Com inscrições encerradas, Troféu Promessas parte para nova fase

Com mais de 1.500 inscritos, premiação se prepara para dar início à fase de votação popular 
No dia 22/07 se encerraram as inscrições dos projetos (CDs / DVDs) para a terceira edição do Troféu Promessas - premiação da música cristã nacional, organizada pela Rede Globo. Mais de 1.500 trabalhos foram inscritos nos 20 primeiros dias deste mês de julho.

Na edição deste ano, a premiação traz novidades, como a categoria "Melhor CD de Rock". As outras 10 categorias são: “Melhor Cantor”, “Melhor Cantora”, “Melhor Música”, “Melhor Ministério”, “Melhor Grupo”, “Revelação”, “Melhor CD”, “Melhor DVD/BluRay”, “Melhor Videoclipe” e “Pra Curtir”.

Outra novidade que já dá motivos para o público a comemorar é a realização da grande festa de premiação, que se realizará no dia 13 de novembro deste ano, no Teatro Popular Oscar Niemeyer, em Niterói (RJ). A escolha da data não foi feita por acaso. O grande evento fará parte das comemorações dos 440 anos da cidade.

Nova fase
O Troféu Promessas se prepara agora para passar pela Primeira Fase de Votação Popular e conta com o Comitê Gestor - composto por representantes das principais gravadoras e mídias do mercado gospel - para analistar os trabalhos incritos nesta edição, definindo assim, quais trabalhos serão votados pelo público.

Na primeira grande votação popular, os internautas poderão escolher cinco entre os 20 projetos selecionados pelo Comitê. Os cinco mais votados estarão classificados para a segunda e última fase da premiação.

A lista com os trabalhos a serem votados pelo público será divulgada em breve. Fique ligado.

Com informações do Guiame

Clipe de Aline Barros, "Ressucita-me" ultrapassa 5 milhões de acessos


O sucesso gravado por Aline Barros faz parte do CD "Extraordinário Amor de Deus", lançado pela MK Music em 2011.

"Remove a minha pedra / Me chama pelo nome / Muda a minha história / Ressuscita os meus sonhos...". Quem ainda não ouviu a canção que traz esta letra? 
O sucesso gravado por Aline Barros faz parte do CD "Extraordinário Amor de Deus", lançado pela MK Music em 2011 e o clipe oficial da música já ultrapassou a marca de 5 milhões de visualizações no Youtube. O vídeo conta com a direção de Dayane Andrade e roteiro de Alomara Andrade.

O álbum da cantora já conquistou grandes premiações, como Disco de Diamante (pelas mais de 300 mil cópias vendidas) e o Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa".

A canção "Ressuscita-me está entre as mais tocadas nas rádios - gospel até mesmo seculares - em todo o Brasil. Devido à grande repercussão da música, Aline também tem sido convidada a participar de diversos programas de TV.
 
A música foi composta por Anderson Freire - cantor que também integra o cast da MK Music. 


Se você ainda não assistiu ao clipe, confira no vídeo abaixo:

Com informações da MK Music.
Guiame

Pastor rockeiro é criador da maior bateria do mundo que entrou para o Guinness Book 2013

Recentemente, pastor Mark Temperado, conhecido como Rev. M., tocou parte de sua bateria de 813 peças, que é considerada maior do mundo, enquanto dava o seu testemunho na Igreja The Rock, West Virginia.

Mark é o responsável por criar uma bateria que entrou para o livro dos recordes, o Guinness Book 2013, com mais de 90 de tambores e 95 pratos e mais de 2 metros de diâmetro.

O Rev. M, que possui três doutarados, se descreve como um estudante de sons. “Diferentes sons projetam uma pressão acústica poderosa na atmosfera.”

Ele afirma que usa a bateria com um propósito para Deus. “Eu uso o que eu tenho, os talentos que Deus me deu, atlentos e uma infinade de sons para Adoração e Guerra.”

A bateria pode ser tocada por ele cotidianamente, com a diferença que obtém um som totalmente original.

“Quando eu toco eu gosto de contar uma história através dos tambores. Quando eu toquei, as pessoas me disseram que foram tocadas e abençoadas.”

Dr. Mark esteve presente na igreja The Rock nos dias 20, 21 e 24 de julho onde deu seu testemunho pessoal e um realizou um solo com um conjunto de 30 peças.

Atualmente, Dr. Mark Temperato é pastor da igreja Breath of Worship em Lakeville, Nova York. Ele é casado com Rhonda com quem fez seu ministério por mais de 30 anos. Juntos possuem quatro filhos, David, Lisa, Michael & Mark Jr.

Christian Post

Como o Papa Francisco poderia ensinar alguns líderes evangélicos?

Há muito bom senso na postura deste apóstolo Francisco, condizente com as raízes da fé cristã
Infelizmente parece estar acontecendo uma troca de inversões no cenário religioso católico/evangélico brasileiro. Eu explico: a passagem do Papa Francisco pelo Brasil fez muitos cristãos refletirem sobre vários assuntos relacionados com a autoridade eclesiástica pessoal da figura apostólica do pontífice.

Primeiramente como cristão, eu acredito na autoridade do ministério apostólico, como ferramenta de condução e desenvolvimento da igreja, assim como professores, evangelistas, pastores e profetas. Creio que a igreja cristã protestante, na sua história e na separação teológica de Roma, negou o movimento apostólico como realidade ministerial dentro da igreja, muito mais por questões ideológicas do que doutrinárias.

Obviamente sei que o apostolado não é pertencente à um homem, é da Igreja, e não está representado pela denominação “x” ou “y”, mas não é a discussão teológica do ministério apostólico que está em pauta, e sim a postura pessoal de um apóstolo ante a responsabilidade de conduzir a sua igreja. Neste caso, o Papa Francisco.

É fundamental dizer que existem sérias divergências entre a teologia católica romana, e a teologia protestante histórica. A mariolatria, a salvação universalista, a bula papal, e tantas outras doutrinas, porém, foi a pessoa do Papa chamou a atenção de todos nestes dias.

Acredito que o Papa mostrou simplicidade ao voar em um avião comercial, enquanto outros apóstolos ostentam o seu “próprio” avião. Gostei de ver que as exigências de seu quarto beiravam o comum, enquanto que outros apóstolos exigem hotéis cinco estrelas e tratamento VIP. É sabido de todos que artistas e pregadores ostentam riqueza em seus trajes, anéis de ouro cheios de pedras e outras excentricidades.

Em todos os discursos do Papa, não ouvi ele falar uma única vez em dinheiro, pelo contrário, ele deixou claro que dinheiro é um ídolo de nosso tempo, de todos, inclusive da própria igreja católica romana que teve o escândalo da lavagem de dinheiro pelo banco do vaticano exposto pelo famoso “vatileaks” na mídia mundial.

Não ouso dizer que estas atitudes evidenciam qualquer mudança na cúria romana. Acredito que a igreja católica romana precisa de muitas e incisivas transformações. Mas há muito bom senso na postura deste apóstolo Francisco, condizente com as raízes da fé cristã. Eu valorizo pessoas como o Papa. Apesar de uma fé diferente em muitos aspectos, seu caráter é louvável, seu comportamento é digno de homens sérios e comprometidos com a simplicidade cristã. Talvez Francisco possa nos ensinar algumas destas coisas na liderança de nossas igrejas!

Pr. Bruno dos Santos
Guiame

Postura do papa Francisco é elogiada por líderes evangélicos: “Passou simplicidade, enquanto ‘apóstolos’ ostentam riquezas”

A passagem do papa Francisco pelo Brasil e seus discursos contra a corrupção e a pobreza chamaram a atenção da mídia como um todo, que destacou a fala ponderada do pontífice católico a respeito de tais questões.

O mestre em Direito e advogado Hélio Pariz publicou artigo no blog O Contorno da Sombra com uma breve análise a respeito da fala do papa, em comparação com algumas lideranças evangélicas.

No texto, Pariz ressalta a “notória capacidade de se comunicar com os mais diferentes estratos da sociedade”, dizendo que “o papa Francisco deu um show de comunicação, simpatia, empatia e simplicidade”.

O advogado menciona ainda que a comunicação de Francisco com o povo se deu não apenas através das palavras, mas também com gestos: “Fez a sua mensagem compassiva ser recebida mesmo através do silêncio de seu olhar contemplativo. Foi fiel, portanto, a pelo menos três preceitos neotestamentários (e paulinos) sobre como dialogar com um mundo não cristão”, afirmou, citando as passagens bíblicas de Filipenses 4:5; Colossenses 4:6 e Tito 2:7-8.

A crítica de Pariz a algumas lideranças evangélicas se deu justamente neste ponto: “Sem querer entrar nas diferenças doutrinárias aparentemente irreconciliáveis entre católicos e protestantes, foi inevitável comparar a postura papal com aquela de alguns expoentes evangélicos que usam e abusam cotidianamente de todas as formas de mídia. 
 
Os nomes desses nem precisam ser citados, pois a sua verborragia e seus interesses monetários invadem os lares brasileiros todos os dias pelas ondas do rádio e da TV”, opinou.
Admiração de evangélicos
O pastor Renato Vargens, líder da Igreja Cristã da Aliança, também analisou os discursos do papa e o impacto que a postura do líder católico teve entre os fiéis evangélicos.

Para Vargens, “a vinda do papa Francisco ao Brasil tem despertado não somente a atenção da população em geral, como também dos evangélicos que não se cansam de elogiar o bispo de Roma”. O pastor citou ainda as redes sociais como amostra da admiração que boa parte do rebanho evangélico tem expressado ao pontífice.

Segundo o pastor, os motivos dessa admiração pelo papa são oriundos da frustração com as lideranças evangélicas: “Na minha opinião a valorização do papa se deve em parte a insatisfação que os evangélicos tem feito quanto ao comportamento de alguns dos seus líderes”.

Na lista de hipóteses elencada por Vargens, estão desde o repúdio à teologia da prosperidade até a identificação com sua simplicidade e mensagem focada em Cristo:

O papa passa uma imagem de simplicidade, enquanto os ‘apóstolos’ tupiniquins ostentam riquezas; O papa demonstra gostar de gente e de se relacionar com o povo, já os ‘apóstolos’ tupiniquins preferem a ostentação de títulos eclesiásticos, além é claro da nítida e clara separação do restante do povo; O papa Francisco demonstrou simplicidade em voar num avião comercial, em carregar sua própria mala, em dormir num mosteiro numa cama de solteiro, em andar em carro comum, em se relacionar com o povo sem protocolos, pompa ou exigências. 
 
Já os ‘apóstolos’ tupiniquins andam de avião particular, exigem hotéis cinco estrelas, além é claro de exigirem uma série de obrigações a todos àqueles que os convidam para pregar o Evangelho de Cristo; [...] O papa tem falado de Cristo, os ‘apóstolos’ tupiniquins só falam em dinheiro – listou o pastor.

Por Tiago Chagas
G+

Aplicativo de igreja digital coloca a Bíblia no bolso de milhões de 'Cristãos'


Para milhões de leitores ao redor do mundo, um aplicativo gratuito e altamente popular da Bíblia, o YouVersion, está mudando o como, onde e quando se lê o evangelho.
 
Criado pela LifeChurch.tv, uma das maiores e mais avançadas igrejas evangélicas dos Estados Unidos, o YouVersion faz parte do que a Igreja chama de "missões digitais." Elas incluem uma plataforma de serviços on-line da igreja e vídeos pré-prontos de cultos, distribuídos gratuitamente. Também estão a caminho um sistema de dízimo digital e uma Bíblia infantil interativa.
Tudo faz parte da aspiração da igreja de ser uma espécie de departamento de TI das igrejas de toda parte. 
 
O YouVersion, com mais de 600 traduções da Bíblia em mais de 400 línguas, é de longe o maior sucesso. O aplicativo é ecumênico, incluindo as versões preferidas pelos católicos, ortodoxos russos e judeus messiânicos. Neste mês, o aplicativo chegou a 100 milhões de downloads, ficando na companhia de startups tecnológicas como Instagram e Dropbox.
 
"Eles redefiniram o que significa acessar a palavra de Deus em dispositivos móveis", disse Geoff Dennis, vice-presidente executivo da Crossway, uma das muitas editoras da Bíblia - desde pequenas gráficas até sociedades globais da Bíblia e a editora Thomas Nelson logomarca da News Corporation - que forneceram de graça suas traduções para a igreja.
 
O aplicativo, comercializado apenas como "A Bíblia", atraiu novos doadores para a LifeChurch.tv. Cerca de US$ 3 milhões foram pagos por um punhado de grandes doadores para apoiar o desenvolvimento do app no ano passado; ao todo, a igreja arrecadou cerca de US$ 60 milhões, segundo suas demonstrações financeiras. Até o final do ano, diz a igreja, terão sido gastos ao todo quase US$ 20 milhões com o YouVersion até o final deste ano.
 
O Gutenberg por trás da YouVersion é Bobby Gruenewald, 36, o "pastor de inovação" da igreja, cuja formação é em administração, não em teologia. Na adolescência, ele cantava rap cristão na igreja evangélica que frequentava. Na sede da igreja, ele usa os mesmos tênis, jeans surrados e camisetas que convêm a um rapper cristão e microempresário que dirigiu uma empresa de hospedagem de websites em seu quarto, e mais tarde a vendeu por US$ 7 milhões a um site de fãs de luta-livre.
 
Gruenewald entrou para a LifeChurch.tv em 2001, depois de tocar teclado na banda da igreja. Desde então, eles lhe permitiram experimentar sem visar lucro. Os primeiros esforços de Gruenewald incluíram uma igreja virtual no Second Life e uma campanha de anúncios no Google para atrair os consumidores de pornografia à igreja.
 
Então, ele teve uma ideia fundamental: se a igreja queria atrair os mais jovens, precisava tanto ser tecnicamente avançada quanto oferecer seus recursos de graça. "Temos uma geração de pessoas que nem pensa em pagar 99 centavos por sua música favorita", disse Gruenewald, "e nós estávamos cobrando deles US$ 20 por um livro que não entendem."
 
Em 2008, o YouVersion foi a primeira Bíblia na App Store da Apple. A primeira versão trazia apenas traduções de domínio público. Quando ele começou a tentar convencer as editoras tradicionais da Bíblia a assinar acordos de licenciamento, elas desconfiaram.
 
Adam Graber, da editora Tyndale House, uma das que fornecem traduções para o aplicativo, expressou reservas sobre a forte posição da YouVersion no mercado de aplicativos da Bíblia. "Uma grande empresa, seja a Apple ou o Google ou o YouVersion, tem as suas desvantagens, pois dá menos opções às pessoas e consolida poder nas mãos de algumas pessoas", disse. Ao colaborar com o aplicativo, porém, ele disse esperar que os leitores que usam sua tradução venham a comprar a versão impressa ou suas edições digitais.
 
Ele comparou a relação entre o YouVersion e as editoras tradicionais à estratégia "freemium", comum em jogos móveis, onde o conteúdo central é gratuito, mas os recursos extras custam dinheiro. Neste caso, os extras seriam coisas como bíblias de oração, bíblias de estudo ou bíblias de capa dura com relevos em ouro.
 
Apesar de não haver anúncios no aplicativo, disse Gruenewald, o YouVersion coleta muitos dados sobre como a Bíblia é lida. Isso fornece informações valiosas sobre os hábitos e preferências dos cristãos, que o YouVersion seletivamente compartilha com seus parceiros de publicação tradicionais, tais como os versículos mais populares dentro de cada tradução.
 
Ele virou uma plataforma para que líderes evangélicos como Rick Warren cheguem a milhões de pessoas com planos de leitura personalizados; o pastor Billy Graham é o mais recente adepto dessa prática. Nas manhãs de domingo, quando pastores de todo o país pregam usando iPads, os servidores do YouVersion registram mais de 600 mil acessos por minuto.
 
Scott Thumma, do Instituto Hartford para Pesquisa da Religião, que estuda grandes igrejas americanas, disse que o YouVersion preencheu um antigo vácuo de produtos tecnológicos que visem ao mercado religioso. Segundo ele, a LifeChurch.tv é "a congregação mais inovadora no país no desenvolvimento e uso da tecnologia."
 
O aplicativo ficou reconhecido também no mundo da tecnologia. Chi-Hua Chien, sócio da empresa de venture capital Kleiner Perkins, no Vale do Silício, além de religioso e conselheiro informal de Gruenewald, comparou o YouVersion a startups famosas, como o Pinterest e o Path.
 
"Certamente será o mais importante canal de distribuição para quem está criando conteúdo cristão", disse ele. "Onde mais você pode ir para atingir 100 milhões de pessoas?"

Fonte Folha SP

Evangélicos se unem a católicos na Jornada Mundial da Juventude



Vencendo barreiras, grupos religiosos se 
unem por causa em comum.
Em países onde o cristianismo é minoria, não é difícil ver evangélicos e católicos se unindo, dividindo espaços e até congregando juntos. A missão Portas Abertas, e outras similares que lutam contra a perseguição de cristãos no mundo, já ajudou em campanhas pela libertação de católicos presos em nome de sua fé.

Fundada durante a Guerra Fria, a Portas Abertas tinha como principal objetivo contrabandear Bíblias. Aos poucos foi crescendo e hoje atua em quase todo o mundo, sendo conhecida por suas campanhas pelos direitos humanos daqueles homens e mulheres que sofrem perseguições e são presos e mortos por ousarem crer em Cristo.

Além de divulgar as histórias dessas pessoas, pedem orações em favor delas e coletam assinaturas de cristãos de todo o mundo, usando-as para pressionar as autoridades. São muitas as histórias de sucesso com essa estratégia.

Durante a Jornada Mundial da Juventude, neste final de semana, seus representantes no Brasil se uniram aos católicos. Não para ver o papa, mas seu objetivo é coletar assinaturas dos peregrinos para sua atual campanha que visa defender os cristãos perseguidos na Síria.

Integrantes do Underground, um ministério da PA voltado para os de jovens, carregavam cartazes e anunciam em alto-falante que precisavam de apoio para o abaixo-assinado que exige uma atuação mais enérgica do governo sírio na proteção aos cristãos.

Alyne Romeiro, coordenadora do Underground, explica: “Essa galera reunida quase toda é evangélica. Temos batistas, assembleianos, presbiterianos, congregacionais, mas também temos católicos envolvidos conosco na Portas Abertas”.

Diz ainda que se surpreendeu positivamente com a JMJ e com o “intercâmbio” desses grupos que no Brasil dificilmente andam juntos. “Os católicos estão se interessando muito pelo assunto, preenchem, assinam o documento e falam: quero apoiar os meus irmãos, também”, ressalta.

Com informações Último Segundo.
Gospel Prime 

Bíblia com evangelho inédito encontrada na Turquia preocupa o Vaticano

Documento com mais de 1500 anos foi descoberto no ano 2000 e traria textos negando a crucificação de Jesus.
De acordo com o Daily Mail, uma bíblia com mais de 1500 anos descoberta no ano 2000 está tirando o sono do Vaticano. Segundo as informações, o volume feito em couro e escrito em siríaco — um dialeto do aramaico — traria o evangelho de Barnabé, um dos apóstolos de Jesus que viajava com Paulo. No entanto, a polêmica foi lançada pela imprensa iraniana, que afirmou que as informações contidas no evangelho podem acabar com o cristianismo.

A bíblia foi encontrada há 13 anos na Turquia, e permaneceu guardada em segredo por todo esse tempo. O livro teria sido escrito no século V e, entre as informações polêmicas, negaria que Cristo foi crucificado e que era o Filho de Deus. 
 
Além disso, segundo os iranianos, no evangelho estaria escrito que Jesus previu a chegada do Profeta Maomé, e que os textos seguem a mesma linha que os textos sagrados da religião islâmica.

Devido à seriedade das alegações, o Vaticano teria feito uma solicitação oficial para avaliar a relíquia, embora muitos acreditem que tudo não passa de propaganda islâmica “anticristianismo”. Ainda assim, as autoridades turcas que avaliaram a bíblia — que se encontra em Ancara — acreditam que o livro seja autêntico. Em contrapartida, Phil Lawler, que escreve para um site cristão, apontou algumas inconsistências nas alegações iranianas.

Segundo Lawler, se o documento foi escrito durante o século V ou VI, é impossível que ele tenha sido redigido por alguém que viajava com o apóstolo Paulo 400 anos antes. Assim, o evangelho deve ter sido produzido por alguém que se fez passar por Barnabé. Além disso, a correta datação do documento é crucial, pois no século VII a chegada de Maomé já podia ser antecipada.

De qualquer forma, a história de que a Igreja Católica teria selecionado quais evangelhos fariam parte da bíblia é bem conhecida, portanto, muita gente acredita que ainda existem diversos textos bíblicos desconhecidos por aí.

Fonte Daily Mail Catholic Culture WND National Turk
Mega Curioso

Ecumenismo, avanço ou uma ameaça à igreja?

Está na moda o diálogo inter-religioso
Vivemos a época do inclusivismo, fruto da ideia pós-moderna, que não existe verdade absoluta. Muitos pastores, em nome do amor, sacrificam a verdade e caem nessa teia perigosa do ecumenismo. Precisamos afirmar que não existe unidade espiritual fora da verdade, assim como luz e trevas não podem coexistir.

Não podemos ser um com aqueles que negam a salvação pela graça de Cristo Jesus. Não é um ato de amor deixar que aqueles que andam pelo caminho largo da condenação sigam “em paz” por esse caminho de morte.

Esse falso amor tem cheiro de morte. Essa atitude de dar as mãos a todas as religiões, numa espécie de convivência harmoniosa, acreditando que toda religião é boa e leva a Deus é uma falácia. Toda religião é vã a não ser que pregue a Cristo, e este crucificado.

Toda religião afasta o homem de Deus, a não ser que anuncie Jesus Cristo como o único caminho para Deus! Vamos deixar esse discurso falacioso de amor a todos, e vamos amar de verdade às pessoas, de todas as religiões, pregando a elas, com senso de urgência, o evangelho que exige arrependimento e fé e oferece vida eterna.

Obviamente, a união de todas as religiões e de todas as crenças não é um avanço, mas uma ameaça à igreja de Cristo. O que está por trás dessa tentativa de unir todas as crenças é a heresia de que toda religião é boa e todo o caminho leva a Deus.

O ecumenismo, o diálogo inter-religioso e a fraternidade com todos os credos é um engano fatal. É um falso entendimento do que Jesus ensinou sobre a unidade espiritual da igreja. Não há unidade espiritual fora do evangelho de Cristo.

O argumento de que Jesus acolheu publicanos e pecadores e por isso devemos receber todos os credos é uma falsa interpretação do texto bíblico. O amor não é um substituto da verdade. Todos são convidados a vir a Cristo, mas de todos é exigido arrependimento e fé.

É preciso alertar, ainda, que essa frouxidão doutrinária do liberalismo desemboca na relativização moral. O entendimento pós-moderno é que cada um tem sua própria verdade.

A verdade deixou de ser objetiva para ser subjetiva. Com isso, assistimos, estarrecidos, não apenas um ataque aos valores morais, mas uma inversão dos valores morais.

O profeta Isaías já havia denunciado essa atitude: “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!” (Is 5.20).

É isso que estamos vendo na mídia todos os dias. Faz-se apologia do aborto, do adultério, do homossexualismo, da violência e da mentira. Porque uma ideia falsa foi plantada no passado, estamos fazendo uma colheita desditosa no presente.

A igreja de Cristo precisa estar firme contra todas essas ondas de engano e permanecer inabalável no cumprimento de sua vocação de levar o evangelho a toda criatura, em todo o mundo.

Por Hernandes Dias Lopes
Guiame

Asaph Borba responde a algumas críticas por participar da JMJ

Enquanto alguns apoiam a aproximação com os católicos, assim como com qualquer outra religião, outros criticam o ecumenismo
 
Nessa quarta-feira, 24 de julho, Asaph Borba ministrou o louvor na JMJ - Jornada Mundial da Juventude.
 
O evento é uma realização dos jovens da Igreja Católica e conta com a presença de peregrinos de diversos países, além da presença do Papa Francisco.
 
A participação de Borba gerou diferentes opiniões entre os evangélicos. Enquanto alguns apoiam a aproximação com os católicos, assim como com qualquer outra religião, outros criticam esse ecumenismo.
 
Hoje (26), no twitter, o ministro evangélico republicou algumas opiniões favoráveis e elogios, e respondeu algumas críticas:
 
@asaphborba Creio que não existe problema em ir a um evento da ICAR,desde que se pregue a VERDADE.E obviamente a verdade incomoda
 
“@prpaulocesarjr: Creio que não existe problema em ir a um evento da ICAR,desde que se pregue a VERDADE. Preguei e cantei a verdade abç
 
@asaphborba O que diz em Ezequiel 44:23? Não estamos fazendo o contrário?
 
“@ProfJoaozynho: @asaphborba O que diz em Ezequiel 44:23? Não estamos fazendo o contrário?” Não, pois  já estou no NT Mat 28:18 a 20
 
O sr @asaphborba não sabe e nunca soube o que é ser pastor de igreja, por isso essa irresponsabilidade com o corpo verdadeiro de Cristo.
 
“@prhernanesantos: ASAPH Ñ sabe e nunca soube o Q é ser pastor d igreja, por isso essa irresponsabilidade com o corpo  de Cristo.” MENTIRA
 
@prhernanesantos mano estou em Mt 28 :18 a 20 IDe e pregai a Toda Criatura e em Col 3:14 acima de tudo esteja o AMOR
 
Em um texto publicado por Asaph Borba no Facebook após sua participação na JMJ, ele diz que existe só uma Igreja.
 
"Entendo que a miopia é parcial e minoritária no povo evangélico. Mesmo que não haja uma estratégia central da Igreja para abençoar esta gente, hospedando e mostrar amor, pelo menos uma grande parte do povo de Deus já entende que Deus tem uma só Igreja neste mundo que não é nem católica nem evangélica mas é simplesmente IGREJA, a noiva de Cristo."
 
Em contrapartida, o debate sobre ecumenismo não é visto como um avanço da Igreja por alguns líderes. Para o reverendo Hernandes Dias Lopes, a fraternidade com todos os credos é um engano fatal.
 
"Obviamente, a união de todas as religiões e de todas as crenças não é um avanço, mas uma ameaça à igreja de Cristo. O que está por trás dessa tentativa de unir todas as crenças é a heresia de que toda religião é boa e todo o caminho leva a Deus. 
 
O ecumenismo, o diálogo inter-religioso e a fraternidade com todos os credos é um engano fatal. É um falso entendimento do que Jesus ensinou sobre a unidade espiritual da igreja. Não há unidade espiritual fora do evangelho de Cristo. 
 
O argumento de que Jesus acolheu publicanos e pecadores e por isso devemos receber todos os credos é uma falsa interpretação do texto bíblico. O amor não é um substituto da verdade. Todos são convidados a vir a Cristo, mas de todos é exigido arrependimento e fé."
 
Fonte Guiame

Turma da Mônica contará os milagres de Jesus em quadrinhos

A história será produzida pelo Padre Luís Erlin e o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa.
Embora religião não seja um tema comum nas histórias em quadrinhos, este mês parece ter revelado muito sobre o assunto. Segundo o jornal oficial do vaticano, “L’Osservatore Romano”, um artigo defendia que o Hulk é católico, pois em uma de suas histórias mostra Bruce Banner casando na Igreja Católica.

Agora chegou a vez de revelar qual a religião dos personagens da Turma da Mônica. Não seria surpresa supor que, como a maioria dos brasileiros, eles são católicos.

Talvez para aproveitar a “onda católica” gerada pela visita do papa, a editora Ave-Maria em associação com Mauricio de Sousa está lançando este mês “Os Milagres de Jesus com a Turma da Mônica”.

A tiragem inicial é de 10.000 exemplares.

Seguindo o relato dos Evangelhos, os conhecidos personagens recontam doze milagres de Jesus, como a transformação da água em vinho, a cura do paralítico, a multiplicação dos pães, a caminhada sobre as águas, entre outros. Com informações Radar On-line.

GP

Papa Francisco rezou com cristãos evangélicos da Assembleia de Deus, durante visita em Manguinhos

Rio de Janeiro- Em sua caminhada pela comunidade de Varginha, no Complexo de Manguinhos, na zona norte da capital fluminense, o papa Francisco parou em uma igreja evangélica da Assembleia de Deus e fez uma oração com o pastor e os cristãos protestantes, informou o padre Márcio Queiroz, que acompanhou o pontífice na visita à favela.

"Caminhando pela comunidade, chegamos até a igreja evangélica. Eu mostrei a ele que eles estavam no templo, e ele pediu para ir até lá para cumprimentá-los. O papa falou com o pastor e com as pessoas que estavam lá, e os convidou a rezarem um Pai Nosso", disse.

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, também comentou a parada do pontífice na Assembleia de Deus. "O papa parou em frente à igreja e rezou com os fiéis da Assembleia de Deus que estavam na porta. Até eles pediram bênção. Foi um momento ecumênico, espontâneo e muito bonito", ressaltou.

Os padres também deram mais detalhes da visita de Francisco à moradia de uma família da comunidade. Segundo Federico, a casa era muito pequena, de 5 por 4 metros e estava lotada, com mais de 20 pessoas da família.

"Estavam lá todas as gerações de uma família. Foi um momento de muita comoção. Uma das coisas mais bonitas foi que todas as crianças pequenas foram ao colo do papa e ele abençoou uma por uma. No fim, todos fizeram uma oração juntos. Foi um momento de muita espiritualidade”.

O padre Márcio explicou que a casa estava cheia porque a família da dona é da Paraíba, e todos tinham vindo ao Rio para a visita do papa. Segundo ele, havia uma criança de 15 dias de vida e uma idosa de 93 anos, e o pontífice perguntou o grau de parentesco de cada um. "Como tinha medo que alguém enfartasse, tive que ligar na noite anterior e avisar que aquela seria a casa escolhida. Quando contei, ouvi um silêncio e pensei que a dona da casa tinha desmaiado", brincou o padre.

Outro detalhe da passagem do papa pela favela destacado pelos sacerdotes foi a parte em que o papa entrou em uma capela local. "Ele ficou muito comovido, e tinha lágrimas nos olhos", disse o porta-voz do Vaticano.

O padre Queiroz informou que apresentou a mãe ao papa, e disse que ela rezava diariamente por todos os sacerdotes. Segundo ele, por causa disso, ela ganhou um terço de presente do pontífice. "Ele [o papa Francisco] estava saindo da capela e voltou para presenteá-la", declarou.

Edição: Aécio Amado
ebc.com

Ministério Angielly


A cantora Angielly está lançando seu 2° CD. #Não desista, A Recompensa Vem, repleto de belas canções que transmitem o amor de Deus, fé e esperança.

Uma se destaca em especial, #JESUSmeuMAPAseguo, A letra é forte e verdadeira, e, sobretudo é uma mensagem de fé. Por isso Angielly acredita que muitos se identificarão com a música e serão encorajados a não desistirem dos seus sonhos, afinal, “Não Desista a RECOMPENSA VEM”

O CD foi produzido por Wagner Carvalho que já produziu grandes nomes da Musica Gospel como Regis Danese, Robson Monteiro, Tatiana Malafaia, Marina de Oliveira, Cristina Mel, Raquel Mello, Eyshila, Voices, Chris Duran entre outros. O álbum é composto por 10 faixas inéditas de sua própria autoria.

A música de trabalho "#JESUSmeuMAPAseguro" já está sendo executada nas principais rádios de todo Brasil,e tocadas em cultos nas igrejas evangélicas.

www.youtube.com/angiellyoficial1
angielly.com

Vídeo cristão é censurado pelo Facebook e Youtube

Produtor comemora a força dos cristãos
nas redes sociais
O ator e produtor Kirk Cameron ficou famoso na TV e depois de convertido estrelou os filmes da série “Deixados para trás”. Ele já enfrentou polêmicas no passado ao se manifestar contra o casamento gay.

Agora ele está promovendo seu novo filme, Unstoppable [Irrefreável] onde explora sua trajetória na fé cristã. O longa foi feito em parceria com a Liberty University e deve estrear nos cinemas norte-americanos dia 24 de setembro.

Porém, ao tentar divulgá-lo no Facebook percebeu que a rede social bloqueou todas as mensagens que promoviam o filme. Logo em seguida foi o YouTube quem declaradamente censurou o filme, bloqueando os acessos ao trailer.

Aparentemente a rede de vídeos recebeu queixas de usuários que denunciaram o material como “spam”, “abusivo” e “enganoso”.

Chateado com o aparente boicote da mídia social, Cameron pediu que os cristãos o ajudassem a convencer o Facebook e o Youtube que o filme era verdadeiro e não apesentava uma mensagem de ódio. Depois de pedir ajuda na sexta passada em sua página no Facebook, o ator e produtor comemorou nesta segunda o desbloqueio.


“Este é o meu filme mais pessoal sobre fé, esperança e amor, e sobre por que Deus permite que coisas ruins acontecem a pessoas boas. O que há de ’abusivo’ ou ‘enganoso’ nisso?” Escreveu ele na rede. Foram mais de 226.000 pedidos de cristãos pedindo o desbloqueio ao Facebook.

O Facebook emitiu nota dizendo que usa um sistema automatizado que rastreia as denúncias feitas pelos usuários. Aparentemente, existiu uma tentativa de um grupo de pessoas em denunciar a página, o que forçou a rede a bloqueá-la. Haveria ainda um problema com o uso do site Unstoppable.com, que foi usado para divulgar spam antes de ser comprado pelo ator, afirmou uma nota oficial.

“Vitória! Amigos, você fizeram isso! As pessoas tentaram parar Unstoppable no Facebook, mas milhões de nós unidos em uma só voz, fizemos o Facebook pedir desculpas e voltar atrás”, escreveu ele nesta segunda.

Para Cameron, o mundo pode ver que “as comunidades de fé, esperança e amor são… irrefreáveis”. A mensagem foi compartilhada mais de 14 mil vezes, curtida por mais de 25.500 pessoas e recebeu mais de 1.600 comentários nas primeiras 24 horas.

Algo similar aconteceu com o Youtube, que acabou liberando o trailer. Embora o ator não tenha identificado quem seriam esses “inimigos da fé”, pediu que seus seguidores nas redes sociais continuem ajudando a divulgar o material. O imbróglio acabou chamando atenção da mídia e acabou servindo para ajudar na promoção do filme.



Com informações de CBN e Charisma News.

Ex-mendigo famoso por emocionar milhares com sua canção em uma igreja lança clipe no YouTube

Em menos de uma semana, o vídeo da canção Um Milagre Em Jericó já ultrapassou 40 mil visualizações

O ex-mendigo, Antenorgenes, que ficou conhecido, após entrar em uma Igreja Evangélica e cantar de maneira firme e devota a canção Um Milagre Em Jericó, de Marcelo Nascimento, está lançando um clipe oficial no YouTube, apresentando a música, que o tornou ‘famoso’.


O vídeo tem 4 minutos e 43 segundos, foi postado no dia 21 de julho e já ultrapassou 40 mil visualizações até esta quinta-feira (25).

O clipe foi gravado em Santos Dumont, na zona da mata do estado de Minas Gerais (MG). Nele, Antenorgenes aparece vestido de amarelo entoando versos como o seguinte trecho: “Havia um homem humilhado, desprezado e solitário/Pois não tinha como ver/A glória de Deus”.

O jovem ficou conhecido no início deste ano (2013), após o vídeo de quando era mendigo ser espalhado pela web. A primeira gravação foi postada por Elvis Oliveira e já foi reproduzida mais de um milhão de vezes, segundo dados desta quinta (25). Nessa ocasião, foi relevado que o cantor já foi usuário de crack e pedia dinheiro na rua para sobreviver.

Mendigo louvando a Jesus faz sucesso na internet (Vídeo)Imagens do primeiro vídeo, gravado de forma amadora e espontânea, fazem parte da composição do clipe, que mescla a imagem do artista com imagens da cidade de Santos Dumont (MG): um trem bem mineiro e um moinho de água.

Antenorgenes Silva Fernandes pertence ao rebanho da Igreja Quadrangular de Santos Dumont (MG). Ele tem uma página no Facebook com mais de 700 amigos, onde compartilha seu trabalho e o afeto pelo ídolo Marcelo Nascimento.




Informações Christian Post

O que na verdade somos?

Ser cristão é bem mais que ir a uma igreja ou carregar um bíblia debaixo do braço, ser cristão é expressar Jesus através de atitudes e não só de palavras. Partindo desse pensamento quero lhe convidar a refletir sobre o seguinte tema: O que na verdade somos?

'Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras. São Francisco de Assis'

A bíblia nos mostra que somos a imagem e semelhança de Deus, é verdade que perdemos muito depois do pecado, essa imagem foi ofuscada, mais ainda assim temos traços e semelhanças de Deus, o amor (sentimento), à vontade, inteligência.

Quando aceitamos a Jesus como único e verdadeiro salvador começamos a ser chamado de cristão, seguidor de Cristo, partindo desse principio faço duas perguntas: Quando você se olha no espelho consegue ver alguma semelhança com o Cristo da bíblia? Segunda pergunta: As pessoas que estão em sua volta percebem em suas palavras e atitudes semelhanças com a do mestre Jesus?

Agora sim podemos começar esse artigo, nesses últimos dias da igreja do Senhor na terra já virou algo comum ouvir, e até mesmo ver pessoas que se intitulam como servos de Deus, agem até pior do que os ímpios. Lideres de renomes e pessoas de influência no âmbito cristão caindo em descredito por não fazerem aquilo que ensinam.

A falta de referenciais no meio evangélico tem gerado uma crise principalmente na juventude, onde toma para si como referencia, por que não dizer “ídolo” qualquer cantor famoso do momento. Estão se esquecendo de que o maior referencial que temos é Jesus. Todos os personagens bíblicos nos convidava a ser imitadores de Cristo, só devemos ter alguém como referencial quando esse alguém se parecer com Jesus.

Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo. I Corintios 11:1

O que na verdade somos?
O que as pessoas dizem quando comentam sobre você? Se você se preocupou com esse assunto é um bom momento para você rever seus conceitos sobre o que é realmente ser servo de Cristo. Existem regras básicas e clássicas como amar o próximo como a si mesmo. Mt 22:29

A base para um bom relacionamento em todos os âmbitos da sociedade é esse amar e a maior característica de Jesus sempre foi o amor.

A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. Romanos 13:8

A bíblia nos ensina que as pessoas vão começar a crer que somos discípulos de Jesus quando olharem para nós e perceberem a nossa unidade, só assim vão entender que Jesus veio de Deus.

Para se pregar não é preciso um curso de teologia ou saber falar bonito, ame a Deus acima de todas as coisas e faça o bem a todos, pregar não é só com palavras a maior pregação de um homem é o seu testemunho.

De que adianta a luz se não ilumina a escuridão? Você é luz do mundo, aonde você chegar o brilho de Cristo vai refletir em ti e iluminar os corações aflitos e ajudá-los a conhecer a Jesus.

Por Diego Ribeiro
G+

O Cristão e a Homossexualidade

O Criador fez o varão e a varoa que são criaturas distintas, quanto ao género, pelos órgãos genitais, para poderem procriar. Era de esperar que nunca houvesse comportamentos diferentes à natureza de cada um, homem e mulher.

Acontece que a homossexualidade é um caso presente, pelo que é para nós um desafio saber lidar com a diferença. O homem, na compreensão teológica, compreende o corpo, a alma e o espírito.

Todo o desvio de comportamento é devido ao incumprimento da Lei de Deus. Ora, a Lei de Deus não é uma norma religiosa mas um tratado também social. A sodomia era uma prática de uma sociedade sem temor a Deus. Podemos confirmar, teologicamente, que o homossexualismo é um pecado.

A palavra pecado está conotada com a religião, mas como sabemos o significado é errar o alvo. Por esta razão é que convém saber as causas do erro que conduz à prática da homossexualidade.

Na carta do Apóstolo Tiago lemos o seguinte: “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado gera a morte” Tg 1:14 15.

Dir-se-ia que é o ato de atrair ou de ser atraído que desvia o homem do seu comportamento natural. O caráter cristão é firmado no discipulado que consiste na prática dos atos que acabam por se tornar um hábito.

Por esta razão, qualquer um que receba a Jesus como Salvador e Senhor poderá mudar o seu caráter, conformando-se com o de Cristo. O homossexualismo é uma prática contrária à Palavra de Deus. Deus não muda e aquele que quiser ser de Cristo é que precisa de mudar.

Todo o cristão deve respeitar a consciência de cada um porque Deus é que é o Juiz de todos. Também a Casa de César deve respeitar a Lei de Deus e não interferir, segundo a Constituição do país.

O cristão tem que estar preparado a honrar a Deus, porque todo aquele que não tomar a sua cruz e não O seguir não é digno d’Ele, segundo os Evangelhos.

casal com uma missão,
Amilcar e Isabel Rodrigues
G +

Arqueólogos afirmam ter encontrado casa do profeta Eliseu

Casa com estrutura diferenciada e nome em
cerâmica são forte evidências
Durante 16 anos de escavação no sítio arqueológico de Tel Rehov, no Vale do Jordão, um grupo de arqueólogos descobriram uma cidade de 3000 anos de idade. Nela, encontraram um edifício diferente dos demais, que acreditam ter sido a casa do profeta Eliseu.

“A casa estava cheia de objetos diferenciados … dois altares de cerâmica usados ​​para queimar incenso”, explicou o arqueólogo Ami Mazar à CBN News.

“Encontramos pequenas esculturas de barro e grandes vasos, que provavelmente eram usados ​​para servir comida. Não apenas para uma família típica, mas provavelmente para uma comunidade maior”, disse ele.

Mazar também destacou que a casa tinha uma estrutura distinta das demais. “Normalmente, as casas tinham uma entrada que conduzia a um grande espaço com salas. Porém esta casa foi dividida em duas alas. Elas estavam ligadas uma à outra por corredores e cada uma tinha uma saída para a rua.”

Os altares de incenso possivelmente eram usados ​​para se fazer uma oferta a Deus antes de entrar na casa, o que era típico nos tempos dos profetas bíblicos.

Durante as escavações, os arqueólogos descobriram uma sala especial dentro da casa. Ela tinha uma mesa e um banco. Também descobriram um fragmento de cerâmica com o nome de Eliseu sobre ele, datada do século 9 antes de Cristo. Esse seria o indício mais forte que se trata da residência do profeta Eliseu.

“Descobrimos uma inscrição escrita com tinta vermelha na cerâmica, mas infelizmente está quebrada”, disse Mazar. ”Mesmo assim é possível ler o nome Eliseu.”

Segundo a tradição, o profeta Eliseu nasceu cerca de sete quilômetros do local da escavação, em Avel Mehola e viajou por todo o reino de Israel.

Para o arqueólogo Stephen Pfann, as evidências são convincentes. “Existiam apenas seis outras pessoas com o nome Eliseu conhecidas na época. Durante séculos isso permaneceu quase inalterada, podemos acreditar que esse local diferenciado tratava-se da casa de um homem santo cujo nome era Eliseu, provavelmente o conhecido profeta”, asseverou.

Gospel Prime

Pastor Silas Malafaia critica ativistas gays e seus recentes protestos na JMJ: “Intolerantes. Querem afrontar a todos”

Um beijaço realizado por ativistas gays na escadaria da Igreja de Nossa Senhora da Glória, no Largo do Machado, Zona Sul do Rio de Janeiro, chocou fiéis católicos que estavam no local participando de um evento preparatório para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

De acordo com informações veiculadas pelo jornal O Globo, o protesto foi organizado pelo estudante João Pedro Accioly, de 19 anos, líder de um grupo vinculado ao movimento hommossexual.

“É um protesto simbólico contra a criminalização das drogas, a proibição do aborto e a favor dos direitos LGBT. Enquanto os beijos forem considerados ofensas, protestos como esse serão necessários”, justificou-se o estudante.

O pastor Silas Malafaia comentou o episódio dizendo que o ativismo gay é formado por intolerantes sem respeito às crenças da maioria: “É bom que a sociedade brasileira veja quem são os verdadeiros intolerantes. Vão para a porta de uma igreja católica nus e seminus para afrontar as pessoas religiosas com seus atos obscenos. É uma vergonha! E a imprensa sectária e parcial não faz um comentário para desaprovar uma conduta ridícula como essa”.

Segundo Malafaia, o beijaço realizado na porta de um templo católico só serviu para que a verdadeira face dos manifestantes fosse mostrada.

“Há muito tempo que venho dizendo sobre a diferença entre ativistas gays e homossexuais. O segundo grupo quer viver apenas segundo a opção sexual que fizeram. O primeiro grupo quer ter privilégios e direitos acima de toda a coletividade social.

Querem calar qualquer um que se opõe às suas práticas e objetivos, querem ter a liberdade para fazer o que bem entenderem, não respeitando os valores e princípios de ninguém. Eles clamam por direitos, mas o objetivo é cercear o direito dos outros e ter direitos para anarquizar, esculhambar, denegrir e enxovalhar quem quer que seja”, criticou o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

O pastor ainda frisou que a parcialidade da mídia tem escondido da população os abusos cometidos pelos ativistas gays: “Quem não respeita os valores dos outros, não tem autoridade para pedir que os outros respeitem seus valores! A imprensa tem escondido o que nós já sabemos: já foram presos homossexuais dentro de igrejas se beijando, numa verdadeira afronta aos princípios constitucionais”, pontuou.

Por Tiago Chagas
Gospel +

Evangélica, mãe de menina beijada pelo papa Francisco na chegada para a JMJ diz ter se emocionado: “Não sei explicar a sensação”

A chegada do papa Francisco ao Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) contou com um desfile pelas ruas do centro da capital fluminense, com direito a acenos para os fiéis e até, carícias a crianças.

Uma das crianças que o papa Francisco pegou no colo e beijou é filha de uma evangélica, que passava pelo local e resolveu assistir ao desfile.

Quando o carro que levava o papa cruzou a esquina das ruas Araújo Porto Alegre e México, o papa apontou para uma menina de 1 ano e oito meses que estava no colo da mãe, e os seguranças a levaram até o pontífice, que a abraçou e beijou.

A mãe da menina, Thaís Albuquerque Ramos, afirmou ter ficado emocionada com o gesto do papa: “É muito emocionante. Não sei explicar a sensação. As minhas pernas começaram a tremer”. Em entrevista à reportagem do jornal Folha de S. Paulo, Thaís explicou o porquê estava no local: “Minha amiga falou pra gente ficar pertinho do gradil para quando o papa viesse eu levantar minha filha”.

Depois de ter sido beijada pelo papa, a menina Izadora adormeceu. Os fiéis que acompanharam a cena, se aglomeraram para tocar e tirar fotos com a criança.

No entanto, apesar da emoção, Thaís afirmou que apesar de “grata” pelo gesto do papa, não mudará de religião e não influenciará na escolha de sua filha, quando ela for mais velha.

Deus é brasileiro
Durante o voo que trouxe Francisco ao Rio de Janeiro, o papa foi perguntado por jornalistas sobre o fato de alguns fiéis lamentarem que ele, apesar da ascendência italiana, seja argentino: “Vocês não se conformam com nada. Vocês querem tudo.

Vocês já têm um Deus brasileiro, queriam um papa brasileiro também?”, brincou, fazendo referência ao dito popular de que, devido às inúmeras belezas naturais do Brasil, Deus seria tupiniquim.

Por Tiago Chagas
Gospel+

É difícil ser salvo

Pena que é difícil de crer nessa Graça escandalosa!
Quem crê em mim, já está salvo, mas quem não crê, já está condenado”. João 3

Basta crer, mais nada é necessário. Difícil, porém, é aceitar o fato de que não precisamos fazer nada para ganhar, manter ou retribuir a salvação.

É nossa consciência que impede que experimentemos completamente a vida de Deus. Nos sentimos culpados e em débito e passamos a vida tentando equilibrar as contas.

Por isso, apesar de sermos, vamos vivendo como se não fôssemos. Na prática, deixamos de experimentar aquilo para o que fomos feitos, apenas porque não cremos.

O pensamento religioso propõe um caminho de restrições cuja recompensa é uma salvação celestial. Jesus ensina que podemos experimentar a salvação que já é nossa, crendo nEle e vivendo como quem crê. Para o primeiro, fazemos para ganhar, para Jesus, ganhamos e precisamos apenas desfrutar.

Pena que é difícil de crer nessa Graça escandalosa!

Alexandre Robles
Guiame

Nova pesquisa mostra que evangélicos chegam a 28% e católicos caem para 57%; Apenas 24% dos pentecostais são contra lei que pune homofobia


Em meio aos esforços da Igreja Católica e do papa Francisco para reverter a perda de fiéis no Brasil, pesquisas realizadas pelos institutos Data Popular e Datafolha revelaram que, num âmbito geral, o crescimento dos evangélicos aumentou desde a realização do último Censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010.

Os dados coletados pelo Datafolha na pesquisa por amostragem realizada com 3.758 pessoas em 180 municípios mostram que o número de católicos no Brasil caiu de 63% em outubro de 2010 para 57% em junho de 2013. Nesse mesmo período, evangélicos passaram de 24% para 28% da população. O número de espíritas permaneceu inalterado: 3%.

                 A fé dos jovens brasileiros
A pesquisa feita pelo Datafolha tem como metodologia entrevistar pessoas com 16 anos ou mais. Entretanto, as informações não enfatizam a faixa etária, enquanto o relatório do Data Popular mostra os dados por grupos etários.

No levantamento do Datafolha, o histórico mostra uma queda vertiginosa no número de católicos ao longo dos últimos 20 anos: em 2010, os fiéis romanos eram 63%; em 2007, 64%; já em 1994, 75%.

O instituto Data Popular publicou o relatório do levantamento feito junto a 1.501 pessoas em 100 cidades, e descobriu que entre os jovens de 16 e 24 anos, 44,2% são católicos, menos da metade. Os evangélicos somam 37,6%, enquanto adeptos de outras religiões são 6,7% e 11,5% afirmaram não possuir religião.

De acordo com informações do G1, a pesquisa mostra que na faixa etária a partir dos 50 anos, 57,9% se declararam católicos, 27% evangélicos, enquanto 11,1% disseram serem adeptos de outras religiões e apenas 4% não possuem religião.

A mobilização da Igreja Católica para reverter o quadro que se acentua só aconteceu depois que os números foram revelados pela mídia, diz um dos cardeais brasileiros que fizeram parte do último conclave, que elegeu Jorge Mario Bergoglio ao pontificado: “Talvez nós tenhamos nos acomodado e pode ser que o crescimento do movimento neopentecostal tenha nos feito acordar, nos despertar para a nossa verdadeira missão”, afirmou dom Raymundo Damasceno Assis, arcebispo de Aparecida.

                           Retrato social
O retrato social destes números pode ser sentido na sociedade através de diversas formas. Nas ruas, é cada vez maior o número de templos evangélicos, das mais diversas denominações; Na política, a Frente Parlamentar Evangélica (apelidada de bancada evangélica) conta com dezenas de deputados; Na música, é cada vez maior o número de artistas gospel que conseguem espaço nas emissoras de TV; etc.

Um dado relevante sobre a pesquisa do Datafolha se refere aos costumes dos adeptos de cada vertente do cristianismo. Entre os evangélicos, apenas 24% dos pentecostais são contrários à lei que pune a homofobia. 21% dos evangélicos não pentecostais se manifestaram contrários ao PL 122. Já entre os católicos, apenas 16% se manifestaram contra o projeto.

Confira o infográfico da pesquisa feita pelo Instituto Datafolha:





Gospel +

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(783) Cristãos Perseguidos (549) Cristãos (519) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (346) Evangélicos (303) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (190) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (123) islan (114) Política (113) judeus (112) ateus (109) Aborto (106) Religião (105) Milagres (103) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) Pornografia (18) Oriente Médio (17) Suicídio (17) DIP (16) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil