava acostumado. Meu contato com Deus era quase nulo. Aos 24 anos eu estava no auge da minha carreira, eu era modelo internacional e morava com minha namorada em Nova York, a gente viajava o mundo todo. Com 18 anos fui convidado por uma agência de milão e a partir disso passei a trabalhar como modelo. Tranquei a minha faculdade, eu fazia direito na época. Meu pai me liberou e eu fui. Viajei o mundo todo”, ressaltou.

Tristeza
“Quando eu era bem jovem eu já tinha planejado a minha vida. Meu pai me ensinou assim, procurar dinheiro, sucesso, ser sempre o primeiro. E finalmente eu consegui atingir um dos maiores pontos que alguem poderia conseguir. O problema é que como o mundo te ensina que ali está a felicidade, a gente procura e quando a gente chega nesse ponto pensa que vai ser feliz. Só que quando você chega, você visualiza tudo aquilo. Eu analisei a minha vida e me perguntava: ‘Porque eu acordo pela manhã, respiro? Para no dia seguinte fazer tudo outra vez?’ Então, eu fiquei pensando, será que é isso? Tem que ter alguma coisa a mais”, disse.

“Eu comecei a analisar minha vida e percebi que eu tinha tudo que o um ser humano normal queria ter, mas eu não era feliz. Então, eu falei: ‘O que está faltando para mim?’ Foi aí que eu voltei para o Brasil com a esperança de alcançar essas respostas e depois de uma análise profunda percebi que a única coisa que faltava era Deus. Então, eu comecei a procurar a Deus. Eu falava: 'Deus, se você existe, aparece para mim'”. Após uma incrível experiência com um bem-te-vi, ele passou a mudar seus hábitos.

“Eu nunca mais parei de acordar pela manhã, falar com Deus e estudar um capítulo da Bíblia e essa simples atitude me transformou naquilo que sou hoje. Os meus amigos de antigamente não me reconhecem mais”, ressaltou. Luca trabalhou com os melhores fotógrafos da moda. Dentre eles Steven Klein, considerado fotógrafo de Madonna, tendo trabalhado no projeto Secret Project Revolution. Além disso, trabalhou com Steven Meisel, ouro queridinho da moda também. Fotografou para a Versace e Dolce & Gabbana.

Confira o testemunho na íntegra


Guiame

Policial se recusa a usar arma durante serviço: “Deus dará o livramento”

O PM se tornou alvo de um processo administrativo interno após se negar a usar armas de fogo.
Um policial se tornou alvo de um processo administrativo interno após dizer a seu comandante que não usará mais armas de fogo, devido à sua crença religiosa.

Em sua justificativa, o policial militar afirmou que “Deus o dará o livramento de situações extremas que o obriguem de tirar a vida ou agredir alguém”, segundo sindicância reproduzida no Boletim Geral da PM número 37, publicado na última sexta-feira (11).

O soldado atua na 5ª Companhia do 4º Batalhão da PM, em Vila Velha, no Espírito Santo, sendo responsável pelo policiamento da região compreendida entre o bairro Glória e São Torquato, incluindo a Grande Santa Rita e a Grande São Torquato.

Iniciada em maio, a sindicância agora foi transformada em Procedimento Administrativo Disciplinar de Rito Ordinário (PAD-RO) e pode resultar na exclusão do policial.

A sindicância concluiu haver “indícios de irregularidades na conduta” do soldado por ele “apresentar postura explicitamente incompatível com as atribuições da função policial militar”.

O documento foi encaminhado para o Ministério Público Estadual e para a Corregedoria da Polícia Militar, que anunciaram que irão tomar as medidas cabíveis em relação ao soldado.

O pedido do policial também foi criticado pelo presidente da Associação dos Cabos e Soldados, sargento Renato Martins Conceição. “Claro que a arma é o último recurso, mas tem hora que ela não defende só a própria vida, mas também do companheiro de trabalho e do cidadão”, afirmou.

O sargento argumentou que o policial sabe do uso da arma desde o momento que decide prestar o concurso público. “É a primeira vez que vejo isso. Só ouvi isso no passado, história de policiais que usavam a arma sem munição. Mas era lenda urbana. A arma de fogo é necessária”.

A atitude do policial lembra o roteiro do filme “Até o Último Homem”, dirigido por Mel Gibson e baseado em fatos reais. O longa conta a história de Desmond Doss, um soldado adventista que esteve na Segunda Guerra Mundial, mas optou por abrir mão das armas.

Enquanto Doss escolheu socorrer e resgatar soldados feridos, o personagem era encarado por seus superiores e colegas de trabalho como um fanático religioso com problemas psicológicos.

Guiame

Juliano Son chora ao lembrar de crianças que são enterradas para 'fugirem do frio'


O cantor relembrou algumas situações que marcaram sua trajetória missionária. (Foto: Reprodução/YouTube)



Em um vídeo, o cantor relembrou algumas situações que marcaram sua trajetória missionária no Sertão do Piauí.
O movimento Impacto Sertão Livre, idealizado pelo cantor Juliano Son, já alcançou mais de 67 povoados e vilarejos do sertão do Piauí nas 10 edições realizadas pelo projeto.

Em um vídeo publicado por ele em seu canal no YouTube nesta segunda-feira (7), o cantor relembrou algumas situações que marcaram sua trajetória missionária.

Uma delas é a história de Valmir, que era conhecido como o homem mais perigoso da cidade de Capitão Gervásio de Oliveira. Sua fama mudou depois que ele recebeu em sua casa a visita dos “amarelinhos”, voluntários que fazem parte do movimento.

“Ele recebeu essa visita como se fosse o Senhor dando a ele uma segunda oportunidade”, lembra Juliano. Valmir se converteu e tempos depois entrou em contato com a organização para dizer que não estava mais bebendo, não agredia mais a esposa, estava estudando a Bíblia e se tornou um missionário em sua região.

Em São Francisco do Piauí, uma idosa recebeu os voluntários em sua casa se rastejando pelo chão. “Fazia seis anos que ela não andava devido um acidente”, comenta Juliano. No final daquela visita, ela recebeu uma oração e conseguiu voltar a andar. “Ela celebrou o Senhor na praça [da cidade]”, relata o cantor.

Juliano começou a se emocionar quando lembrou de uma experiência vivida na Serra do Inácio, em Curral Novo do Piauí. Eles foram levados a uma comunidade chamada Cajueiro, onde se depararam com uma pobreza extrema e marcada por temperaturas mais frias, por ser uma região serrana.

“Uma senhora vivia em uma casinha bem simples de taipa (barro molhado). Por conta do vento e às vezes da chuva, ela chegava a enterrar as crianças até o pescoço para elas não sentirem frio e poderem dormir”, relata Juliano.

Comovidos com a situação, os missionários levantaram cerca de 20 mil reais para apoiar a comunidade com cestas básicas e redes que seriam usadas como cobertores. No entanto, muitas pessoas de outros locais da região criticaram a ação, porque os moradores de Cajueiro eram tachados de “preguiçosos”.

Diante dessa situação, Juliano falou sobre o real significado de misericórdia. “Misericórdia também é favor imerecido. Toda vez que você olhar para alguém e no seu coração você sentir que ‘essa pessoa não merece’, ela é justamente o alvo da misericórdia”, comenta.

Juliano finalizou seus relatos pedindo apoio em oração. “Que ainda em nossa geração possamos ver esse povo, que por tanto tempo tem clamado em silêncio, ser alcançado por uma igreja avivada pelo Espírito de Deus, que se importa com os pequenos e esquecidos”, afirmou.

Confira o vídeo completo:


Guiame

Ex-atriz da Globo fez macumba e aborto para atuar em novela

Hoje convertida, ela reconhece: “descartei seis almas e vou pagar por isso”
A ex-atriz da Rede Globo Simone Carvalho fez muito sucesso nos anos 80. Estreou na televisão com “Cabocla”, em 1979, alcançando o auge em “Tieta”, de 1989. Ao todo foram 9 novelas e 7 filmes.

Longe da telinha desde 1998, ela foi entrevistada pelo programa “TV Fama”, da RedeTV! e revelou vários arrependimentos. Resolveu deixar a televisão após se converter. “Eu sou muito radical. Fui uma atriz muito radical e radicalmente eu me converti. Me tornei bacharel em Teologia”, explica Simone, que foi pastora por vários anos.

Simone, 57 anos, revelou ainda que já fez coisas das quais se arrepende para virar protagonista de novelas. “No momento que sempre acontece, quando se dá um tempo… você não é mais chamada para nada e vai buscar uma ajuda. Eu fui”, lembra, referindo-se ao seu envolvimento com a macumba.

Sem aprofundar os detalhes, contou também ter feito seis abortos. “Eu vou pagar um preço muito alto por isso. Eu descartei seis almas e vou pagar por isso”, declarou, deixando claro que hoje se arrepende dessas práticas.

Hoje em dia, prefere as novelas da Record às da Globo, mas descarta qualquer possibilidade de voltar para à TV. “A Globo pode me ligar agora, que eu vou dizer não”, afirmou.

Assista:


GospelPrime

Sarah Sheeva: “Onde tem brecha no altar, as máscaras vão cair”

Valendo-se uma semana depois do caso que envolveu a gravação de supostos áudios de Daniela Araújo em uma relação de uso de drogas, a pastora Sarah Sheeva, filha de Baby do Brasil e Pepeu Gomes, resolveu comentar a polêmica dos últimos dias.

A pastora, em um vídeo, de título “A santidade VALE MAIS que o talento”, comentou o caso e acredita que o meio evangélico, em geral, apoia mais o talento dos artistas do que sua relação com a fé que exerce no dia a dia.

“Queria dizer pra vocês que antes de qualquer coisa que a nossa função é entristecer, em primeiro lugar, que a gente tem que se compadecer da dor da pessoa, e em segundo lugar é a gente orar por essa menina, por essa mulher, essa jovem, essa vida”, alertou Sheeva.

Daniela Araújo, em si, foi alvo de exposição e pedido de orações, algo que Sarah avaliou. “Sempre tem que haver exposição em tudo o que a gente fizer de errado”, afirmou.

Investindo mais ainda no tema, fez suas exposições. “Nós, igreja, precisamos aprender a valorizar mais o caráter que o talento para estarem no altar de Deus. Se a gente não priorizar o caráter, a gente vai continuar tendo problemas”.

“É óbvio que não somos burros, nós queremos pessoas talentosas que saibam fazer bem feito… Cantar, tocar e etc, mas não se esqueçam: Entre o talento e a santidade, que está ligada ao caráter, [santidade]”, disse.

“Precisamos usar essa situação para o nosso crescimento, para melhoria das nossas igrejas e não para ficar atacando pedra nessa menina”, disse Sarah, que já seguiu carreira musical como integrante do trio SNZ.

Com base nisso, Sarah afirma que a confusão entre palco, no sentido artístico, e altar, no sentido litúrgico, é o principal problema de igrejas que se enquadram “nesse movimento”.

“Onde tem brecha no altar, infelizmente irmãos, as máscaras vão cair”, finalizou.

Assista:



GospelPrime

Judeus e cristãos se unem para estudar a Bíblia juntos, em Israel


Judeus e cristãos se unem para estudar a Bíblia juntos. (Foto: Reprodução/Facebook/Yeshiva For the Nations)



Professores e rabinos israelenses estão ensinando conhecimentos sobre a Bíblia, história judaica e língua hebraica para cristãos.
Judeus e cristãos estão se reunindo em Israel para, juntos, aprenderem sobre a Bíblia com professores e rabinos.

Chamada “Yeshiva For the Nations” (“Ensino Judaico Para as Nações”, em tradução livre), a instituição de ensino está sendo liderada por um israelense cristão com base no versículo bíblico de Isaías 2:2-3, que diz:

“Nos últimos dias, o monte do templo do Senhor será estabelecido como o principal (...) e todas as nações correrão para ele. (...) Pois, a lei sairá de Sião, de Jerusalém virá a palavra do Senhor”.

O local oferece cursos sobre a Bíblia, estilo de vida judaico, língua hebraica, história judaica e outros tópicos de interesse para não-judeus.

“Enquanto cristãos estão estudando a Bíblia com outros cristãos e judeus estão estudando com outros judeus, o Yeshiva For the Nations marca uma das primeiras vezes na história em que os judeus estão ensinando a Bíblia aos cristãos”, disse o rabino Tuly Weisz.

“Mesmo que a maioria das notícia sobre o Oriente Médio sejam cheias de hostilidades, que são frutos de guerras religiosas, há alguns acontecimentos positivos que precisam ser celebrados”, acrescentou Weisz.

O estudo da Bíblia entre cristão e judeus tem sido defendido pelo rabino brasileiro Marcelo M. Guimarães, que faz parte do Ministério Ensinando de Sião, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Baseado no mesmo texto de Isaías 2, Guimarães afirma que a busca pelo conhecimento bíblico em Jerusalém é uma característica do fim dos tempos. “Isso acontecerá nos últimos dias. Esse é o segredo desse texto”, destacou o rabino

Ele ainda confirmou a profecia fazendo referência a Miquéias 4:1-2, Jeremias 23:20 e Zacarias 8:22-23, que diz: “Naqueles dias, dez homens de todas as línguas e nações agarrarão firmemente a barra das vestes de um judeu e dirão: ‘Nós vamos com você porque ouvimos dizer que Deus está com vocês’”.

“Você acha que hoje irá a Israel para pegar num tzitzit (talit utilizado por baixo da roupa dos judeus) de um judeu ortodoxo, que está orando no Muro das Lamentações? Ele pode ser um homem piedoso e santo, mas não é dele que a Bíblia está falando”, esclareceu Guimarães. “O judeu completo, de acordo com Romanos 11, é aquele que foi reenxertado em Yeshua (Jesus)”.

Guiame

Ex de Daniela Araújo diz que não queria expor pecado, apenas ajudá-la

Victor Romanini diz que família sabia da história e pede que fãs apoiem a cantora
O ex-namorado da cantora e compositora Daniela Araújo, Victor Romanini, gravou um vídeo para falar sobre a polêmica em torno do seu nome e o da artista pelas gravações divulgadas na web durante esta semana.

O jovem afirma que divulgou apenas um dos áudios e que os demais foram parar nas mídias sociais sem a sua atitude direta. Ainda, afirmou que antes de liberar a gravação, conversou com uma irmã de Daniela e com seus pais, Jorge Araújo e Eula Paula, e que os dois já sabiam da história da cantora, mas não tomaram nenhuma atitude.

“Eu não estou expondo o pecado de ninguém. Eu estou querendo que vocês a apoiem, a ajudem. A intenção era para ajudar”, disse Victor, que ainda falou que gravou com a intenção de denunciar Felipe, o amigo de Daniela, para a polícia.

“Infelizmente disseram que não podiam fazer nada”, disse ele, sobre ter apresentado as gravações aos policiais. “Era somente com flagrante e outras coisas. Eu fiquei impressionado com a justiça do Brasil. Eu estou impressionado com esse lixo de lei, de justiça”.

“Infelizmente a Daniela estava muito alterada, como vocês viram no áudio. A minha conversa era com ele [Felipe]. Infelizmente ela se intrometeu”, afirmou Victor Romanini.

Caio Fábio.


Romanini aproveitou para comentar as recentes declarações de Caio Fábio, que disse, durante o programa Papo de Graça, que Victor “é um babacão”. “Sua posse menina perversa, infantil, tola, imatura e aviadada que fez isso. O problema da moça é o menor de todos. Ela vai ficar bem. Agora, você, vire homem. Você é a droga”, afirmou.

Victor respondeu, rindo: “Eu quero dizer que o vovô Noel emaconhado é uma coisa. Ou você cheira, ou você fuma essas coisas porque você parece totalmente apoiar e eu tô nem aí pras suas críticas, pro seu pensamento à base da ervinha”.

Romanini ainda afirmou que considera a fala de Caio Fábio algo que ultrapassa o campo da opinião e se torna ofensa. Em seguida, diz que não se importa com isso.

Victor conclui o vídeo mostrando o cenário do programa de Caio Fábio e comenta, rindo: “Agora espero que essas plantas lá atrás não sejam maconha, meu irmão”.

GospelPrime


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...