Compartilhando Jesus entre as nações, sem sair do Brasil

Para você que ama missões, que ama compartilhar as escrituras sagradas, vai chegar o seu momento de levar o nome de Cristo para pessoas de outras nações, sem sair do Brasil O Rio de Janeiro e outros estados Brasileiros estarão sendo invadido por milhares de pessoas de centenas de nações espalhada pelo planeta em 2014. Trata-se da copa do mundo, e o Rio de Janeiro estará entre as capitais que receberão os principais jogos. O Rio de Janeiro terá mais uma chance, pois também será cede das olimpíadas em 2016. Vede os campos como estão pronto para ceifa?
Milhares de estrangeiros de diversas nações circularão em nossa cidade, uma boa oportunidade de conhecê-los e evangelizá-los. Talvez você não esteja escrito em nenhum projeto de voluntários, mas nas entradas e saídas dos Estádios, entradas e saídas dos Hotéis, nos aeroportos você tem seu campo missionário. Talvez o meu querido Internauta queira muito sair do Brasil e conhecer outras culturas, outros povos com propósito de evangelização, mas até o momento não teve oportunidade, por motivos diversos ou condições. Eis ai uma grande oportunidade de amizade, o Senhor Jesus quer te usar, começando em Jerusalém (Rio de Janeiro) até os confins da terra. Estarão diante de nós o campo pronto para semearmos a palavra e o amor de Cristo Jesus, pois milhares de pessoas precisam conhecer a Jesus. Vai orando e desde já preparando sua equipe, faça sua caravana para as cidades que sediarão os jogos da Copa de 2014.

Creio que milhares de crentes nestas Capitais estarão prontos e comprometidos também para ajudar e participar desta grande missão. Já existem diversas frentes de evangelismo no período de carnaval aqui no Rio de Janeiro, creio que as igrejas evangélicas, independentes de denominação, estarão envolvidas neste trabalho. Vamos aproveitar a oportunidade que estarão diante de nós. Já experimentamos algo parecido que foi na Eco 92 que ocorreu aqui na capital do Rio de Janeiro, também os jogos Panamericanos 2007, onde diversos esportistas foram impactados e evangelizados.
Romanos, 10:14-15 nos mostra que eles precisam ouvir para crerem, mas como crerão se você não for? Quão formosos sãos os pés dos que anunciam o evangelho. Se coloque diante de Deus, e diga para o Senhor: Eis-me aqui Senhor, envia-me a mim.

A sociedade Bíblica do Brasil disponibilizará folhetos em inglês e espanhol, entre em contato através do site: www.sbb.org.br lá você encontrará material para este propósito. Creio que outras editoras também disponibilizará ferramentas para seu trabalho.
Talvez você diga: Não está muito cedo? Eu diria que não, aproveite estes anos que faltam para orar, organizar uma equipe em sua igreja, criar eventos em prol deste trabalho, e quando você menos esperar chegará o grande dia, de colocar em ação toda a estratégia para esta grande colheita e oportunidade. Estará diante de nós aberta uma grande porta, aproveite a oportunidade.
Use o dom que Deus te deu, seja através de sua função neste grande evento, ou orando por estes que estarão na frente de evangelismo. E todos saberão que só Jesus Cristo é Senhor e Salvador de nossas vidas. Desde já esteja orando por este trabalho, que Deus use seus vasos. Amém!







Josiel Dias
IEC Alcântara
São Gonçalo

A culpa é de quem?

Desde o principio tentamos colocar a culpa no outro, apenas transferir a responsabilidade e não assumir parte na culpa seja qual for o problema, aliás ninguém gosta de problema.

Quando transferimos a responsabilidade aparentemente ficamos livres, leve e solto, mais isto não nos limpa da responsabilidade e das conseqüências. O certo é que são poucos os que batem no peito e diz: Eu errei, eu assumo a culpa, sou culpado sou responsável.

Para entendermos sobre a transferência de responsabilidade, precisamos acompanhar a primeira vez que o homem tenta transferir a culpa ou a responsabilidade para o outro. Em Gênesis vemos esta historia, vejamos: Gênesis 3:6 Ambos, tanto Adão quanto Eva desobedeceram e comeram do fruto e portanto ambos erraram. Há aqueles que defendem a Mulher, por ter Deus dado instrução apenas para Adão e não Eva.

Em Gênesis 2:16-17 Vemos antes da criação da mulher, Deus orientando o homem a não comer do fruto, pois no dia em que fosse degustado aquele fruto ele morreria. Portanto dentro deste contexto ela não seria tão culpada assim, pois Deus falou apenas com Adão.

Contra partida vemos que a Serpente dialogou com a Eva, e não vemos Adão participando do diálogo que se passou entre a Serpente e Eva, portanto ele não foi enganado e sim a Eva, vemos também neste diálogo Eva fazendo menção do que Deus havia falado com Adão.

Com certeza Adão instruiu sua mulher a respeito da arvore proibida. Então também alguns dizem que Eva foi a culpada, pois deu ouvido a serpente e foi a primeira a comer, sendo enganada pela serpente. O certo é que ambos comeram, ambos eraram, ambos desobedeceram, ambos sabiam que não deveriam comer do fruto. O próprio apóstolo Paulo diz que quem foi enganado não foi Adão e sim Eva I Timóteo 2:14.

Sempre que o homem erra, ou comete algum delito a primeira ação dele é: Esconder-se, e a segunda é transferir a responsabilidade. Dizem eles: Se errei por isso ou aquilo, não foi totalmente culpa minha, e sim de fulano ou de beltrano.

Voltando para Gênesis, vemos: eles escondendo-se , Deus chama no Éden, Adão! onde estás? Respondeu Adão : Ouvi tua voz e me escondi. Retruca Deus: Porque Adão Você se escondeu? Respondeu Adão: :Temi Senhor, porque estava nu. Deus continua a perguntar: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu do fruto proibido? A resposta portanto seria muito simples, apenas teria que responder: Comi Senhor do “tal” fruto proibido. Gênesis 3:9-14.

Vemos a partir deste ponto um jogo de empurra; Senhor! A mulher que tu me deste como companheira me deu do fruto e eu comi. Quando ela por sua vez é também interrogada, transfere a culpa para a serpente. Ou seja, que errou? De quem foi a culpa? Quando não tem ninguém para culpar simplesmente é culpa do diabo.

Como é difícil assumir nossas falhas, como é difícil responder fui eu, sou culpado. Vemos isso no nosso dia dia, em nossos relacionamentos, na empresa onde trabalhamos, no transito em qualquer âmbito na sociedade. Existe um jogo de empurra, e aquele velho ditado: “Segura que o filho é teu” sempre a culpa vai ser do outro.

Entre os conjugues quase sempre o marido diz: Não sou culpado, se ouvirmos também a esposa, prontamente ela também diz: A culpa é dele. Finalmente de quem é a culpa?

Talvez você diga irmão a culpa continua sendo da serpente chamada “diabo” Com certeza os frutos e as conseqüências alguém assumirá e colherá. É a famosa e aconhecida é a lei da física, para cada ação há uma reação.

Temos um pouco de juiz em nossos procedimentos, gostamos de apontar o errado, gostamos de falar, as vezes alto dizendo: Foi você o culpado. Devemos ter a consciência que não nos cabe a função de Juiz, e sim de pacificador. Bem aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus. Mateus 5:9. Não é transferindo culpas ou responsabilidades, que seremos livres das conseqüências.

Finalmente de quem é a culpa?

Por Josiel Dias
IEC Alcântara
São Gonçalo

Não sei qual a direção deva ir.

Alguma vez você já se sentiu desorientado, sem saber qual a direção tomar? Embora conheça bem o ambiente, as vezes é como se nunca estivesse passado por lá. Outro dia entrei em uma loja no centro do Rio, mas ao sair, as lojas em volta daquele estabelecimento que eu estava, parecia estranha, as pessoas caminhavam em uma direção diferente da qual eu havia vindo.

Apesar de conhecer bem tanto a loja, quanto a rua e o local, parecia que tudo estava de cabeça pra baixo. O que fazer? Qual a direção tomar? Pensei eu naqueles momentos: quem dera se alguém nesta hora pudesse me ajudar, me orientar, quem sabe uma bússola sei lá, algo que me colocasse de volta no caminho, mas com vergonha de pedir ajuda fiquei parado.

Mas ali estava eu apenas tentando relembrar com minhas próprias forças, por onde eu havia chegado ou entrado. No interior do nordeste tem uma palavrinha chamada “ariado” nome dado a estas situações que as pessoas ficam como desorientadas. No âmbito espiritual também existe pessoas que precisam de ser colocadas de volta no caminho, apontando a direção para céu, pois estão desorientadas a respeito da direção correta.

Existe uma ajuda para o homem se orientar e encontrar o caminho, eu chamaria de bússola “a palavra de Deus” , Ela é a responsável de colocar o homem em direção certa, no caminho da salvação Salmos 119:105, diz que há luz para os nossos caminhos através da palavra, que há lâmpada para os pés, para que jamais percamos a direção certa.

Esta bússola nos coloca de volta ao caminho nos dando segurança na direção certa. Por mais que esteja estranho o local, ou as pessoas que caminham opostamente da nossa direção, por mais que estejamos supostamente desorientados ou perdidos, ela nos conduz em vitória iluminando o caminho e guiando os passos ao alvo.

Em nossa caminhada vemos muitas pessoas desorientadas entrarem em atalhos, desvios e até mesmo voltarem por não querer ajuda, por não querer utilizar a bússola, e por isso entram em caminhos errados, mas o final deles é são caminhos de morte. Provérbios 14:12.

Há quem diga que todos os caminhos são corretos e levam a Deus, e que o homem não precisa de ajuda de bússola nem ninguém para chegar ao destino, apenas ele sozinho pode achar a direção. Mas conhecemos que só através da palavra achamos o verdadeiro caminho, apenas através das escrituras encontraremos o nosso mediador, e caminho chamado Jesus.

Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai a não ser por mim João 14:06. Creio que com a nossa bússola chamada Bíblia, jamais ficaremos ariados, ou perdidos, ou desorientados, pois ela nos conduzirá até o “caminho”

Quantas vidas estão, apenas seguindo a multidão ou a sua intuição, pensando que a direção esta correta , mas estão perdidos.

Como amo esta bússola, ela é meu alimento de dia e de noite, o que seria de mim se não fosse ela. Quanto tenho duvidas sobre algumas situações em minha caminhada, busco nela a resposta.

Que possamos usar nossa bússola diariamente, pois ela é a boca de Deus falando diariamente as nossas vidas.

Deus abençoe a todos os peregrinos e forasteiros em terra estranha.

Por Josiel Dias
IEC Alcântara

O Sonho de toda empresa.

Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens. Colossenses 3:22-23.

Este é um texto muito maravilhoso, pois serve como conduta dentro de nosso trabalho para nos doutrinar acerca de como devemos proceder diante os nossos superiores, sejam eles crentes ou não. Toda empresa gostaria de ter em seu quadro de funcionários pessoas que agissem desta forma, orientada pelas escrituras.

O apostolo Paulo também instrui a cerca dos líderes ou superiores, como deva proceder com os seus subordinados. Quase sempre vemos uma certa revolta por parte de alguns “crentes” que tem seus “senhores”, crentes, e que não aceitam serem submissos ou receberem ordens.

Muitas das vezes são estes funcionários crentes que dão mais trabalho, pois acham que, porque seu gerente ou patrão é crente, eles vão aturar sua má conduta e rebeldia no trabalho. Eu tive um exemplo no meu trabalho bem dentro deste contexto. Havia eu assumido um cargo de confiança e liderança por promoção e tinha apenas um que não aceitava isso, ser subordinado a minha pessoa.

Enquanto os conhecidos como “ímpios” eram obedientes e prestadores, não apenas na minha presença, como na minha ausência. Confesso que não é fácil a tarefa de liderança, onde, temos de tomar algumas escolhas ou decisões não pela emoção e sim usando a razão.

Um certo rapaz conhecido por todos pelo alto grau de espiritualidade, muitos até o chamavam de cristão fanático, por sua propaganda exagerada, cumpria, dentro de suas condições, suas tarefas e até este ponto não me tinha nenhuma reclamação contra ele, mas havia algo que me incomodava, pois quase sempre, quando fazia algo errado dentro da empresa, não aceitava, de maneira alguma, ser chamado atenção.

Muitas das vezes foi advertido, pois além de não aceitar o que era passado, ainda dava muito trabalho à diretoria, a ponto, do Diretor, me chamar e me perguntar se o mesmo era da minha igreja, pois não estava dando um bom testemunho.

No texto acima, vemos Paulo exortando, que nós servos (trabalhadores) devemos obedecer aos nossos senhores (superiores) não servindo de aparência. Nossa conduta prega mais do que mil expressões de espiritualidade, aquele jovem agia na aparência, ou seja, na frente trabalhava que era uma máquina, mas quando eu me ausentava, simplesmente ele não fazia nada.

Quantas pessoas você conhece que agem desta forma? Na frente do gerente ou encarregado trabalham, mas em sua ausência deixam a desejar. É nesta hora que o nosso testemunho fala bem alto, pois todos os nossos colegas olham para nossa vida como um exemplo. Se falharmos, prontamente, eles apontaram seus dedos em nossa direção.

Este texto aos Colossenses, ainda aconselha a nós, servos, fazermos a nossa tarefa de todo coração, como se fosse um trabalho para Deus. Veja a importância do nosso comportamento no local de trabalho. Esta mesma orientação, nós vemos em Efésios 6:5-6-7 onde Paulo usa a expressão: com tremor e temor. Não só à vista, mas com sinceridade de coração.

Também escutamos muitos, servos (empregados) dizerem, meu gerente é ruim, meu diretor é ímpio e vive me perseguindo, como vou ser obediente com esta gente? Se ele fosse crente, talvez eu ajudasse. Veja o que I Pedro 2:1 fala em relação a isto: Vós, servos, sujeitai-vos com todo o temor aos vossos senhores, não somente aos bons e moderados, mas também aos maus. ... Veja, portanto que o texto diz que devemos ser leais até aos senhores maus.

Se os “senhores” pensam que vão escapar, estão enganados tem uma recomendação também pra eles. Paulo na carta aos Colossenses 4:1, também faz uma exortação para os “senhores”. Como eles devem agir com seus servos, funcionários e subordinados veja: Vós senhores, fazei o que for de justiça e eqüidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus.

Vemos também em Efésios 6:9: E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças; sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.

Quantas histórias de “senhores”, que fazem ameaças aos seus subordinados, como, por exemplo: Se não fizer isso ou aquilo, vou te mandar embora, vou te despedir. Ora, o mesmo Paulo orienta para que eles tratem seus servos sem ameaças, pois assim como os servos, ele também tem no céu um Senhor, que não faz acepção de pessoas.

Creio que patrões agindo desta forma e funcionários também dentro deste texto, fazendo sua parte, sendo leais, seria uma bela união. Ambos ganhariam e o nome do Senhor seria honrado.

Nós, servos ou senhores, devemos proceder conforme nos orienta as escrituras, sendo verdadeiros e crentes fieis tanto na igreja, como no trabalho. Fazendo a nossa parte e dando um bom testemunho para que os que estão de fora vejam nosso proceder.

Talvez você diga: Ah! Esta história de servo e senhor é coisa do passado, pois não existem mais escravos no Brasil. Eu te digo, que quem pensa desta forma está enganado, pois conheço histórias que em pleno século 21, muitos patrões tratam seus funcionários como se fosse um “escravo” e sem direito algum. É de se admirar, mas ainda vemos isto entre irmãos de fé. “Só a misericórdia”.

De contra partida vemos muitos funcionários que se denominam cristãos agindo de uma forma arbitrária dentro das empresas, onde deveriam dar um bom testemunho de fé, para ganharem muitos para Cristo.

Que possamos agir, com toda lealdade para com a empresa que trabalhamos, pois tem um “Senhor” que não faz acepção de pessoas que está vendo os nossos procedimentos, mesmos quando estamos ausente de nossos patrões ou gerentes.

Deus abençoe hoje e sempre Amém.
Por Josiel Dias
IEC Alcântara

Uma igreja que Desintegrou.

Esta semana eu tive a oportunidade de conversar com uma pessoa que me fez refletir sobre uma grande igreja, um grande ministério que simplesmente não existe mais. Termo usado por esta pessoa em sua confissão para mim foi a seguinte: “a minha igreja se desintegrou”.

Isto me faz lembrar o que Jesus falou sobre as estruturas do Templo e sua formosura, quando os discípulos, com grande espanto e elogio, exclamam: Olha que pedras! E de repente Jesus quebra a expectativa dos discípulos quando responde: Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derribado.
Mateus 24:1-2.

O irmão, a qual mencionei acima, me relatou tudo que aconteceu em sua igreja, e o motivo de hoje estar longe do caminho do Senhor. Esta história é verídica, apenas por questão de ética, não citarei o nome do ministério, nem desta testemunha ocular do ocorrido.

Dizia ele: A minha igreja era muito boa, a mais bela, grande em obras e em vários ministérios, tinha centenas de membros. Continua ele: Eu era nesta igreja ministro de louvor, também músico, tocava baixo e guitarra. Só que de repente, eu estava indo para igreja e simplesmente naquele dia não teve culto e ficamos sabendo que a igreja tinha sido vendida, ou desfeita de uma hora para outra, sendo passado, a administração, para outro ministério que já preparava a troca do nome da denominação.

Aquele rapaz, com os olhos cheios de lágrimas me confidenciou: Aquela igreja era tudo para mim, fomos dispersos, hoje todos os músicos estão desviados, o Pastor daquele ministério foi o primeiro a desviar-se, separou-se da esposa, em fim, várias tragédias ocorreram em uma mesma semana.

O que ocorreu? Porque as estruturas tão belas, daquela igreja, não resistiram a tempestade, e ruíram?

Relatou também aquele irmão em confissão para mim que, às vezes, ele se reúne com os membros, hoje “desviados”, para chorar e lamentar o ocorrido. Todas as vezes que ele passa em frente a antiga igreja, diz ele que chora por aquela obra ter se desintegrado, ter desfeito, sem nenhuma explicação.

Queridos irmãos, II Crônicas Capítulo 7:14-18, nos conta a história do templo que o Rei Salomão ergueu ao Senhor Deus de Israel. Do versículo 14 ao 18, havia Deus prometido a Salomão abençoar aquela casa, e que os seus olhos estariam sobre aquele lugar.

Mas a partir do versículo 19 ao 21, vemos o Senhor fazendo algumas observações para Salomão. Esta advertência foi a seguinte: Deus fala a Salomão que, se ele se apartasse e servisse a outros deuses, qualquer um que passasse por aquela casa, que era tão exaltada, ficaria espantado pela destruição. II Crônicas 7:21. Este espanto se daria mesmo após anos de ter sido derribado e reconstruído outras vezes.*[1]

Hoje basta ir a Israel na cidade de Jerusalém e ver o que sobrou daquela casa tão exaltada. Apenas um muro chamado “lamentações”.

Levando para o Espiritual, era exatamente o que aquele jovem havia me falado: “quando passamos em frente ... apenas nos ‘lamentamos’”. Procurei orientá-lo dentro das escrituras, sua importância como levita e adorador, e que a fé deve estar firmada na cabeça que é Cristo.

Todas as vezes que firmamos nossa fé em homens, ou em denominações, religiões ou templo, por mais atraente ou bonito que sejam, estamos sujeitos a desmoronarmos juntamente com a instituição.

Quando este rapaz usou o termo “desintegrar” me fez procurar mais detalhadamente sobre sua definição. Desintegrar Traduzido do: inglês - verbo transitivo. 1: romper ou se decompor em elementos constitutivos, peças, ou pequenas partículas; 2: destruir a unidade ou a integridade. Lendo detalhadamente esta tradução no ponto 2 (Destruir a unidade ou a integridade), foi exatamente o que ocorreu, nesta igreja.

O mundo, o pecado, a vaidade, a individualidade, a religiosidade de alguns, destruíram a unidade. Onde entra o pecado não há integridade. O Corpo desunido não cresce, não vive, simplesmente se desintegra. É isto que o diabo tem feito em tantas igrejas, até com belas estruturas.

Hoje eu oro e tento resgatar este levita, um membro fora do corpo decepcionado com a instituição, decepcionado com os homens.

O que adianta ter uma boa aparência, se a Glória de Deus foi embora? Quantas igrejas, hoje, apenas tem aparência de vivas, mas estão mortas. Foi assim que a Igreja de Sardo recebeu um aviso e uma advertência, pois ela estava agonizando, dando seus últimos suspiros, pronta para morrer, porém agindo como se estivesse viva. Apocalipse 3:1-3.

Saindo do coletivo e trazendo para o individual, quantos estão com a aparência de vivos, mas estão mortos?

Quando permitimos a entrada do pecado em nossas vidas pessoais, simplesmente desmoronamos. Conforme a instituição, também nos “desintegramos”.

Que a glória de Deus esteja presente em nossa igreja, em nosso corpo como membro, para que, as portas do inferno não prevaleçam contra a igreja de Cristo.


*[1] As pedras deste Templo Foram pilhadas várias vezes. Seria totalmente destruído por Nabucodonosor II da Babilônia, 586 a.C., após dois anos de cerco a Jerusalém. Os seus tesouros foram levados para Babilônia e tinha assim início o período que se convencionou chamar de Exílio Babilônico na história judaica.

Décadas mais tarde, em 516 a.C., após o regresso de mais de 40.000 judeus do Exílio Babilônico, foi iniciada a construção no mesmo local do Segundo Templo, o qual foi destruído por Antíoco Epífanes, imperador assírio. Em 4 d.C. o rei Herodes, o grande, querendo agradar os judeus reconstruiu o templo que foi mais portentoso que os dois primeiros, este também foi destruído pelo general Tito em 70 d.C., pelos romanos, no seguimento da Grande Revolta Judaica.

Amém!
Por Josiel Dias
IEC Alcântara.

Eu não me conformo com o que estou vendo

Tenho um grande aprecio pelas escrituras sagradas. Eu, pessoalmente, tenho um plano de estudo desde Gênesis ao Livro da revelação, Apocalipse. Mas há sempre um ponto de Partida em meus estudos, que é sempre o livro de Atos dos apóstolos. Faço questão de sempre começar por Atos, já perdi a conta de quantas vezes li Atos. Mas porque toda esta dedicação em relação aos Atos dos Apóstolos? Eu te digo sem demora.

Olhando os dias atuais, vemos muitas coisas estranhas sendo infiltradas nas igrejas. Movimentos, amuletos, idolatria, shows e etc. Eu, pessoalmente, não consigo entender como a igreja moderna se distanciou tanto das Escrituras, apenas por dogmas e doutrinas humanas e conformismo mundano. Hoje o “não tem nada haver” é o que mais escutamos dos chamados “cristãos”. Só nos resta olhar para Atos e analisar a igreja primitiva. Onde se encontra esta igreja? A bíblia está ultrapassada? Realmente a bíblia não se aplica nos dias atuais?

O conformismo, o liberalismo está entrando sutilmente na igreja. Hoje se usarmos a igreja primitiva como base, nos chamam de quadrados e velhos, ultrapassados, pois a nossa época é outra. Sinceramente eu não sei o que representa as escrituras para estes. Como ficar conformado com o que está ocorrendo, se a Bíblia nos diz: Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos... Romanos 12:2.

Hoje, para alguns líderes destas igrejas, se tenho uma condição financeira boa, ou seja, se minha oferta, meu dízimo é alto, isto é o que importa. Você acha que a igreja vai me descartar por eu viver, uma vida sem testemunho, sem obras nem compromisso algum? Sabendo que continuo sendo dizimista? Além de números, o que eu represento para igreja?

É triste pensar em algo concreto nesta afirmação, mas é assim que muitos líderes agem e tratam seus membros. Dizem eles: Não posso disciplinar aquele Presbítero, pois seu dízimo é uma grande receita, e se for disciplinado simplesmente, ele vai para outra igreja e perdemos sua receita.

Certa ocasião, aconselhei uma jovem que queria fazer uma tatuagem, explicando dentro das escrituras o que era correto ou não. Fui mal interpretado, fui até chamado de louco, pois o que eu pregava ou defendia era ultrapassado ou não valia para os dias de hoje. O que importa? Por ventura não escolheu Deus as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias? I Coríntios 1:27-29.

Muitos agem conforme a maioria, ainda citam um velho ditado “a voz do povo é a voz de Deus” . Seguem a maioria, mas nem sempre a voz do povo é a voz de Deus, basta olhar para Sodoma e Gomorra. Continuemos não se conformando com o pecado e rejeitando-o, mesmo que isso custe alto preço para nós. Quer encontrar um profeta? Procure sobre um “monte de pedras”.

Com certeza vivemos em dias totalmente diferentes da igreja primitiva, com certeza o contexto dos nossos dias não devem ser comparados com aqueles dias escritos no livro de Atos.

Estamos muitos ocupados para nos preocuparmos com os doentes, e os famintos, ou os desamparados, bêbados e prostitutas. Usamos a velha desculpa: isso sempre vai existir, então, não vai adiantar muito minha ajuda. O meu trabalho e o corre corre dos dias atuais, não me permite visitar os hospitais, nem os presídios. O homem atual vive muito cansado. - Se eu não for, outros irão.

Certa ocasião em nossa igreja entrou um mendigo, parecendo embriagado, carregando um saco de latinhas e garrafas pet’s. Este mendigo saiu de banco em banco apertando a mão dos membros. Gloria a Deus todos abraçaram e mesmo incomodados com este mendigo, não descriminaram, nem colocaram pra fora.

Para surpresa de todos, este mendigo era o pregador da noite, foi muito lindo o que aconteceu, vi as pessoas chorando, por aquele “mendigo” ser o pastor pregador da noite. Mas eu fico me perguntando, se o Pastor da nossa igreja não soubesse nem o ministério, que isto era uma encenação será que aturariam tal mendigo? Afinal dizem alguns: não tenho dom de ajudar os outros, apenas indo para igreja, dando o meu dízimo, já faço bastante.

Me dá uma tristeza em apenas escrever desta forma, mas cá entre nós, as vezes não agimos assim? Às vezes ouvimos a voz do Espírito Santo e endurecemos o nosso coração, fingimos que nem estamos escutando. Eu convido a você a refletir, algo simples, mas real. Você sente falta quando algum membro não comparece nas reuniões?

Lembra dos pedidos de oração dos irmãos, ou pelo menos em orar por eles? Talvez você diga: irmão a minha comunidade é muito grande, nem o Pastor sabe sobre todos os membros, como saberei eu? Não estamos nos preocupando muito com os outros, não é mesmo? Primeiro eu, depois eu, e se sobrar tempo também eu.

Jesus deixou uma marca registrada na igreja primitiva e em cada seguidor. Esta marca, chamasse “ amor”. Ele mesmo falou para os discípulos: João 13:35: “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. Os cristãos da igreja primitiva eram conhecidos como “o caminho” e “cristãos” sabe por que? Porque pareciam com Cristo. Eles amavam, compartilhavam, dividiam, abraçavam, choravam. Está aí o segredo de tanto crescimento, e maravilhas que a igreja primitiva realizava.

Tenho saudades de uma igreja viva, aborreço a moderna que expulsa Jesus todos os dias, quando colocam a religiosidade acima de tudo. Que nós, igrejas vivas, possamos pedir ao Senhor todos os dias: Senhor aviva a tua obra, renova em nós o teu Espírito. Aquele aleijado, da Porta chamada formosa, olhava para Pedro e esperava receber dele algo.

Pedro não tinha prata nem ouro, mas sobrava unção, algo acontecia até em sua sombra. Hoje o mundo olha para nós e espera receber algo da igreja, o que tens para oferecer a este? Sei que existem muitos servos e servas, que não se conformam, nem se vendem as corrupções mundanas, nem estão satisfeito com o que está acontecendo entre as igrejas. Com certeza devemos fazer a nossa parte, e buscar a todo estante a santificação, a submissão e a oração.

A começar de mim. A começar de mim, Senhor!

Deus a todos abençoe.

Amém!
Por Josiel Dias
IEC Alcântara
São Gonçalo

A formiga...

Outro dia, vi uma formiga que carregava uma enorme folha. A formiga era pequena e a folha devia ter, no mínimo, dez vezes o tamanho dela. A formiga a carregava com sacrifício. Ora a arrastava, ora tinha sobre a cabeça. Quando o vento batia, a folha tombava, fazendo cair também a formiga.

Foram muitos os tropeços, mas nem por isso a formiga desanimou de sua tarefa. Eu a observei e acompanhei, até que chegou próximo de um buraco, que devia ser a porta de sua casa. Foi quando pensei: "Até que enfim ela terminou seu empreendimento".

Na verdade, havia apenas terminado uma etapa. A folha era muito maior do que a boca do buraco, o que fez com que a formiga a deixasse do lado de fora para, então entrar sozinha. Foi aí que eu disse a mim mesmo: "Coitada, tanto sacrifício para nada."

Lembrei-me ainda do ditado popular: "Nadou, nadou e morreu na praia." Mas a pequena formiga me surpreendeu.

Do buraco saíram outras formigas, que começaram a corta a folha em pequenos pedaços. Elas pareciam alegres na tarefa. Em pouco tempo, a grande folha havia desaparecido, dando lugar a pequenos pedaços e eles estavam todos dentro do buraco. Imediatamente me peguei pensando em minhas experiências. Quantas vezes desanimei diante do tamanho das tarefas ou dificuldades?

Talvez, se a formiga tivesse olhado para o tamanho da folha, nem mesmo teria começado a carregá-la.

Invejei a força daquela formiguinha Naturalmente, transformei minha reflexão em oração e pedi ao Senhor: Que me desse à tenacidade daquela formiga, para "carregar" as dificuldades do dia-a-dia. Que me desse à perseverança da formiga, para não desanimar diante das quedas. Que eu pudesse ter a inteligência, a esperteza dela, para dividir em pedaços o fardo que, às vezes, se apresenta grande demais.

Que eu tivesse a humildade para partilhar com os outros o êxito da chegada, mesmo que o trajeto tivesse sido solitário.

Pedi ao Senhor a graça de, como aquela formiga, não desistir da caminhada, mesmo quando os ventos contrários me fazem virar de cabeça para baixo; mesmo quando, pelo tamanho da carga, não consigo ver com nitidez o caminho a percorrer.

A alegria dos filhotes que, provavelmente, esperavam lá dentro pelo alimento, fez aquela formiga esquecer e superar todas as adversidades da estrada. Após meu encontro com aquela formiga, saí mais fortalecido em minha caminhada.

Autor desconhecido

Alerta aos Pais! Olha o que estão criando para as nossas Crianças.

Acaba de ser lançado no mercado suíço um preservativo especial para jovens.

A intenção é oferecer mais proteção contra a gravidez indesejada e evitar doenças sexualmente transmissíveis entre jovens.
Mais apertada dos que a convencional, a nova camisinha será distribuída também em escolas, o que gera polêmica. As reações da mídia e de especialista à novidade são mistas.

Uma sondagem feita junto a 1480 jovens e publicada em novembro de 2008 pela Comissão Federal Suíça para Questões da Infância e da Juventude revelou que os garotos de 12 a 14 anos não se protegem suficientemente ao manter relações sexuais.

Os autores do estudo concluíram que há um "comportamento de risco” nessa faixa etária. "Muitas vezes, os jovens não encontram camisinhas que lhes sirvam", disse a porta-voz da ONG Ajuda Suíça contra a Aids, Bettina Maeschli, à agência de notícias suíça SDA.

Por isso, a Ajuda Suíça contra a Aids acaba de lançar, em cooperação com a Fundação para Saúde Sexual e Reprodutiva "Planes" e a Associação Selo de Qualidade, uma camisinha chamada "Ceylor Hotshot".

O preservativo especial para jovens pode ser comprado no comércio e também na loja eletrônica da Ajuda Suíça contra Aids. Uma caixa com seis unidades para o "prazer sob medida", como diz a publicidade, custa 7,90 francos suíços. A camisinha será distribuída também por pedagogos em aulas de educação sexual.

"Trata-se de falar sobre o tamanho correto porque falta uma camisinha apertada no mercado. Os garotos devem saber qual é a adequada", disse Maeschli. Inicialmente serão fabricados 55 mil caixas, mas a fabricante Lamprecht AG se comprometeu a produzir mais se houver demanda.

Reações
"Ajuda contra a Aids lança camisinha para crianças", alfinetou o portal de notícias 20 Minuten, um dos mais lidos da Suíça. Segundo o portal, alguns políticos temem de que a camisinha para jovens, já confrontados precocemente com a sexualidade e a pornografia, os estimule a manter relações sexuais mais cedo.
"Também o fato de as camisinhas serem distribuídas em escolas dá o que pensar. Até especialistas que participaram do desenvolvimento do preservativo divergem sobre seu sentido", afirma o portal Tagesanzeiger.ch/Newsnetz.

"Isso não é um preservativo para jovens e sim um mais apertado para pênis pequeno. Falar de camisinha para jovens é um engano", diz um pedagogo sexual envolvido no projeto e citado pelo portal, mas que prefere ficar anônimo.

"Nossa motivação para esta camisinha foi claramente a juventude, mas obviamente também queremos atingir homens adultos. E ela não será distribuída nos pátios das escolas", explica Bettina Maeschli, porta-voz da Ajuda Suíça contra Aids.

"Não pode fazer mal"
"Eu questiono a camisinha para jovens, mas em si ela não é problemática", disse Esther Elisabeth Schütz, diretora do Instituto de Pedagogia Sexual de Zurique ao portal Tagesanzeiger.ch/Newsnetz. "Ela não pode fazer mal."

Schütz também não acredita que o preservativo estimule jovens com mais de 12 anos a manter relações sexuais mais cedo. "Nós esclarecemos crianças a partir dos dez anos. Mas nem por isso elas mantêm relações sexuais a partir desta idade."
Segundo ela, o importante é o que os jovens tenham escolha na hora de comprar preservativos e que antes especialistas tenham conversado com eles sobre sexualidade (leia mais no link acima:

"A sexualidade dos jovens suíços").
Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

Despertando os pais, para as novidades atuais que o “deus deste século lança sobre nossas crianças”
Eu fiquei perplexo com esta matéria e resolvi publica-la, pois assuntos como estes tem invadido os lares pelo mundo. Cada dia que passa eu fico mais convencido que “Jesus está as portas”.
Como aceitar verdades como estas? Como falar para os nossos filhos a importância do sexo dentro da bênção de Deus.
Cabe a nós pais, crentes no Senhor Jesus Cristo, a tarefa de doutrina-los no temor do Senhor, cabe a nós líderes Crentes em Jesus publicar matérias como estas, para que antes que o mundo adote os nossos filhos e filhas.

Tudo é normal para a maioria, tudo pode. É mais fácil mandar uma criança usar preservativo do que educa-las no temor do Senhor. Com a palavra os Pais e as Mães do nosso imenso Brasil.

Talvés você diga: Mais irmão! isso é lá na Suíça. Eu te respondo a intenção desta empresa e exportar estes preservativos para o mundo, já que é algo novo.

O deus deste século segou o entendimento. II Coríntios 4:4. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da gloria de Cristo, que é a imagem de Deus.

Ore pelos nossos filhos, eduque-os no temor do Senhor, faça o que a palavra do Senhor nos adverte; Ensina a criança o caminho que deva andar, para quando envelhecer, não se desviar dele. Provérbios 22:6. Para sua meditação Pais:

Por Josiel Dias
IEC Alcânatara
São Gonçalo

Renunciar e seguir.

E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim,
negue-se a si mesmo, e tome cada dia
a sua cruz, e siga-me. Lucas 9.23:
Talvez não haja uma tarefa tão difícil e complicada para nós humanos do que, a renuncia daquilo que nos dá prazer. O que Cristo quis dizer neste versículo aos discípulos? O que significa negue-se a si mesmo, e siga-me? Para compreendermos este “negar” a si mesmo, veremos outro contexto dentro desta historia.

Um certo jovem que queria seguir a Jesus, mas algo impedia de ser um seguidor, fazia tudo certinho, mas isto não trazia pra ele a certeza da salvação. Esta historia é apenas um exemplo de como as vezes é difícil negar a nós mesmo ou renunciar aquilo que nos dá prazer e tem sido nosso senhor.

Mateus 19:16-22 narra uma historia e mostra como é difícil a renuncia, como é complicado lutarmos contra nós mesmos. Este jovem da narrativa de Mateus, era religioso, sabia desde sua meninice as sagradas escrituras, sabia o que devia ser feito através da lei. Mas algo impediu de seguir a Jesus, algo como a riqueza. o dinheiro, as posses.

Talvez para aquele jovem não era tão complicado ser religioso, até guardava os preceitos da lei, mas este “ negar” a si mesmo lhe exigia algo que o seu coração estava preso. É difícil abrir mão daquilo que nos satisfaz, é difícil retirar o meu ego do centro do meu coração e colocar Jesus como Senhor e Salvador da minha vida.

É difícil a renuncia, não é tão fácil assim Podemos até ser religiosos, podemos guardar preceitos e toda lei, mas isto não nos garante vida eterna. Talvez aquele jovem se apoiasse nestes feitos, que até certo ponto era interessante fazê-lo, mas isto não garantia entrada no Reino dos Céus.

O jovem estava convencido que os seus feitos, e por ser altamente religioso, fossem creditados para a entrada no Reino dos céus, mas ele ouviu algo de Jesus que mexeu com suas estruturas, não ficando nada contente com o que ouviu de Cristo. Jesus replicou com palavras tão fortes que o Jovem foi embora entristecido, não disposto a seguir Jesus a tão alto preço.

O que tem impedido meu querido de você seguir a Jesus? O que tem te aprisionado e você não consegue deixar? Tem sido seu ego? Algum vício tem impedido de você seguir a Jesus? Lembre-se em nosso coração só pode haver vaga para um Senhor, Mateus 6,24a. Não podemos seguir dois senhores ao mesmo tempo, pois agradaremos a um e aborrecemos o outro.

Aquele jovem chegou a um ponto que tinha que escolher ou seguir a Jesus ou as riquezas, ele tinha que optar ou Jesus, ou a religião. Infelizmente ele escolheu as riquezas, abrindo mão da vida eterna, abrindo mão da renuncia, abrindo mão de negar a si mesmo.

A vida do Cristão é de renuncia, é negar a nós mesmos todos os dias, levando a cruz. Renunciando o mundo, renunciando a carne, renunciando meus desejos, renunciando o pecado dia a dia. Renuncie aquilo que tem roubado o lugar de Jesus em sua vida. Assim, como aquele jovem, estamos diante de dois caminhos, um de renuncia, de negar a si mesmo, e seguir a Jesus; outro caminho da religiosidade, amor ao dinheiro, roubo, mentiras, prazeres mundanos e o conformismo mundano.

O que vamos escolher? Jesus precisa ocupar por inteiro o nosso coração, pra Ele e por ele são todas as coisas. E como Jesus diz: "Vós não podeis servir a dois senhores" (Mateus 6,24a). "Eu sou o único" (Isaías 43,11).

Deuteronômio 6:5 diz: Amarás pois o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder. ... Só a Ele seguirei

Amém
Por Josiel Dias
IEC Alcântara
São Gonçalo

500 Anos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags

(798) Cristãos Perseguidos (564) Cristãos (522) Bíblia (493) Intolerância Religiosa (365) Israel (350) Evangélicos (304) igreja (264) Reflexão (247) apocalipse (196) oração (191) Homosexualismo (177) catolicismo (156) Rede Record (150) homofobia (147) Irã (141) escatologia (132) Missões (131) Evento Gospel (128) Silas Malafaia (126) pecado (124) islan (114) Política (113) judeus (113) ateus (111) Milagres (107) Aborto (106) Religião (105) Natal (102) Criança (92) Ahmadinejad (91) esporte (91) Testemunho (88) globo (77) guerra (73) Perdão (72) Salvação (72) Morte (64) pastores (64) Aline Barros (59) Religiosidade (56) Yousef Nadarkhani (56) PL122 (55) Amor (53) adoração (48) heresia (48) Drogas (43) Prosperidade (42) festival promessas (41) Apostasia (39) Judaísmo (39) Thalles Roberto (39) campina grande (39) Idolatria (38) carnaval (37) Estados Unidos (34) mulçumanos (34) Família (33) Maconha (31) adoradores (29) Shows (28) Catástrofes (26) Hipocrisia (26) Páscoa (22) esperança (22) Mentira (20) Pornografia (20) Confiança (19) Alegria (18) Nasa (18) DIP (17) Oriente Médio (17) Suicídio (17) Paz (16) Rei David (16) adversidade (16) consciência cristã (16) BAND (15) Conforto (15) Pena de Morte (15) Promessa (15) Sofrimento (14) BBB (12) Graça (12) Tatuagem (12) benção (12) dia das mães (12) obediência (12) Justin Bieber (11) impureza (11) Ansiedade (10) Rio +20 (10) livro (10) masturbação (10) Catástrofe (9) Desobediência (9) Filho pródigo (9) Perlla (9) livre arbítrio (9) Jotta A (8) Pedro Leonardo (8) Whitiney Houston (8) filho de crente (8) sony music (8) Darwin (7) Eutanásia (7) Hackers (7) Perigo (7) Senadores (7) União (7) presença de Deus (7) Perfeição (6) cura pela palavra (6) Purgatório (5) alienígenas (5) lei da palmada (5) Aline Barros mostra sua filha (4) Cegueira Espiritual (4) Kaka (4) escolhas (4) texto e contexto (4) torá (4) vasco (4) vigilância (4) Gratidão (3) Pressa (3) Ressentimento (3) Segurança (3) Semeadura (3) Sodomia (3) o Caminho (3) servos (3) Cristo Redentor 80º aniversário (2) Guinnes Wolrd Records (2) Harold Camping (2) Impossiveis (2) Sonho de infância (2) mundial da juventude (2) Flórida (1) Galardão (1) Michel Teló (1) Redenção (1) impios (1) recall (1) vingadores (1)

Uma Reflexão sobre a Crise no Brasil