Sou Alguém Muito Especial

Sou campeão por natureza.
Mesmo antes de nascer já fui merecedor de uma medalha de ouro. Sim, concorri com 360 milhões de espermatozóides, chegando entre os 100 primeiros colocados, e mesmo contra todas probalidades, eu fui o primeiro,o único, numa corrida que não existe segundo lugar. Nasci para ser vencedor .
Sou Algém Muito Especial
Já fui embrião de apenas uma célula, hoje tenho mais de 60 trilhões de células completamente saudáveis.Tenho mais células que todo o número de estrelas existentes no universo. Cada célula contém o gene BCL2 que se divide infinitamente,ocorrendo a imortalidade das células. Nasci para ter VIDA , não para a morte.
Sou Algém Muito Especial
Meu corpo é agraciado com 200 ossos, 560 músculos, mais de 8 quilometros de fibras nervosas. Tenho 4 milhões de estruturas sensíveis ao tato. Posso perceber as temperaturas, as vibrações e tudo mais necessário para a sobrevivência .
Sou Algém Muito Especial
Meu sangue percorre em um único dia mais de 270 mil quilomêtros , desloca-se entre mais de 70mil veias,artérias e vasos capilares. Em apenas um litro do meu sangue encontram-se mais de um trilhão de células, levando vida a todo meu organismo.
Sou Algém Muito Especial
Meus pulmões inalam 23 mil vezes ao dia, Tem mais de 600 milhões de bolsões, purificando o ar que necessito para vida.

Meu coração possui 4 válvulas que bombeiam mais de 2 milhões 160 mil litros de sangue para todo o corpo, durante todo ano.
Meu coração em um único dia bate mais de 103 mil vezes, algo próximo de 36milhões de batidas por ano
Sou Algém Muito Especial
Meus olhos possuem mais de 100 milhões de receptores que me possibilitam distinguir o dia da noite,as cores e todas as belezas do universo...Minha pele se renova incansavelmente a cada micro segundo, se renovando sempre e exatamente igual a que já possuo . Meus ouvidos possuem 24 mil fibras que vibram a cada som ,cada palavra.
Sou Algém Muito Especial
Meu cérebro possui mais de 13 bilhões de células nervosas. Meu cérebro pode processar até 30 bilhões de bits por segundo. Possui o equivalente a 10 mil Km de fios e cabos. Meu sistema nervoso contém cerca de 28 bilhões de neurônios. Cada neurônio, por sua vez, é um minúsculo computador auto-suficiente, capaz de processar 1 milhão de bits de informações . Pode atacar diversos problemas simultaneamente ou reconhecer um rosto familiar em menos de 1 segundo Portanto, Não me falta Recurso, as vezes o que me falta é a capacidade de fazer uso destes recursos. Tenhho poder de mudança dentro de mim, e o mais extraordinário neste poder é que já o possuo Está dentro de mim mesmo...Porém, todo poder do mundo, de nada vale, se não colocarmos em prática. É preciso começar, e é necessário que seja Agora...

HOJE É O NOSSO MELHOR DIA 
seja feliz!!!
Extraído  do Livro
Eu Sou Alguém muito especial

DanielGodrii



Sou Algém Muito Especial

Qual o meu lugar no Texto?

Qual é o meu lugar no texto?
Passamos tanto tempo aprendendo como podemos nos aprofundar no texto bíblico, estudamos as línguas originais, grego e hebraico, aprendemos a fazer exegese, compramos livros de chaves bíblicas, interlineares, lexos, analíticos e compêndios de teologia sistematizada.

Isso é muito importante, mas tão importante quanto, é sabermos voltar para a superfície. Voltar para o aqui e agora com o texto, com o que aprendemos na essência da mensagem.

E se errarmos nesse caminho de volta, não adiantou nada o quão profundo formos na revelação de Deus, se tornará inútil se não conseguirmos trazer a tona o sentido do texto para o dia de hoje, para o nosso coração.
Uma das coisas que já fazemos automaticamente e, por isso erramos muitas vezes, é o paralelo nosso com os personagens do texto.

Sempre nos colocamos em uns personagens bíblicos sem pensar que podemos ser o outro, deixando de entender a mensagem de Deus para a gente.
Costumo me colocar sempre no lugar dos discípulos de Jesus, mas tenho percebido que me aproximo do mestre muito mais como um fariseu ou um mestre da lei.

Tenho visto que o fato de ter estudado teologia, de ser de igreja desde criança, me aproximo da religião, das pregações e até da bíblia como uma pessoa que conhece do assunto, como alguém que sabe o que quer ouvir e, isso tem muito mais paralelo com os fariseus do que com os discípulos ou publicanos.

Estou começando a reler os evangelhos com uma nova ótica, onde eu sempre apareço no texto no lugar dos fariseus.

O texto é o mesmo, mas é tudo novo para mim. Não é o mesmo texto que tenho lido desde criança, é algo novo. Não tenho conhecido um outro Jesus, mas tenho me deparado com um outro Marcos Botelho.

Em cada interferência arrogante dos religiosos vejo uma parte de mim, cada palavra mais ríspida de Jesus aos fariseus, eu sinto diretamente para mim, essa visão faz cada passo das minhas articulações metodológicas e religiosas armarem para colocar o Jesus do texto em um só lugar, na cruz.

Tão importante quanto entender o texto é saber qual o nosso lugar no texto, isso vai trazer uma nova revelação da palavra, quem sabe você vai se surpreender gritando no fundo do seu eu: crucifica-o, crucifica-o, crucifica-o!
Por Marcos Botelho

O Cristão e a Tatuagem 3

“Hoje eu não faço mais tatuagem e não aconselho ninguém a fazer”. Poucas pessoas associariam essa afirmação a Rodolfo Abrantes.
Com os braços quase cobertos por tatuagens, muitas do período em que atuou como vocalista da banda secular Raimundos, e a imagem de um candelabro tatuada no pescoço, feita após sua conversão, o músico conta que tatuar-se era algo habitual: “Quando eu me converti, eu continuei fazendo tatuagem porque já fazia muito e eu confesso que não sentia muita paz nisso. Durante meu processo de conversão, senti Deus falar comigo que eu não precisava mais daquilo.

Quando decidi parar, senti muita paz. Desde então, nunca mais fiz tatuagem alguma. Quando eu continuei me tatuando depois de convertido, só transferi uma coisa que eu já era para dentro da minha nova vida. E realmente eu não precisava mais disso”. Em entrevista ao Portal Guia-me, Rodolfo expressou o que pensa hoje sobre tatuagem: “Na real, eu acho que tatuagem é uma grande ‘duma vaidade”.

“As pessoas dizem: ‘Eu vou para Jesus, mas eu vou levar tudo o que eu gosto’. Mas têm certas coisas que talvez Deus queira simplesmente tirar do teu coração. Eu interpreto da seguinte forma: quando eu senti que era Deus falando comigo, que era para eu parar de fazer tatuagem, creio que era uma ordem simples, que se eu conseguisse obedecer, eu conseguiria obedecer a ordens maiores também. Eu cumpri e senti uma paz tremenda. Toda vez que eu obedecer a Deus, vou sentir Paz”, explica o cantor.

Vista como forma de expressão, símbolo de rebeldia e juventude, a tatuagem possui diferentes estilos, que vão do tradicional ao maori, estilizado, psicodélico, religioso, tribal, entre outros.
Seus temas variam tanto quanto as personalidades das pessoas que as fazem. 

As imagens escolhidas podem ser definidas pelo contexto histórico, influências musicais, modismos, ideologias e crenças.
Crenças que chegaram à igreja e dividem opiniões. Aceita por algumas denominações e pastores, condenada por igrejas e lideranças, a “tatoo” divide opiniões até mesmo em interpretações de trechos bíblicos, como o de Levítico 19:28 – “Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimireis qualquer marca. Eu sou o Senhor”.

Para o professor de teologia Carlos Vailatti, o versículo faz parte de um contexto maior, um “código de santidade”: princípios para demonstrar ao povo de Israel elementos indispensáveis ao relacionamento com Deus. Na opinião de Valilatti, é importante destacar também a palavra ‘marca’: “Esta palavra é derivada do hebraico qa´aqa´, cujos significados básicos são: ‘incisão, tatuagem’.

Já na Septuaginta (a tradução grega do Antigo Testamento hebraico – datada do III século a.C.), a palavra ‘marca’ é a tradução do grego stikta, palavra esta derivada do verbo stizo, ‘fazer um sinal com um instrumento agudo ou candente; pintar, tatuar; fazer sinais com golpes’ [...] Deus não quer que Israel pratique esses hábitos pagãos e se comporte como as demais nações que vivem ao seu redor. Deus quer que Israel seja uma nação santa, isto é, uma nação separada para servi-lo e que tenha um estilo de vida diferente das demais”.

Para o teólogo, o trecho inicial do versículo de Levítico 19:28, relaciona-se a 1 Reis 18:28: “No confronto entre Elias e os adoradores de Baal no monte Carmelo, onde vemos que estes últimos ‘se retalhavam com facas e com lancetas, conforme o seu costume, até derramarem sangue sobre si”.
No entanto, Sandro Baggio, líder do Projeto 242, igreja que há mais de dez anos trabalha com pessoas da cultura alternativa e dedica-se a missões urbanas, entende que o trecho de Levítico não pode ser aplicado à tatuagem. 

“Trata-se de uma lei específica direcionada a um povo em particular.
Aqueles que querem aplicar essa lei para o contexto de hoje (usando este versículo para proibir as pessoas de fazer tatuagem) precisam estar dispostos a aplicar também os versículos anteriores que proíbem vestir roupas de tecidos diferentes, plantar sementes de diferentes espécies no mesmo jardim e aparar a pontas do cabelo e da barba. As pessoas não estão fazendo tatuagem por causa de qualquer ritual relacionado a mortos, mas como expressão estética”, explica o líder.

Baggio fez a primeira tatuagem em 1988, logo após sua formação no seminário teológico. Para ele, tatuar-se é uma forma de expressão corporal e cultural: “Antes era particular de alguns povos e culturas, mas como o mundo se tornou uma aldeia global, a tatuagem (assim como outras expressões culturais) ganhou espaço nos mais diversos meios e contextos.

A única diferença entre fazer uma tatuagem e uma pintura ou mesmo corte de cabelo é que a tatuagem tem uma característica mais permanente e não pode ser removida facilmente. Portanto, exige-se que se pense muito mais antes de se fazer uma tatuagem do que, por exemplo, antes de tingir os cabelos ou fazer dreads neles”.
Símbolo de Rebeldia? 
Tatoo, do taitiano tatau, significa marcar. O nome foi dado por James Cook, o capitão inglês que descobriu o surfe e, em 1769, ficou admirado ao chegar ao Taiti e ver a população local coberta de desenhos em vez de roupas. A população da região era conhecida como maohis, ou maoris na Nova Zelândia, povo que tatuava-se em rituais ligados à religião.

As imagens significavam status e poder, marcavam a passagem da infância para a maioridade, ou contavam as histórias da família e da tribo. Mas, os primeiros registros de pigmentação com tintas sobre a pele remetem há pelo menos 5 mil anos. No Egito, também foram encontradas múmias tatuadas, que datam do período entre 4000 e 2000 a.C.

Na América,,tatuar-se também era prática das civilizações maia e asteca. No Japão feudal, criminosos eram marcados para que fossem identificados como maus elementos. Tempos depois, em meio a um forte clima de opressão dos governantes, organizações ostentavam tatuagens como símbolo de transgressão ao poder vigente. Assim, surgiu o famoso dragão da Yakusa, a máfia japonesa, imagem comum de muitas tatuagens no mundo.

Com todo esse contexto histórico, a tatuagem é vista, ainda hoje, como símbolo de rebeldia. O pastor Eduardo Silva, conhecido como pastor Edu, conviveu com muitos “irmãos tatuados” até gravar uma mensagem em seu braço e conta que recebeu com isso muitas críticas. Membro da igreja Renascer em Cristo, foi o primeiro a escrever em seu corpo, a frase “Renascer até morrer”.

“A minha motivação veio num momento em que a Igreja sofreu um forte ataque. A intenção dos que nos atacavam era na verdade o fechamento e extinção da Igreja Renascer, como se as portas do Inferno pudessem prevalecer contra a Igreja de Cristo. Muitas pessoas comentavam que a Igreja não sobreviveria a esse momento, isso foi em fevereiro de 2007.

Sou pastor desde janeiro de 1993, mas atuo no ministério desde jovem”, conta o Pr. Edu, que revela que a atitude trouxe grande repercussão: “Algumas positivas, outras violentamente negativas. O que me causa estranheza, é que a tatuagem afeta tão somente a minha vida.
No que diz respeito à minha comunhão com Deus ou santidade, não aumenta ou diminui. Mas, muitos foram contumazes em dizer que essa atitude era fruto de uma alienação, que éramos como gado marcado etc. Apenas entendo que não devemos julgar para não ser julgados!”.

Ele explica a iniciativa narrando a passagem bíblica de II Samuel 15:21: “Em meio à guerra, Davi contava com homens valentes como Itaí (II Sm 15,21), que estavam em aliança, para vida ou para a morte. Não adianta estar em aliança apenas quando tudo vai bem. Baseado nesse princípio é que muitos de nós escolhemos essa frase.

A igreja, corpo de Cristo, estava sendo atacada, o rebanho precisava ser protegido e pastoreado e algumas pessoas e instituições se esqueceram desse conceito de corpo! Como pastor, senti o desejo de deixar clara a minha posição em favor do rebanho”.

Para o reverendo Baggio, pessoas que consideram tatuagens símbolos de rebeldia estão “estacionadas no tempo”. ” Hoje em dia, tatuagem não tem absolutamente nada a ver com rebeldia, mas sim com estética. Sem dúvida que há preconceitos por parte de algumas pessoas (religiosas ou não), mas qualquer coisa pode ser passível de preconceito, principalmente expressões culturais. Preconceito é fazer um juízo superficial a partir de idéias ou conceitos pré-estabelecidos.

O profeta Samuel fez um ‘pré-conceito’ ao procurar ungir o futuro rei de Israel. Cristãos que seguem a Bíblia não deveriam fazer ‘pré-conceitos’ com relação à aparência das pessoas, mas infelizmente não é isso o que acontece.
Pessoas sofrem preconceitos por se vestirem de certa maneira, por causa do seu penteado (ou por não ter nenhum penteado) de cabelo, pelo modo como falam (se sua linguagem não for cheia de chichês evangeliquês, não é espiritual) etc.

Eu já sofri preconceitos por todas as coisas, mas geralmente depois que as pessoas me conhecem, elas percebem que tais coisas são superficiais e acabam deixando o preconceito de lado”, narra o reverendo. A segunda tatuagem de Baggio veio para cobrir a primeira. “Aquela velha tatuagem era bem “old school” e no ano passado decidi cobri-la com um novo desenho.

A velha tatuagem foi feita com um desenho de uma pomba e uma cruz e eu estava pensando do texto bíblico que diz que Cristo estabeleceu a paz por meio da cruz. A nova tatuagem é um desenho celta do ganso selvagem, o símbolo celta do Espírito Santo. O que esse desenho expressa para mim é a afirmação de que fui selado pelo Espírito e meu desejo profundo de viver a grande aventura da vida guiada por Ele”, expõe o líder do Projeto 242.

Mas, para o professor Carlos Vailatti, a tatuagem pode ser compreendia como elemento de rebelião: “Ela pode representar a aderência aos movimentos da contra-cultura, como, por exemplo, o movimento punk da década de 80, o qual estava associado com formas de protesto social e anarquismo.
Além disso, ela também pode ser vista como um símbolo anárquico dentro da própria igreja, de acordo com postura que certas denominações adotam com respeito a ela”.  
Fazer-se Igual Para Ganhar os Diferentes?
Líder do Projeto 242, que tem como alvo missionário evangelizar pessoas marginalizadas socialmente, como: mendigos, prostitutas e dependentes químicos, Sandro Baggio não compreende a tatuagem ou outros visuais como agentes de evangelização. “Isso depende muito mais do testemunho de vida e caráter, no poder do Espírito Santo, do que na aparência”, aponta.

“Creio ainda que existem tatuagens que são puramente estéticas e muitos irmãos tatuados, são instrumentos para alcançar essas tribos ou grupos alternativos. Muitas pessoas que me perguntavam a respeito da tatuagem acabaram ouvindo a respeito da fé em Jesus e da obra que ele realizou em minha vida. Mas não quero usar esse argumento. Creio que devemos ter acima de tudo respeito e amor.

Só pra constar assim que possível vou fazer outra. Tatuados ou não, cabeludos ou não, com maquiagem ou sem, com brinco, com piercing, pentecostal ou tradicional, o que conta mesmo é sermos novas criaturas. No mais, vivamos em paz uns com os outros (I Ts 5,13)”, expressa o pastor da igreja Renascer em Cristo, Edu.

Para o cantor Rodolfo Arantes, o fato de ter tatuagens só o aproxima de outras pessoas tatuadas ou grupos alternativos, à medida que elas o enxergam com uma pessoa mais parecida com Cristo.”Cara, se tem alguma coisa em mim que possa ter atraído alguém, é mais pelas as pessoas que estão fora da igreja e estão vendo: ‘Pô, aquele cara todo tatuado tá pregando.

Aquele cara todo tatuado tá fazendo a obra de Deus, aquele cara todo tatuado está adorando Jesus com a guitarra na mão. Quer dizer que eu também posso?’. Eu creio que numa hora dessas, se tem algo que eu possa aproveitar, é mais por poder mostrar que Jesus Cristo renova todas as coisas e que não interessa quem você é, o que você fez, não interessa as marcas que você carrega.

Se você entregar sua vida para Deus, ele vai te usar [...] O link que a gente tem que ter com essas pessoas perdidas, com as pessoas que a gente quer alcançar, é o link do amor. Amar as pessoas independentemente das diferenças delas. Às vezes nos afastamos das pessoas que são diferentes, que estão afundadas em trevas, como se a gente tivesse que manter distância, como se fosse contagioso e não é, a gente é que é contagioso, é o nosso amor que vai mostrar se a gente é de Jesus ou não, eu acho que é muito mais por aí”, explica Rodolfo.

Para ele, quem busca Jesus está procurando novidade de vida: “Em tudo que eu já li a respeito de Jesus na Bíblia, eu nunca ouvi dizer que ele precisou se parecer com as prostitutas para falar do amor de Deus para elas.
Eu nunca o vi tendo que se parecer com o endemoninhado gadareno para falar de Jesus para ele. Tudo o que ele fazia é ser luz nas trevas, é isso o que a gente precisa. Quem faz a diferença na vida de uma pessoa é a Palavra de Deus e não qualquer artifício. Isso é uma estratégia humana muito da ‘mixuruca’ perto do que é o poder de Deus”.

Da mesma forma, o teólogo Vailatti entende que Jesus também interagiu com grupos alternativos e marginalizados de sua época, mas comportou-se de forma diferente.
“Acredito que a tatuagem pode sim auxiliar na evangelização de tais grupos, tomando como hipótese que aquele que os evangeliza também está tatuado. Isso cria uma identificação entre ambos. Porém, uma vez que o exemplo a ser seguido pelos cristãos é Cristo (cf. 1 Jo 2.6), temos que ter em mente que o que havia em Jesus que atraía as pessoas era justamente o fato dele ser “diferente”, e não “igual” aos demais.

Dito de outra forma, se Jesus vivesse em nossos dias ele certamente não precisaria se tatuar para evangelizar pessoas tatuadas, pelo mesmo motivo pelo qual também não precisou se tornar mendigo para proclamar o evangelho a estas pessoas.

Aliás, Jesus também interagiu com os “grupos alternativos” de sua época, tais como “as prostitutas, os leprosos, os mendigos e os coletores de impostos”, dentre outros, os quais, assim como os grupos alternativos de hoje, também eram marginalizados pela sociedade.

Todavia, o que atraía as pessoas em Jesus, entre tantas outras coisas, era o seu amor incondicional por elas, o seu respeito pelos excluídos da sociedade e a sua falta de preconceitos para com todos.
Jesus conquistava pessoas de todas as camadas sociais não porque se adaptasse a cada uma delas, mas sim porque ele continuava a ser ele mesmo dentro do pluralismo religioso, cultural e social de sua época.

Acredito que o nosso maior desafio nos dias de hoje seja evangelizar tais “grupos alternativos” (seja lá quais forem) sem, contudo, perder ou anular a nossa própria identidade”.

Fonte: Portal Guia-me & Adiberj


Conforme O Projeto.


Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus. Filipenses 1:6.
Na época do colegial, eu adorava quando a minha professora de artes pedia para que nós alunos fizéssemos uma maquete de uma casa ou prédio. Formávamos um grupo de alunos e ficávamos horas desenhando, colando e colocando as miniaturas de árvores e carros. Quando o trabalho saía perfeito, eu ficava todo bobo com os elogios dos colegas e professora. Cresci admirando esta arte de fazer maquetes. Às vezes fico admirando algum projeto e pensando em como aquele prédio em miniatura torna-se-á igualzinho quando construído.

Quando passo em algum stander de arquitetura fico um bom tempo olhando aquelas maquetes com vários andares, estacionamento, plantas e etc. Chego a babar igualzinho a uma criança diante de seu melhor brinquedo.
Conheci vários projetos que a maquete era de uma forma e quando foi levantado na realidade precisou de ajustes e mudanças para parecer com a obra projetada. Conheci outros projetos que nem saíram da planta e não foram concluídos. Como é agradável quando vemos o final da obra igual ao projetado não é mesmo?

Às vezes a obra é até bonita de se ver, mas não era aquilo que o projetista havia sonhado ou desenhado. Houve muitas mudanças e ajustes para que aquele projeto fosse concluído. Então o resultado final enche os olhos dos admiradores, mas eles nem sabem, que aquilo que está diante de seus olhos não foi projetado assim. Realmente o “arquiteto homem”, mesmo com todo seu esforço e dedicação com a sua profissão, cometem falhas, erros, ajustes por displicência, muitas vezes, até tragédias acontecem por falhas em materiais ou economia de valores.

Mas eu conheço um Arquiteto que não erra, nem cometem falhas, não há problemas com dinheiro, pois ele é dono de toda prata e ouro. Não há problemas em seus projetos, pois ele nunca deixa algo sem terminar. Este Arquiteto tem um projeto maravilhoso cheio de detalhes para sua vida. Com muito carinho este Arquiteto Universal fez sua planta, com todos os detalhes, cada parte de seu projeto milimetricamente estudado e projetado.
Não haverá problemas com desmoronamento, pois está edificado sobre a “Rocha” Jesus Cristo, a pedra angular.

Com certeza o final de sua obra é a perfeição do “edifício”. Com régua, esquadro e compasso em suas mãos desenhou o que ele quer para nossas vidas.
Este Arquiteto até visualiza os possíveis problemas que venham ocorrer bem antes do ocorrido, evitando o desgaste de sua obra. Este Arquiteto terminará sua obra igualzinho o projetado. Será preciso ajustes? Não por incompetência dele, mas se houver qualquer ajuste foi para o aperfeiçoamento do edifício.

Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Salmos 139-3.

Este Arquiteto Universal, não abandona nunca sua obra, até que a mesma se conclua.
Tu me cercaste em volta, e puseste sobre mim a tua mão. Salmos 139:5.
Sua eficácia é tão grande que não conseguimos nem medir tamanha sua precisão.

Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim; elevado é, não o posso atingir. Salmos 139:6.

Enquanto te desenhava dando os primeiros riscos, Ele visualizava o resultado final, mesmo faltando muitos outros riscos para finalizar o projeto.

Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta. Jeremias 1:5
Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles. Salmos 139:16.

Teria como medir os pensamentos deste Arquiteto? Teria como descrever sua perfeição?

E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Salmos 139:17.

Deus te conhece desde o ventre de tua mãe, quando os primeiros riscos foram feitos em uma folha branca de papel e de uma forma maravilhosa e espantosa, começaram a tomar forma. Tudo com carinho e amor te desenhou para que seu projeto seja fidedigno com o que ele projetou.
Meus queridos e amados do Senhor o projeto final deste Arquiteto Universal para nós outros é sermos parecidos com Jesus.

Tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;
Efésios 4:12-13.

Deus nos abençoe Ricamente.
Por Josiel Dias.

Onde Está Deus?

Recuperando-se das Fatalidades da Vida
O fogo destrói casas e famílias perdem todos os seus pertences. Chega a notícia da perda inesperada de um ente querido. A economia sofre uma reviravolta dramática, deixando carteiras de investimentos em ruínas. Sem aviso prévio, o executivo informa ao empregado de muitos anos que ele perdeu o emprego. Como a lei de Murphy afirma, “se algo pode dar errado, vai dar”.
A Bíblia expressa essa realidade de forma um pouco diferente: “Há mais uma coisa sem sentido na terra: justos que recebem o que os ímpios merecem, e ímpios que merecem o que os justos merecem” (Eclesiastes 8.14). O que fazer, como reagir ao enfrentar tragédias e grandes adversidades? Gostaria de deixar que a Palavra de Deus falasse por si mesma:
. Libere sua angústia. Não negue nem ignore sua angústia. Diga a Deus exatamente como você se sente. “Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados” (Mateus 5.4). “Derrame diante Dele o coração, pois Ele é o nosso refúgio” (Salmos 62.8). “O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido” (Salmos 34.18).
. Receba ajuda de outras pessoas. Não se isole. Busque suporte em seus amigos e se você for membro de uma comunidade, conte com a 'família' espiritual. “Levem os fardos pesados uns dos outros” (Gálatas 6.2).
. Recuse a se tornar um amargurado. Você tem escolha: tornar-se uma pessoa amarga ou uma pessoa melhor. “Cuidem... que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando muitos” (Hebreus 12.15). Como evitar a amargura? (a) Aceite o que não pode ser mudado. “Estenda as mãos para Deus e então enfrente o mundo novamente, firme e corajosamente” (Jô 11.13,16 – tradução livre). (b) Concentre-se no que ficou, não no que perdeu. “Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês” (I Tessalonicenses 5.18).
. Foca o que é importante. Relacionamentos, e não coisas, são o que mais importam. Jesus disse: “A vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens” (Lucas 12.15). “Pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar” (I Timóteo 6.7).
. Confie em Cristo Jesus. Este é o segredo para se encontrar forças ao enfrentar tempos difíceis. “Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação... Tudo posso Naquele que me fortalece” (Filipenses 4.12-13).
Como fazer isso?
1. Dependa de DEUS para encontrar estabilidade. “Os que confiam no Senhor são como o monte de Sião, que não se pode abalar, mas permanece para sempre” (Salmos 125.1). “O justo jamais será abalado; para sempre se lembrarão dele. Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor” (Salmos 112.6-7).
2. Ouça a DEUS para encontrar direção. “’Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro’” (Jeremias 29.11).
3. Olhe para DEUS para encontrar salvação. “Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Por isso não temeremos, ainda que a terra trema e os montes se afundem no coração do mar” (Salmos 46.2).
Que o amor de Deus, a graça e paz de Jesus Cristo e a comunhão do Espírito Santo esteja contigo e com todos os que você ama no dia de hoje e para todo o sempre. Amém!!!
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. (I Coríntios 13.13)



Por Rick Warren

Você precisa compartilhar.

Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.
Salmos 103:2
Quantas bençãos o Senhor tem feito por nós, não é mesmo? Teria como contá-las? Será que lembraríamos de todas as maravilhas feitas por Deus? Ou esqueceremos como Israel esqueceu? Salmos 106:13, Salmos 106:21, Salmos 78:11.
Tem uma música nos Salmos e Hinos que retrata bem o contexto desta mensagem que diz o seu refrão: Conte as bençãos dize quantas são, recebidas da divina mão, vem contá-las todas de uma vez, e ficarás surpreso o quanto Deus já fez. O Autor desta música faz um desafio para nós, para tentarmos colocar em um papel e contar o que Deus já fez.
Seria possível fazermos esta contagem? Além de não conseguirmos contar, as vezes esquecemos de compartilhar o que Deus fez por nós. As vezes somos ingratos, achamos que o que o Senhor fez é porque somos merecedores e por isto, não precisamos compartilhar, nem lembramos.
Para que você não esqueça, faça de suas bençãos um memorial . Visualize e traga a sua memória todos os benefícios reparta, compartilhe, pois assim muitos serão edificados.
Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito?  Salmos 116:12
Por mais que eu ou você faça em prol do reino de Deus, será pouco pelo o que Deus fez por nós. A bíblia até nos considera servos inúteis por fazermos apenas o que esta determinado.
Josué 4:21-24. Nos conta uma história muito interessante, pois Israel quase sempre esquecia dos feitos do Senhor. Então Deus deu ordem a Josué para que retirasse do leito do Rio Jordão 12 pedras para serem colocadas dentro do arraial de Israel. Mas porque aquelas pedras? Que ritual é este?
Aquelas pedras era uma forma de memorial visível, pois se Israel por displicência esquecesse desta vitória, por ter passado à pé enxuto no leito do rio Jordão esquecendo, tropeçaria naquelas pedras e lembraria nem que seja através do tropeço. Diz o Texto:
E falou aos filhos de Israel, dizendo: Quando no futuro vossos filhos perguntarem a seus pais: Que significam estas pedras? fareis saber a vossos filhos, dizendo: Israel passou a pé enxuto este Jordão. Josué 4:21-22
Quando vocês meus irmãos transformarem suas bençãos em memoriais, seus filhos logo perguntarão: O que significa isto: Papai(Mãe)? E vocês logo responderão aos seus filhos: Deus fez este grade milagre em nossa família. Estes sinais serão conhecidos, não só entre seus filhos, mas também os filhos de teus filhos.
Este era o proposito de Deus para com Israel, torna-se conhecido entre as nações. E todos Conheceram o Senhor Deus de Israel.
A bíblia mostra alguns memoriais entre eles citarei apenas dois dentre tantos: O arco-íris e a Santa Ceia. Quando vemos no céu o Arco-íris, logo lembramos da promessa que Deus fez com Noé de não destruir mais a terra com água. Quando estou com o cálice e o pão nas minhas mãos, logo lembro do que Jesus falou: Fazei isto em memoria de Mim. Todas as vezes que comerdes e beberdes deste cálice, lembrareis da minha morte, fazei isto até que eu venha. O homem é assim mesmo muito esquecido as vezes é preciso o contato com algo visível para que não esqueça.
Faça um quadro e coloque xerox de alguns impostos pagos, como IPVA, IPTU e outras coisas que você conquistou, quem sabe um diploma faculdade, uma ultra de seu filho que você pediu a Deus e hoje você está gravida . Todas as vezes quando você passar por este quadro, olhe, contemple o que Deus realizou na sua vida. Isto resultara em muitas glorias e todos saberão o que Deus fez.

Transforme suas bençãos em Memoriais, não esqueças do que Deus fez por você.

Deus te abençoe Ricamente

Por Josiel Dias




Surpresa nas Escolhas de Deus


Por um ato de fé, Raabe, a prostituta de Jericó, deu as boas-vindas aos espias e escapou da destruição que veio sobre aqueles que recusaram confiar em Deus. Hebreus 11:31
Naquele dia, antes de os espias saírem para sua investida em Jericó, muito antes dos mais sofisticados computadores e equipamentos de ponta, antes dos radares e dos satélites de inteligência militar, tendo em detalhes os alvos inimigos, Deus, com seu “Google Universe”, clicou na Via Láctea, sistema solar, planeta Terra, hemisfério norte, Ásia, Oriente e Jericó, muros de Jericó e deu as coordenadas para os espias. A história foi colocada à frente de outras narrativas, como uma introdução à teologia da conquista.
Raabe é um dos grandes troféus da graça de Deus em toda a Bíblia. Duas vezes elogiada no Novo Testamento, ela está entre as cinco mulheres mencionadas na genealogia de Jesus. Era cananeia, criada em ambiente pagão. Não de linhagem nobre, era uma “dama da noite”. A tradição judaica a coloca entre as quatro mulheres mais bonitas de Israel.
Será que o autor de Hebreus não poderia ter se referido a Raabe de maneira menos rude, ou ter omitido o detalhe, sem mencionar que ela era prostituta? Mas sua intenção foi outra. Ele quis deixar claro que Deus não vê as pessoas como nós as vemos.
Que mudança a graça pode realizar na vida de alguém! Deus foi ao encontro de uma jovem que disse: “Eu quero mudar”, e levou em conta sua fé, não sua “profissão”.
Dificilmente imaginaríamos que Deus pudesse incluir uma prostituta em Seus planos ou que colocasse o nome dela na galeria dos grandes heróis da fé. Essa atuação de Deus levou Paulo a afirmar: “Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte. Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, [...] a fim de que ninguém se vanglorie diante dEle. É, porém, por iniciativa dEle que vocês estão em Cristo Jesus” (1Co 1:27-30). Deus é soberano. Ele escolhe quem quer. Raabe é uma dessas surpresas. Ela mesma disse aos espias “[...] pois o Senhor, o seu Deus, é Deus em cima nos Céus e embaixo na Terra” (Js 2:11).

Extraído http://www.cpb.com.br/

Você está Convocado para Um "Recall"

Um Lugar no Coração
Respondeu Jesus: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento.” Mateus 22:37
Eventualmente, você vê notícias de que algum fabricante de automóveis, brinquedos ou remédios está fazendo um recall, isto é, chamando de volta o consumidor, ou recolhendo o produto que está com defeito. A solicitação é para que todo um lote de produtos, especialmente com problemas de segurança, seja trazido de volta ao fabricante.
Alguém imaginou o seguinte recall feito por Deus: “O Criador de todos os seres humanos está chamando de volta todas as unidades manufaturadas, independentemente de seu ano de fabricação, devido a um sério defeito em seu componente central, o coração. Isso se deve ao mau funcionamento das unidades básicas, Adão e Eva, resultando na reprodução do mesmo defeito nos produtos subsequentes.”
É verdade! Precisamos ser levados de volta a Deus a fim de que Ele conserte, mude e renove nosso coração. O sábio já dizia: “Acima de tudo, guarde o seu coração pois dele depende toda a sua vida” (Pv 4:23).
Esse conceito de “coração” é usado centenas de vezes na Bíblia. Na maioria das vezes, não está se referindo ao órgão que bombeia o sangue em nossas veias, mas à nossa mente, nossa vontade, nossas emoções e nossa personalidade. A Bíblia fala do coração como o centro das nossas afeições, da origem dos nossos desejos e da nossa imaginação. É ali que fazemos nossas escolhas. Onde dizemos “sim” e “não”; “quero muito” ou “não me interessa”; concordamos ou discordamos. “Guardei no coração a Tua palavra para não pecar contra Ti” (Sl 119:11). “Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne” (Ez 36:26). “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração” (Lc 10:27).
Para mudar o coração para melhor, não é necessária apenas uma cirurgia de ponte safena. Temos que fazer um transplante de coração, se quisermos que uma mudança real tome lugar em nossa vida.
Nossas palavras podem ser: “Senhor, toma meu coração, pois não o posso dar. É Tua propriedade. Conserva-o puro; pois não posso conservá-lo para Ti. Salva-me a despeito de mim mesmo, tão fraco e dessemelhante de Cristo. Molda-me, forma-me e eleva-me a uma atmosfera pura e santa, onde a rica corrente de Teu amor possa fluir por minha alma”
Extraído http://www.cpb.com.br/          

Vivendo, Todos Os Dias, O Primeiro Amor

"Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu
primeiro amor" (Apocalipse 2:4).
Spurgeon disse: "Nós temos as fotos de nossos meninos, tiradas em todos os aniversários... e assim, de um relance, nós os vemos desde a primeira infância até a juventude. Supondo que, de maneira semelhante, fotografias de nossa vida espiritual fossem tiradas e guardadas, haveria um progresso regular, como nesses meninos, ou estaríamos ainda em um carrinho de bebê? Poderiam algumas mostrar um crescimento, a princípio, e logo depois uma paralização? Ou, um crescimento até determinado ponto e um retrocesso a seguir?
Muitas vezes nos sentimos empolgados logo após o encontro pessoal com nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ele opera grandes transformações em nossa vida e temos grande prazer em nos envolver com tudo que diz respeito à Sua obra. Ir às reuniões, participar dos momentos de oração e estudo da Palavra, estar presente nos trabalhos de evangelização, tudo é regozijo para nós. Afinal, os tempos de incertezas ficaram para trás e agora temos uma nova perspectiva de vida e felicidade.
Mas, quanto tempo dura a alegria do primeiro amor? Estamos nós prontos para as passagens por desertos espirituais? Continuaremos animados ao enfrentarmos as tempestades que se abatem tanto contra as casas firmadas na areia como contra as que se estabeleceram sobre a rocha? Estaremos preparados para os dias de angústia da mesma forma com que estamos preparados para os dias de tranquilidade?
Muitos não conseguem ir além dos primeiros passos, sucumbindo logo ao primeiro obstáculo. Outros conseguem caminhar algum tempo, enquanto tudo lhes parece festa. Há os que caminham muito, porém, da mesma forma que crescem espiritualmente, até servindo de exemplo para os mais inexperientes, acabam retrocedendo e voltando ao ponto de partida, onde um recomeço é muito mais difícil.

Que as nossas fotografias espirituais, dia após dia, mostrem sempre a mesma alegria do primeiro amor.

Por Paulo Roberto Barbosa




Você Tem Notado? Os Outros têm Notado?

"Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu
dons aos homens" (Efésios 4:8).
O Senhor deu a cada um de nós, pelo menos, um dom e, provavelmente, muito mais que isto. A coisa mais importante para nós, durante a vida, é descobrir quais são os nossos dons. A segunda coisa mais importante é reconhecer se eles são de Deus. E em terceiro lugar, devemos usá-los com fidelidade. Uma coisa não usada não é desenvolvida. Um pianista disse: "Sabe, eu tenho de praticar todos os dias. Se não praticar um dia, eu notarei a diferença. Se eu não praticar dois dias, aqueles que me ouvem notarão a diferença."
Qual o dom que Deus nos deu? Que importância temos dado a ele? Temos procurado usá-lo em cada dia de nossa vida? Compreendemos a importância de glorificar a Deus através dos talentos que Ele nos presenteou?
Às vezes utilizamos os dons de Deus exclusivamente para nossos interesses pessoais. Outras vezes os enterramos e dizemos, com isso, que o Senhor não faz parte de nossas prioridades. E, quando fazemos isso, perdemos as bênçãos que o uso dos dons nos trariam.
Se Deus nos deu o dom do amor, vamos pô-lo em prática a todo momento. Se nos deu o dom da fé, vamos exercitá-lo em qualquer circunstância. Se nos deu o dom da palavra, proclamemos, com dedicação, tudo aquilo que Ele nos tem ensinado. Os nossos dons tem o propósito de abençoar a outras pessoas e, quando entendemos isso, os mais abençoados somos nós mesmos.
O que os nossos familiares têm notado em nós? E os nossos amigos? Que nossas vidas estão colocadas no altar do Senhor ou que temos negligenciado o nosso relacionamento com Deus? Estamos multiplicando os nossos talentos ou os estamos enterrando com nossa indiferença?

Pratique seus dons todos os dias... sua vida brilhará com a presença de Cristo e todos a seu redor serão iluminados.

Por Paulo Roberto Barbosa

Uma Erva Daninha -- Rejeite-a!

"Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?"
(1 Coríntios 6:19)
"O tabaco é uma erva daninha imunda, semeada, segundo dizem, pelo diabo! Ele mancha seu pulmão E mancha suas roupas, E faz de seu nariz, uma chaminé! (Duane V. Maxey)
Deus nos deu um corpo para ser o templo de Seu Espírito. Ele deve ser cuidado com carinho, com amor, com fidelidade. Deus no-lo confiou e devemos mostrar ao Senhor que somos guardiães responsáveis e obedientes.
Quando nos entregamos aos vícios -- e o fumo é um dos piores vícios deste mundo, estamos dizendo a Deus que não O queremos em nosso interior, que não é bem-vindo, que usaremos o corpo para outros fins. Estamos dizendo a Ele que sujaremos o que deve ser limpo, que Ele não tem nenhuma importância em nossa vida espiritual.
Quando reconhecemos que o Senhor é a razão de nosso viver e Lhe entregamos tudo o que temos, o nosso coração se regozija em recebê-lo, nosso corpo se enche de júbilo por hospedá-lo, nosso espírito O glorifica por ser o nosso Senhor e o nosso Salvador.

A pessoa que fuma destrói a sua vida, corrompe seu corpo, contamina sua família, desagrada e ofende a Deus. O fumo não concorre para nada de positivo e leva seu usuário rapidamente à destruição.

O fumo mata! Física e espiritualmente! Diga não para ele, enquanto você pode.

Por Paulo Roberto Barbosa


Quem Sabe te verei, Jerusalém

Um sonho barato de sonhar, Longo de esperar e
Caro de realizar.
Conheço uma história de uma criança que só falava em Israel, cresceu falando em Israel, tudo para esta criança era Israel. Enquanto os seus amiguinhos falavam na Disney Wolrd esta criança só pensava em Jerusalém. Alimentou durante toda sua infância o desejo de conhecer a Terra Santa. Era até criticado entre seus irmãos, quando compartilhava o seu desejo. Seus desenhos eram rabiscos da velha cidade, rabiscos do muro das lamentações, Getsemani, Gogota, Rio Jordão, Península do Sinai e monte do templo.
Cresceu aprendendo a amar esta terra através das escrituras Sagradas, quando lia a Bíblia sentia desejo de entrar entre as letras e voltar no tempo do texto.
Quando lia a Torá viajava na imaginação, chorava junto com José quando se revelou aos seu irmãos. Se emocionava lendo o encontro de Jacó e seu irmão Esaú. Cada leitura, esta criança se via dentro da história, se via na época e atuando entre os personagens. Outro dia de tanto desejar conhecer Jerusalém, dormiu e até que sonhou que estava lá, e para sua tristeza teve que acordar, pois era apenas um sonho.
O tempo passou e esta criança cresceu, saiu de sua terra natal e viajou para o Sudeste do Brasil, casou-se e constituiu família. Passaram 30 anos, mas ainda continua sonhando e amando, desejando um dia conhecer Israel.
Como sentir saudades de um lugar onde nunca esteve? De onde vem esta vontade de conhecer Israel? Eu tinha dez anos quando na nossa igreja ouvi de um missionário, seu relatório da viajem missionária e o que fez na Terra Santa. Para minha surpresa minha mãe Eunice, ganhou deste missionário algumas lembranças de Jerusalém. Entre estas lembranças um camelo de madeira em um chaveiro e algumas pedrinhas do Mar Morto. Os meus olhos brilhavam com aquelas lembranças nas mãos. Peguei o camelo de madeira e apertei no peito e falei: Caramba! Isso veio de lá onde um dia Cristo andou.. Para mim aquela lembrança era tudo que eu queria.
Já crescido certa ocasião desesperado para realizar o meu sonho, escrevi para o Consulado de Israel, contando todo o meu carinho e amor para com Jerusalém. Pensei: Quem sabe eu sensibilizo alguém no consulado, para patrocinar minha viagem? Passaram alguns dias, e para minha surpresa recebi dos Correios um envelope com vários panfletos turísticos de Israel e Jerusalém e uma bandeirinha, pela qual guardo até hoje. Todas as vezes que eu vou dirigir, bem ao lado do meu retrovisor, está lá a “bandeira de Israel” amarelada e com a função de alimentar mais e mais este sonho. Outro dia fiquei sabendo através de uma rádio Gospel de uma certa promoção que levaria um ouvinte a terra Santa pela melhor frase; Tinha como tema: Porque você merece ir a Israel? Grande foi a minha alegria, pois seria a minha talvez única chance de conhecer a terra Santa. Fiquei vários dias, orando e escrevendo as mais bonitas frases “segundo eu” .
Quando saiu o resultado... Fiquei desapontado, por nem ser classificado nesta promoção.

A frase era mais ou menos assim:

“Eu amo Israel, e as escrituras sagradas desde a minha meninice. Apesar de não ser filho de Judeu, minha mãe chama-se Eunice..Como sentir saudades de um lugar onde nunca estive? Não sou Judeu, nem nasci em Israel, sou Gentil nascido no Brasil . Não me chamo Timóteo meu nome é Josiel por isso mereço ir para Israel”.
Sei que é caro, bem sei que não é fácil, mas não desistirei, Sou Brasileiro não desisto Nunca. Não é impossível. Sirvo a um Deus dos impossíveis.

Continuo Sonhando..............

Por Josiel Dias




O Casamento do Século

E o anjo me disse: “Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro!” Apocalipse 19:9
Entre os casamentos famosos que esbanjaram gastança estão o de Liza Minelli e o de Paul McCartney, com despesas de mais de três milhões de dólares, e o do príncipe herdeiro do Brunei, que custou cinco milhões de dólares. Mas o que esbanjou dinheiro mesmo foi o casamento duplo de dois filhos de um dos maiores empresários da Índia, no ano 2004, e que não foi superado até hoje. Estavam presentes dez mil convidados e a música foi apresentada pela Orquestra Sinfônica do Reino Unido. Custou 128 milhões de dólares.
Todos gostam de assistir a casamentos. Eles são sempre marcados pela expectativa e pela antecipação. Os acordes da marcha nupcial começam a tocar. A porta da igreja se abre. Os convidados se colocam de pé e olham para trás. Então, no fundo da igreja, aparece ela, vestida de branco. A noiva é o centro da festa e irradia a maior das alegrias naquele dia.
Esta é uma das razões pelas quais as pessoas gostam do livro de Apocalipse: ele aponta para a vitória final, a vitória de Cristo sobre o pecado. A consumação de todas as esperanças está nesse banquete de casamento em que Cristo estará recepcionando Sua igreja. Por isso, essa é a festa que os santos de todos os tempos estão esperando.
Qualquer festa que você imaginar, seja a entrega do Oscar, do Grammy, a coroação de uma rainha ou o casamento de uma celebridade, todas parecerão festinhas de fundo de quintal diante da maior festa nupcial de todos os tempos. É o casamento que está prestes a se realizar e será realizado no Céu, quando Noivo e noiva se unirem para sempre.
Para a pergunta: “Tudo pronto para o casamento?”, podemos ter três respostas: primeiro, dos convidados, que dizem: “Estou me programando”. Da noiva, que vai falar de uma lista de coisas que ainda precisam ser feitas. E do noivo, que vai dizer: “Estou pronto faz uma semana.”
As vestes para esse banquete não precisarão estar com ouro engastado, nem revestidas com pó de diamante. “Depois disso olhei, e diante de mim estava uma grande multidão [...] com vestes brancas” (Ap 7:9). “Regozija-se a minha alma em meu Deus! Pois Ele me vestiu com as vestes da salvação e sobre mim pôs o manto da justiça” (Is 61:10).

Você está pronto para ser um dos convidados dessa festa?

Minha Curiosidade, me Derrubou....

“... o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo; mas sobre ele tu deves dominar.”
Gênesis 4:7b
Desde o Edem o homem é curioso, olhou o que não devia, mexeu no que não podia e pagou por sua curiosidade e rebeldia. A curiosidade junto a natureza humana provoca em nós todos os dias uma intensa batalha: homem natural versos homem espiritual. Quem ganhará esta guerra?

Vence a guerra aquele que está bem alimentado, seja o meu homem espiritual seja o meu homem natural ou carnal. Para o homem natural, ler frases como por exemplo: Não Mexa, Não Faça, Não pode, Não siga, pode ser traduzido ou interpretado como: Não há nada de errado em mexer, Porque não fazer? Não é bem assim, tudo o homem pode.

Isto só alimenta o desejo de Mexer, Fazer, Poder e Seguir. Isto é tão natural, que podemos ver isso ainda na criança, quando falamos não mexa ali, mas temos certeza que a criança vai lá por sua curiosidade e acaba fazendo totalmente o que nós pedimos para não fazer.

Desde o princípio o homem pagou caro por sua curiosidade e desobediência. Lembra da curiosidade de Eva e o que a Serpente falou para Ela? - Não é bem assim que Deus disse: Claro que vocês não vão morrer, não foi isto que Deus quis dizer. (Gênesis 3:4-5).

A intenção da Serpente realmente é mostrar para o ser humano que não há nada de errado, em ver, e mexer. A Serpente ainda completa: Não há nada de errado, pois porque colocaria Deus esta situação a sua frente sabendo que és fraco? Quem nunca fez? Deixa de ser bobo.

Mas o contexto é bem diferente Deus mais a frente diz para Caim: O pecado jaz em tua porta, basta, ou resta, você dominá-lo. Não é a toa que o Senhor nos concede, através do Espirito Santo, o fruto do Espirito “Domínio Próprio”

Quando temos o domínio próprio, não mexemos, não fazemos, não seguimos na contramão, pois sabemos que isto é coisa de Adão, coisa do velho homem.
Veja abaixo uma confissão de um Pastor que caiu, por pensar que era forte suficiente.
Após sua inevitável queda, o Pastor; “Barbosa” Nome fictício redigiu a seguinte carta ao ministério e convenção de sua denominação:

Graça e Paz, não minha mas do Senhor Jesus seja com todos.

Quero trazer a publico o que ocorreu comigo nestes últimos dias. Sempre fui invejado por outros pastores devido a minha espiritualidade e sabedoria na palavra. Meus sermões eram copiados e repassados em vários púlpitos. Pensei que eu era imbatível, jamais pensei que cairia, mais a bíblia tinha razão, pois enganoso é o coração do homem.

Tantas vezes critiquei “Adão”, mas assim como Eva fui curioso demais. Ouvi o que não devia. Olhei para onde não podia. Mexi onde nunca deveria ter mexido. Alimentei a minha natureza e meu velho homem e também agi como uma criança teimosa e arteira.

Assim fiz por minha curiosidade achando que estava preparado espiritualmente para sair ileso. Mas com o pecado e a serpente não se brinca, quando me vi, já estava laçado, envolvido e tarde demais para correr. Alimentei o meu homem carnal e matei o espiritual aos poucos entrei em declive até o chão.

Mexi no proibido, a minha curiosidade alimentada por minha natureza humana me derrubou.. Miserável homem que sou. Agora, no chão e sem forças, sem amigos, sem família, sem ministério, só me resta um milagre. Agora, morto espiritualmente, peço ajuda para aquele que até os mortos ressuscita. Deus tenha misericórdia de mim.
Assinado Pastor Barbosa

“Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, ... Porém, como a tentação, a nossa reação à provação depende em nós. ..... Deus nos promete um escape junto com a tentação para que possamos suporta-la (... antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar - I Co 10.13).

Por Josiel Dias

Quem Sou Eu, quando ninguém me vê?"

“Em cada um de nós existem três pessoas: a que nós achamos que somos; a que os outros pensam que somos; e a que Deus sabe que somos.”
(Leonard Ravenhill)
Richard vivia uma vida constante em sua igreja, seu Pastor, as vezes, nos sermões, o elogiava, pois Richard era referencia no trabalho em sua igreja. Desde pequenino aprendeu com sua mãe o caminho de Deus e sua palavra. Richard sabia tudo da Bíblia, decorava salmos inteiros, até foi elogiado na escola dominical por responder com tanta precisão o questionamento passado por seu professor. Só que Richard tinha algo que não correspondia com toda sua aparente capa de cristão. Na igreja, em frente dos irmãos Richard se comportava como um jovem piedoso. Fora da igreja, longe dos irmãos, longe de sua mãe, Richard negava e praticava tudo de errado. Foi assim sua vida durante sua infância e adolescência. Richard achava que era santo, pois o povo da igreja, sua mãe e pastor assim falava dele, mas Richard bem sabia que a opinião de Deus em relação a sua vida de aparência era bem diferente. Mas esta história de Richard não acaba desta forma, um dia ele estava dentro de um supermercado olhando um estande de Livros Cristãos, quando ele olhou para um livro que tinha o seguinte título “ Deixados para Trás”
Sentiu-se como o personagem da historia e que se ele continuasse vivendo conforme estava seria deixado de lado por ser hipócrita.
Quantas pessoas vivem uma vida de dupla personalidade, ou seja vivem com máscaras. Na igreja é uma benção mas em sua casa, só a misericórdia de Deus em sua vida.
Se tem algo que Deus não suporta é a hipocrisia. E isto vemos de Gênesis a Apocalipse. O próprio Senhor Jesus muito censurou esta pratica entre os que diziam ser justos e guardadores da Lei.

“Milhões de cristãos professos falam como se Cristo fosse real, mas agem como se Ele não fosse.” (AW Tozer)
“Tudo o que dizemos será inútil, se não for confirmado pelo que fazemos.”
(Jonathan Edwards)
“O melhor teste para um homem santificado está naquilo que sua família diz sobre ele.
(CT Studd)
“Nossa religião é inútil se não mudar o nosso coração e nos transformar em novas criaturas.” (João Calvino)

Reflitamos: Quem somos nós quando ninguém está nos vendo? Quem somos nós quando estamos longe da igreja e dos irmãos? Seriamos tão bonitos por dentro conforme os outros acham e dizem ao nosso respeito?

Estaria Deus aprovando o nosso comportamento?

Que o Senhor tenha misericórdia de nossas vidas.

Por Josiel Dias

Diga não ao Big Brother Brasil

Texto de Luiz Fernando Veríssimo.
Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A décima primeira (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil,... encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos, na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE...
Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo.
Eu gostaria de perguntar, se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis?São esses nossos exemplos de heróis?
Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros: profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados..
Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.
Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.
Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada, meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.
E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.
Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social: moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?
(Poderiam ser feitas mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!)
Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.
Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir.
Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.

Por Tânia Regina

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(779) Cristãos Perseguidos (530) Cristãos (518) Bíblia (488) Intolerância Religiosa (363) Israel (338) Evangélicos (302) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (194) oração (184) Homosexualismo (177) catolicismo (153) Rede Record (148) homofobia (146) Irã (140) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (125) pecado (120) Política (113) islan (112) ateus (109) judeus (109) Religião (105) Aborto (104) Milagres (103) Natal (102) Ahmadinejad (91) Criança (91) esporte (91) Testemunho (86) globo (77) guerra (73) Salvação (71) Perdão (70) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (54) adoração (48) heresia (47) Drogas (42) Prosperidade (42) festival promessas (41) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Apostasia (38) carnaval (36) Idolatria (35) mulçumanos (34) Estados Unidos (33) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Confiança (19) Mentira (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (16) Oriente Médio (16) Pornografia (16) Rei David (16) Suicídio (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Paz (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) obediência (12) dia das mães (11) impureza (11) Ansiedade (10) Justin Bieber (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) livre arbítrio (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Pressa (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil