Após condenação, amigo leva água benta para Lula

Garrafa foi levada por dono de restaurante que o ex-presidente frequenta
O jornal O Globo divulgou que existem poucas manifestações acerca do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Bernardo do Campo, seu berço político, exceto por uma vigília que se dá em frente ao prédio que reside.

O dono do restaurante que o ex-presidente frequenta, Gijo Juno Rodrigues Silva, passou no local e, ao invés de deixar uma refeição tradicional, deixou uma garrafa de água benta para que o político seja protegido.

“Com a morte da dona Marisa ele está magoado. Mas na vida política parece que ele está até melhor”, disse Gijo. De acordo com o jornal, São Bernardo do Campo amanheceu nesta quinta-feira (13) sob calmaria.

Os moradores do prédio, no entanto, não quiseram comentar o movimento que ocorria em frente ao edifício. Um dos residentes, que não quis se identificar para não provocar más relações com os demais inquilinos, criticou Lula e disse que a decisão era esperada.

“Eu sou cidadão e sei o que ele fez. Como bom estelionatário ele é muito simpático. Sempre cumprimenta quando nos encontramos no elevador. Não é surpresa nenhuma. Ninguém fala sobre isso aqui, mas veladamente todos concordam que ele é ladrão”, disse o morador que não quis se identificar.

Ainda, de acordo com a imprensa, a região central de São Bernardo do Campo não foi tomada por manifestações, nem a favor, nem contra ao político do Partido dos Trabalhadores (PT).

A sede do Sindicato dos Metalúrgicos, nesta quinta, esteve vazia. A única manifestação se deu por uma nota, a qual demonstra o repúdio pela decisão do juiz federal Sérgio Moro.

Ao invés de se movimentarem na cidade que é de berço político de Lula, O Globo conta que os metalúrgicos decidiram aderir ao protesto que se deu na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, maior metrópole do país.

GospelPrime

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...