Suprema Corte dos EUA aprova casamento gay e pastores protestam: "Vai contra a natureza humana"

Estados Unidos - Líderes evangélicos, como Russell Moore, Franklin Graham e John Piper lamentaram a decisão do tribunal dos EUA, que aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em uma votação de 5 a 4 nesta sexta-feira (26).

A Suprema Corte decidiu nesta sexta-feira (26) aprovar o casamento gay nos Estados Unidos em uma votação de 5 a 4. A decisão histórica derrubou a proibição do casamento entre pessoas do mesmo sexo em 13 estados e veio como uma preocupação para muitos cristãos, que acreditam que o casamento deve ser reservado para o relacionamento entre homem e mulher.

Líderes evangélicos agora estão se manifestando em resposta à decisão, que mudou a história americana para sempre.

Russell Moore, presidente da Ética e Comissão de Liberdade Religiosa da Convenção Batista do Sul exortou os cristãos a não entrarem em pânico.

Em um blog publicado no site 'Washington Post', Moore escreveu: "A Suprema Corte pode fazer muitas coisas, mas não pode considerar Jesus como alguém que ainda está no túmulo. Jesus de Nazaré ainda está vivo. Ele ainda está chamando o universo em direção ao Seu Reino".

Ele continuou: "A igreja vai precisar se articular nos próximos anos com relação ao que acreditamos sobre o casamento. Não podemos supor que as pessoas concordam conosco, ou mesmo nos entendam. 

Não vamos simplesmente falar sobre o casamento em termos de valores, cultura ou o florescimento humano. Vamos falar sobre o casamento da maneira que Jesus e os apóstolos nos ensinaram - ligado ao próprio evangelho, uma imagem da união de Cristo com a sua Igreja (Ef 5:32)".

A Associação Evangelística Billy Graham e o presidente da Missão 'Bolsa do Samaritano', Franklin Graham disse que o Supremo Tribunal não tem as autoridades a redefinir o casamento.

"Com todo o respeito ao tribunal, isto não define o casamento e, portanto, ele não tem direito de redefinir o casamento", escreveu Graham em sua página no Facebook.

"Muito antes de o nosso governo existir, o casamento foi criado por Aquele que criou o homem e a mulher, o Deus Todo-Poderoso e Suas decisões não estão sujeitas à revisão de qualquer tribunal de origem humana. 

Deus é claro sobre a definição de casamento em Sua Santa Palavra: 'Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua esposa, e eles se tornarão uma só carne' (Gênesis 2:24)", destacou Graham.

Tony Perkins, presidente do Conselho de Pesquisa da Família, também condenou a decisão.

"Cinco juízes da Suprema Corte anularam os votos de 50 milhões de americanos e exigiram que o povo americano se afaste de milênios de história e da realidade da natureza humana", protestou.

"Nenhum tribunal pode derrubar a lei natural, a Natureza e o Deus da Natureza, saudada pelos signatários da nossa Declaração de Independência como a própria fonte da Lei, que não pode ser usurpada pelo decreto de um tribunal, ainda que seja a Suprema Corte dos Estados Unidos", concluiu Perkins.

Evangelista e fundador do ministério 'DesiringGod.org', o pastor John Piper lamentou o quebrantamento dos Estados Unidos em seu blog.

"Minha sensação é que não nos damos conta de que uma calamidade está acontecendo ao nosso redor. A coisa nova - nova para a América, e nova para a história - não é a homossexualidade. Este pecado está aqui desde que foram todos quebrados na queda do homem", disse.

"O que é novo também não é a celebração e aprovação do pecado homossexual. O comportamento homossexual tem sido explorado, deleitado, celebrado na arte, por milênios. O que há de novo é a normalização e institucionalização disto. Esta é a nova calamidade".

guiame

0 comentários:

Postar um comentário

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (545) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (344) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) judeus (110) ateus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Pornografia (18) Oriente Médio (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil