Citada em delação da JBS, Patricia Abravanel recorre à Bíblia

Filha de Sílvio Santos rebate críticas nas redes sociais: “Toda arma forjada contra ti não prosperará”
A apresentadora Patricia Abravanel, filha de Silvio Santos, foi mencionada na delação premiada de Ricardo Saud, executivo da J&F Investimentos, holding proprietária da JBS.


Saud afirma que Patricia participou de um jantar na casa de Joesley Batista, sócio da J&F Investimentos, ao lado do então noivo, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN). NO mencionado jantar, supostamente foi negociado o pagamento de propina para a campanha de Robinson Faria (PSD-RN), pai de Fábio, que acabou eleito governador do Rio Grande do Norte em 2014.

“Foi um jantar muito elegante até. Foi o Fábio Faria com a noiva dele, a Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos. Foi o Robinson Faria com a esposa dele, nós todos com as esposas, tal, para tratar de propina. Até bacana, né? Todo mundo com as esposas para tratar de propina”, disse Saud na delação, em tom irônico.

As delações revelam que a JBS repartiu mais de 500 milhões de reais em propina uma rede de mais de mil políticos.


Pelo Facebook, Robinson Faria rebateu a acusação em nota, afirmando que toda doação recebida da JBS, por ele e pelo filho, foi feita de maneira legal e oficial.

Criticada nas redes sociais, a apresentadora, que afirma ser evangélica, defendeu-se com uma citação bíblica em seu perfil no Instagram. “Toda arma forjada contra ti não prosperará; toda língua que ousar contra ti em juízo, tu a condenarás”, diz trecho de Isaías 54:17.

Essa é a segunda vez que o nome do esposo de Patrícia aparece nos processos referentes à investigação de corrupção. Em abril, Fábio Faria apareceu na lista de pedidos de inquérito do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). 

Com informações de Veja

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...