A vitória sobre a pornografia

A santidade do sexo não é contrária ao seu pleno prazer, mas sua condição indispensável
A relação sexual entre marido e mulher precisa ser sem mácula (Hb 13.4). A santidade do sexo não é contrária ao seu pleno prazer, mas sua condição indispensável.

Aqueles que navegam pelos pântanos imundos de sites pornográficos e alimentam sua mente com a impureza destroem sua própria alma. Aqueles que buscam a autossatisfação sexual adoecem a mente e tornam-se prisioneiros de um vício degradante.

Somente pelo poder do Espírito Santo podemos ter uma vida sexual pura e santa (1Ts 4.3-8). Somente assim poderemos triunfar sobre a armadilha da pornografia.

Hernandes Dias Lopes

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...