Muçulmanos encontram Jesus durante o Ramadã

As celebrações do mês sagrado do Ramadã começaram oficialmente. Muçulmanos ao redor do mundo estão envolvidos nas festividades. Apesar de algumas pequenas diferenças culturais, muçulmanos de todas as nações estarão observando o jejum que é um dos 5 pilares do Islamismo.
 
Durante o Ramadã, os seguidores do Islamismo estão mais abertos para o mundo espiritual. Muitos buscam sinceramente refletir na sua fé e na vida que tem levado. buscam perdão, reconciliação e as bençãos de Allah. Por isto, missionários consideram esta a época mais propícia para a intercessão e evangelização.

Apesar do desconhecimento de alguns, o Islamismo é uma religião cercada de mística e do sobrenatural. É durante o mês do Jejum que celebra-se a Noite do Poder (Laylatul Qadyr) quando acredita-se que o profeta Maomé recebeu a revelação do Alcorão. É uma noite de orações ritualísticas e vigílias. Muitos estão espiritualmente vulneráveis. É nesta noite ainda que muitos recebem sonhos e visões.

Uma estatística diz que 98% das conversões que acontecem no Mundo Islâmico, dão-se a partir de encontros sobrenaturais, sendo estes em sua maioria sonhos e visões. Conta-se o caso de um convertido Norte Africano que encontrou a força necessária para enfrentar a prisão através de um sonho. 
 
No sonho viu milhares de crentes nas ruas de sua cidade (ele vinha de um país de perseguição), proclamando abertamente sua fé em Jesus. Enquanto estava na prisão, foi torturado, suspenso de cabeça para baixo, nu durante horas, açoitado com varas eletrificadas e repetidamente ameaçado de execução. Porém, seu sonho de um dia ver pessoas proclamando abertamente Jesus nas ruas lhe deu forças para perseverar no momento mais difícil de sua vida.

Outro fator que mais tem atraído muçulmanos a Cristo é o poder do amor. Assim como Paulo, muitos crentes de origem muçulmana descobriram que “o maior destes é o amor.” Quase metade de todos os muçulmanos que mudaram de fé, afirmam que o amor de Deus foi chave fundamental para a sua decisão.

Conta-se a história de Mahmud (nome fictício), um jovem palestino, soldado da Jihad. Como muitos outros nasceu em meio ao ódio. Viu entes queridos morrerem e teve que mudar de casa várias vezes. Quando cresceu foi entregue ao exército de resistência e preparado para se tornar um homem bomba. 
 
Um dia, durante as preparações finais para a sua missão, estava com o coração muito triste e pesado. Naquela noite teve um sonho. Um homem de barba vestido de branco lhe tomou pela mão e lhe disse: “Não faça isso! Eu vou lutar suas batalhas”. Mahmud acordou chorando e nunca mais foi o mesmo. 
 
Ele sabia que tinha visto Jesus. Não descansou até que encontrasse um cristão. Sua história real quase virou uma lenda no Oriente. E o mais importante é que ela representa dezenas e dezenas de outras histórias em todos em toda a região.

Ore pelo Ramadã:
Lembre-se dos países em conflito e da Igreja nestes lugares
Lembre-se dos pobres e famintos e dos que não tem o que celebrar
Ore por uma grande revelação do Espírito Santo enquanto buscam a Deus

Para saber como orar pelo Mundo Muçulmano durante o Ramadã, acesse o site e baixe gratuitamente o livro: http://www.30-dias.org.

Fonte: 30 Days e Voz dos Martires.
Gospel Mais
Tradução e Edição: Raquel Elana

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...