Líder da Coreia do Norte tem pavor da Bíblia, revela senador americano


Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, durante exercício militar em seu país. (Foto: KCNA/Reuters)


O político revelou que Kim Jong-un tem pavor do Evangelho de Jesus Cristo, pois suas palavras representam uma ameaça a seu regime.

Embora o atual líder supremo da Coreia do Norte venha prendendo, torturando e assassinando milhares de cristãos, Kim Jong-un tem pavor do Evangelho de Jesus Cristo, conforme revelou o senador norte-americano James Lankford na última quarta-feira (24) no Capitólio dos Estados Unidos.

Lankford, que lidera o movimento “Causas de Oração do Congresso”, se aproximou do pódio do encontro International Christian Concern's 2017 carregando uma Bíblia. “É incrível para mim ver que eu andei até o estrado e subi segurando esta Bíblia. Se eu fizesse a mesma coisa na Coreia do Norte, eu teria problemas”, disse ele aos ativistas de liberdade religiosa.

O senador afirmou que a pregação do Evangelho atrai medo a Kim Jong-un e seu regime. “Eu acredito que as palavras que estão neste Livro o aterrorizam”, disse ele, citando a passagem de Mateus 22:37-40.

“O regime fica aterrorizado com declarações como essa, onde Jesus disse: ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas’”, disse Lankford.

“O regime de Kim tem pavor dessa declaração. É uma declaração simples, mas é o que Deus ordena — que sejamos capazes de amar a Deus e amar o próximo”, ele acrescentou.

Lankford também citou 1 Timóteo 2:1-4, onde Paulo escreve a Timóteo: “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade”.

“Para mim é surpreendente ver que esse é o texto ‘rebelde’ que faz o regime ficar aterrorizado”, ele ironizou.

Segundo Greg Scarlatoiu, especialista de abusos dos direitos humanos na Coreia do Norte, um dos maiores motivos que tornam o regime de Kim inimigo do cristianismo é sua ameaça à capacidade de controlar as informações.

“A Coreia do Norte é um país pós-comunista, pós-industrial e uma dinastia cleptocrática que detém um monopólio sobre o poder político. Este não é um cartel cleptocrático criminoso, é um monopólio absoluto. Não há concorrentes dentro do país. O único concorrente, por um lado, é o cristianismo. Por outro lado, a democrática Coreia do Sul”, disse ele.

“O cristianismo oferece crenças alternativas e um estilo de vida alternativo”, Scarlatoiu continuou. “O regime norte-coreano teme o cristianismo porque ele oferece um espaço para a troca de ideias. Vale lembrar que este regime tem mantido o seu poder através do controle de informações que é executado por 270 mil agentes em uma vasta rede de informantes”.

Cristianismo na Coreia do Norte
Embora a Coreia do Norte permita a atuação de algumas igrejas estatais, que se encaixam nos padrões limitados pelo governo comunista, a prática do verdadeiro cristianismo é ilegal no país.

Os milhares de cristãos que participam de igrejas subterrâneas e pessoas que evangelizam em público correm o risco de serem presas e lançadas em campos de trabalho escravo. Centenas de milhares de prisioneiros morreram desde que o regime de Kim Il-sung chegou ao poder, em 1948.

A Coreia do Norte é classificada pela organização Portas Abertas como o país que mais persegue cristãos no mundo há 16 anos.

Guiame

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(798) Cristãos Perseguidos (563) Cristãos (522) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (349) Evangélicos (304) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (196) oração (191) Homosexualismo (177) catolicismo (156) Rede Record (150) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (124) islan (114) Política (113) judeus (113) ateus (111) Milagres (107) Aborto (106) Religião (105) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (88) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (48) Drogas (43) Prosperidade (42) festival promessas (41) Apostasia (39) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Idolatria (38) carnaval (37) Estados Unidos (34) mulçumanos (34) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Pornografia (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (17) Oriente Médio (17) Suicídio (17) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) Justin Bieber (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Pressa (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil